Estudo de caso: Levantamento e análise da realidade de uma cooperativa de Energia Elétrica

Maristela de Oliveira, Ana Cláudia Santos Silveira Zuliani, Michellini Rozo Brescovit, Shaiane Caroline Kochhann, Sandra Leonara Obregon

Resumo


O presente estudo foi motivado pelo interesse em saber a realidade da gestão da Estação da RGE em Palmeira das Missões/RS, considerando seus limites e possibilidades. A pesquisa identificou os tipos de ocorrências mais comuns na área de abrangência, apontou os problemas mais relevantes e sinalizou os fatores que precisam ser estudados para melhorar a prestação desse serviço público de fornecimento de energia elétrica. A pesquisa descritiva quantitativa foi aplicada aos colaboradores da estação do município. Os resultados obtidos indicaram que a estação precisa verificar a qualidade do atendimento telefônico, pois este não está adequado com a legilação vigente. Torna-se necessário que se faça um estudo diante das dificuldades geradas por fatores climáticos de raios e vendavais. Além disso, os problemas enfrentados por acúmulo de serviços devido ao aumento da demanda associado à falta de pessoas para trabalhar e o tempo de deslocamento para a prestação do serviço, na concepção dos funcionários, são fatores que precisam ser analisados para que possam ser tomadas ações estratégicas pela agência da Estação.

 


Palavras-chave


Serviço Público. Energia Elétrica. Gestão. Ações Estratégicas.

Texto completo:

PDF

Referências


ANEEL – Agência Nacional de Energia Elétrica. Disponível em < http://www.aneel.gov.br/> Acesso em 10 de Julho de 2015.

AXA. Articulação Xingú Araguaia/ORG. Disponí-vel em: < http://www.axa.org.br/2015/03/a-crise-do-setor-energetico-brasileiro-e-os-apagoes-diarios-do-araguaia/>. Acesso em 24 de julho de 2015.

BANCO CENTRAL DO BRASIL. Revista da Procuradoria Geral – do Banco Central. Ed. Banco central do Brasil. Brasília. Vol.7, 2013.

BRASIL. Agencia Nacional de Energia Elétrica. Resolução Normativa nº 414/2010. ANEEL, 2010.

COSTA, Cintia Uehara da. NAKATA, Yuriko Ue-hara. CALSANI, Juliana Rissi da Silveira. Qua-lidade no atendimento: a influência do bom atendimento para conquistar os clientes. In: Re-vista Científica Eletrônica UNISEB, Ribeirão Preto, v.1, n.1, p.54-65, janeiro a junho de 2013.

CORREIA, Tiago B., et al. Trajetória das Reformas Institucionais da Indústria Elétrica Brasileira e Novas Perspectivas de Mercado. Revista Eco-nomia. Setembro/Dezembro de 2006.

CRELUZ – Cooperativa de Geração e Distribuição de Energia.

Disponível em: < http://www.creluz.com.br> Aces-so em julho de 2015.

DI PIETRO, Maria Sylvia Zanella. Direito Admi-nistrativo. Atividades e Atos Administrativos. 4ª ed. São Paulo: Atlas, 2002, p. 366.

EPE. EMPRESA DE PESQUISA ENERGÉTICA. Disponível em Acesso em 07 de julho de 2015.

FADUL, Élvia Maria Cavalcanti. Regulação de serviços públicos num contexto de reforma do Estado e privatização no Brasil: impactos no se-tor de energia elétrica. Revista Gestão e Plane-jamento. Nº 10. Salvador. Julho a Dezembro de 2006.

FARIAS Wendell Rodinelli Gomes e CORREIA, Magaly de Fátima. Descargas Atmosféricas e In-terrupções de Energia Elétrica na área da CHESF; Relação com variáveis atmosféricas em anos de El Niño e La Ninã. In: Revista Brasileira de Meteorologia, v.23, n.3, p. 270-281, 2008.

FARINA, Elizabeth Maria Mercier Querido. Desre-gulamentação e o controle do abuso do poder econômico: teoria e prática. Revista de Economia Política, vol. 14, nº 3, (55) julho - setembro de 1994.

FECOERGS - Federação das Cooperativas de Ele-trificação Rural do Estado do Rio Grande do Sul. Disponível em Acesso em julho de 2015.

FIGUEIREDO, Breno Pinto. Estratégias Competi-tivas e Modelos de Gestão Empresarialno Setor Elétrico Brasileiro. Monografia apresentada ao Instituto de Economia Industrial da Universidade Federal do Rio de Janeiro para obtenção do título de MBA em Energia Elétrica,1999. Disponível em Acesso em 10 de ju-lho de 2015.

GIL, Antônio Carlos. Observação. Métodos e Téc-nicas de Pesquisa Social. 6ª Edição. São Paulo. Ed. Atlas. 2008. p.121 - 135.

GOMES, Marcel. Onde está o investimento priva-do? In: Instituto de Pesquisa Econômica Priva-das. Desafios do Desenvolvimento. 2012. Dis-ponível em Acesso em 11 de julho de 2015.

GUIMARAES, Tomás de Aquino e SILVA, Eduardo Ramos Ferreira da., Autonomia e flexibilidade na gestão da regulação dos setores de energia elétrica e de telecomunicações no Brasil. In: V Congresso Internacional Del CLAD sobre La Reforma Del Estado y de La Administración Pública, Santo Domingo, República Dominicana, 24 - 27 Outubro de 2000.

LANDI, Mônica. Estado, regulação econômica e serviços públicos: uma abordagem para o setor elétrico brasileiro. In: XII Congresso Internacio-nal Del CLAD sobre La Reforma Del Estado y de La Administración Pública, Santo Domin-go/República Dominicana, 30 de outubro a 2 de novembro de. 2007.

MACHADO, Mauro Cesar Noronha. Fiscalização das distribuidoras de energia elétrica com a apli-cação da ferramenta de gestão da qualidade Ci-clo PDCA. 2014. Dissertação de Mestrado em Ciências em Engenharia Elétrica apresentado a Universidade Federal de Itajubá para obtenção do título de Mestre em Ciências em Nome do Programa de Pós-Graduação em Engenharia Elé-trica. Itajubá/MG, 2014.

MALMEGRIN, Maria Leonídia. Gestão Operacio-nal. Universidade Federal de Santa Catarina. UFSC. CAPES. 2010.

MIRANDA, Rubens Augusto de e AMARAL, Hudson Fernandes. Governança Corporativa e Gestão Socialmente Responsável em Empresas Estatais. Revista de Administração Pública. Rio de Janeiro 45(4) p. 1069-94, julho a agosto de 2011.

MONTAVÃO, Edmundo e MENDES, Marcos. O que é “subsídio cruzado” e como ele afeta sua conta de luz? In: Brasil Economia e Gover-no/ORG. 2012. Disponível em < http://www.brasil-economia-governo.org.br/2012/02/12/o-que-e-subsidio-cruzado-e-como-ele-afeta-a-sua-conta-de-luz/> Acesso em 15 de julho de 2015.

NILSSON, Gunnar. A suspensão do fornecimento do serviço essencial de energia elétrica ao usuário inadimplente – análise sob a perspectiva constitucional e consumerista. Revista Eletrônica da PUCRS. Direito & Justiça.

v. 38, n. 2, p. 141-155, julho - dezembro. 2012. Disponível em http://revistaseletronicas.pucrs.br/ojs/index. php/fadir/article/viewFile/12541/8407 Acesso em 15 de julho de 2015.

PELEGRINI, M. A.; et al. O processo de regulari-zação de cooperativas de eletrificação rural no estado de São Paulo. In: Encontro de Energia Rural. 2003. Disponível em Acesso em julho de 2015.

PRADO, João Alderi. CRERAL - uma experiência de cooperativa na eletrificação rural e a nova le-gislação para as cooperativas. In: Encontro de Energia do Meio Rural. 2002. Disponível em Acesso em 08 de julho de 2015

QUEIROZ, Leonardo Mendonça Oliveira de. Esti-mação e Análise das Perdas Técnicas na Distri-buição de Energia Elétrica. Tese de Doutorado apresentada à Faculdade de Engenharia Elétrica e de Computação como parte dos requisitos para obtenção do título de Doutor em Engenharia Elé-trica. Campinas, 2010. Disponível em < http://www.aneel.gov.br/biblioteca/trabalhos/abertura. cfm> Acesso em 29 de março de 2015.

SERVA, Maurício. Análise de empresas privatiza-das: O desafio da multidimensionalidade. In: Ci-vitas – Revista de Ciências Sociais. v. 3, n° 2, ju-lho a dezembro de. 2003, p. 349-373. Disponível em < http://revistaseletronicas.pucrs.br/ojs/index. php/civitas/article/view/125> Acesso em julho de 2015.

SILVA, Mariana Batista da. Mecanismos de parti-cipação e atuação de grupos de interesse no pro-cesso regulatório brasileiro: o caso da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel). Universi-dade Federal de Pernambuco. Revista de Admi-nistração. Pública. Rio de Janeiro 46(4) p. 969-92, julho a agosto de 2012.

SILVA, Valeria Sales Miguel da. Serviço público de energia elétrica, na ótica do direito do consu-midor: um estudo crítico sobre a reparação civil em caso de ineficácia na prestação do serviço. In: Âmbito Jurídico, Rio Grande, XVII, n. 123, abril de 2014. Disponível em: . Acesso em 15 de julho de 2015.

ZILBER, Moises Ari. LEX, Sergio. ADES, Cely. As privatizações e o novo modelo do setor Elé-trico Brasileiro: O impacto sobre o atendimento das necessidades do consumidor. In: Gestão & Regionalidade. IMES Universidade. Ano XXI, nº 61, janeiro a junho de 2005. Disponível em < http://seer.uscs.edu.br/index. php/revista_gestao/article/download/44/4 > Acesso em 10 de julho de 2015.




DOI: https://doi.org/10.5902/2359043219504

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional. 

     

   

   

 

ISSN Eletrônico: 2359-0432

ISSN Impresso: 2446-7103