Comunicação Organizacional em Cooperativas de Crédito: Análise das Centrais e Cooperativas Sicoob em Minas Gerais

Guilherme Luis Rosa da Silva, Ivonete da Silva Lopes

Resumo


Este artigo analisa as estratégias de comunicação organizacional adotadas pelas centrais e pelas seis maiores cooperativas de crédito, em número de cooperados, do Sistema de Cooperativas de Crédito do Brasil (Sicoob), em Minas Gerais. As entrevistas com os gestores das centrais e cooperativas demonstram que os respondentes reconhecem o potencial da comunicação para divulgar produtos e serviços e promover os negócios, contudo pode-se inferir que a educação cooperativista e o interesse pela comunidade não recebem o mesmo tratamento na comunicação se comparado à inserção mercadológica.


Palavras-chave


Comunicação Organizacional; Cooperativismo de Crédito; Sicoob.

Texto completo:

PDF

Referências


REFERÊNCIAS

ANDRADE, M. M. Introdução à metodologia do trabalho científico: elaboração de trabalhos na graduação, São Paulo, Ed. Atlas, 2010.

BRANDÃO.P.E. Conceito de comunicação pública. In: DUARTE,J (org). Comunicação Pública: Estado, Mercado, Sociedade e Interesse Público. 2. ed. São Paulo: Atlas, 2009. p.1-33.

CAPELLARI,G. Et al . A Comunicação Social Como Ferramenta Para a consolidação dos princípios cooperativistas. Revista da Universidade Vale do Rio Verde. Três Corações, v. 14, n. 1, p. 293-315, jan./jul. 2016

COLPO, D.C. A comunicação organizacional e as relações de trabalho em cooperativas de economia solidária: a cultura simbólica tecendo a identidade e o imaginário dos cooperativados. 2012. 233f. Tese (Doutorado em Comunicação) – Faculdade de Comunicação Social da Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, 2012.

FRANÇA, F. Públicos: como identificá-los em nova visão estratégica: business relationship. 3ª. São Paulo: Ed.Yendis, 2012.

GOULART, J. Cooperativas de crédito já são o 6° maior banco do país. Estadão. 2016. . Acesso em: Janeiro 15 de 2017

KUNSCH, M. M. K. Planejamento de Relações Públicas na Comunicação Integrada. 4.ed. São Paulo: Summus, 2003.

MEINEN, E., PORT, M. O cooperativismo de crédito ontem, hoje e amanhã. Brasília. CONFEBRAS.2012.430p.

MILAGRES .F.S.C; Et al. A comunicação na articulação agroindustrial entre uma cooperativa central, suas cooperativas singulares e cooperados. Revista de Economia e Sociologia Rural. V. 52, N. 3, p. 495–514, 2014. Disponível em: .Acesso em 10 de fev de 2017.

________________; Et al. A comunicação como ferramenta da educação cooperativista. Revista de extensão e estudos rurais .V. 2, N. 1, P. 57-77, 2013.

MORAES, S. R. Comunicação e Cooperativismo: uma outra comunicação é possível. Revista Inovcom. Vol. 1, No 1, p. 34-46 - Maio 2006 Vol. 1, No 1, p. 34-46 - Maio 2006

MONTEIRO.G, DUARTE.J. Potencializando a comunicação nas organizações. In: KUNSCH. M.M(org). Comunicação organizacional: linguagem, gestão e perspectiva São Paulo. Saraiva, 2009.p.333-359.

OLIVEIRA, C. J. M. Comunicação organizacional e comunicação pública. In: MATOS, H (org). Comunicação pública: interlocuções, interlocutores e perspectivas. São Paulo, ECA/USP. 2012. P31-52

ORGANIZAÇÕES DAS COOPERATIVAS DO ESTADO DE MINAS GERAIS. Anuário de Informações Econômicas e Sociais do Cooperativismo Mineiro. Belo Horizonte, 2016.

PINHO, J.B. Comunicação nas organizações. Viçosa.Ed.UFV.2006. 372p

SICOOB OFICIAL. Modelo Organizacional. Disponível em:< http://www.sicoob.com.br/o-sicoob-modelo-organizacional>. Acesso em 6 dez de 2016

TORQUATO.G. Comunicação empresarial/ Comunicação institucional: Conceitos, estratégias, sistemas, estrutura, planejamento e técnicas. V. 11. São Paulo: Summus, 1986.177p.




DOI: http://dx.doi.org/10.5902/2359043228438

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional. 

     

   

   

 

ISSN Eletrônico: 2359-0432

ISSN Impresso: 2446-7103