Estilo de vida de adolescentes e sua relação com fatores de risco para Hipertensão Arterial Sistêmica

Eduardo Teixeira Mota Junior, Alexandra Gadelha Medeiros, Raquel Pereira Franklin Thomáz, Ana Vanessa Araújo Pedrosa, Thiago Brasileiro de Vasconcelos, Vasco Pinheiro Diógenes Bastos

Resumo


O estilo de vida dos adolescentes tem sido associado a comportamentos prejudiciais à saúde que estão diretamente relacionados aos hábitos de vida. Esse estudo objetivou analisar o estilo de vida de adolescentes e a sua relação com os fatores de risco para Hipertensão Arterial Sistêmica, bem como traçar o perfil sociodemográfico; identificar os principais fatores de risco cardiovasculares e investigar os hábitos de vida dos adolescentes relacionados à prevalência da HAS. Tratou-se de um estudo exploratório, descritivo e transversal com estratégia de análise de dados quantitativa, desenvolvido em uma instituição de ensino médio no município de Crateús-CE. Para tanto, foi realizada coleta de dados sociodemográficos, antropométricos e clínicos dos participantes do estudo e aplicado o Questionário Estilo de Vida Fantástico (QEVF). Participaram do estudo 144 estudantes da Escola Estadual de Educação Profissional Manoel Mano, onde 52,77% (n=76) eram do gênero feminino e se auto denominavam de cor parda (54,86%, n=79). A idade média dos participantes foi 15,88 ± 0,08 anos, sendo que 35,41% (n=51) possuíam entre 16 e 17 anos. Com relação aos dados clínicos da amostra do estudo foi verificado que os participantes apresentaram valor médio de frequência cardíaca (FC) de 84,59 ± 1,10 bpm. Considerando a pontuação máxima do QEVF, foi possível evidenciar níveis satisfatórios de qualidade de vida, com média de escore geral de 90 ± 0,86 pontos. Face aos resultados obtidos foi possível detectar que os adolescentes participantes do estudo apresentaram em seu estilo de vida fatores de risco para o desenvolvimento de HAS: má alimentação e sedentarismo. Todavia também foi verificado que a amostra em estudo apresentou peso corporal e IMC dentro da normalidade, não evidenciando índices para a obesidade. Assim, a proposição de medidas e ações que proporcionem um melhor estilo de vida aos estudantes participantes desse estudo deve ser implantada.


Palavras-chave


Estilo de vida; Adolescente; Hipertensão Arterial Sistêmica.

Texto completo:

PDF

Referências


Sociedade Brasileira de Cardiologia. Sociedade Brasileira de Hipertensão. Sociedade Brasileira de Nefrologia. VI Diretrizes Brasileiras de Hipertensão. Arq Bras Cardiol 2010; 95(1): 1-51.

Ferreira SD, Carballo FP, Sousa FF, Silva DMR. Prevalência e fatores associados ao sobrepeso/obesidade e à hipertensão arterial sistêmica em crianças da rede privada de ensino de Divinópolis/MG. Cad. Saúde Colet. 2015; 23(3): 289-297.

Lima AS, Araújo RC, Gomes MRA, Schwingel PA, Pitangui ACR. Prevalência de hipertensão e sua associação com excesso de peso e atividade física em adolescentes. ABCS Health Sci. 2014; 39(2): 83-87.

Moreira NF, Muraro AP, Brito FSB, Silva RMVG, Rosely Sichieri R, Ferreira MG. Obesidade: principal fator de risco para hipertensão arterial sistêmica em adolescentes brasileiros participantes de um estudo de coorte. Arq Bras Endocrinol Metab. 2013; 57(7): 520-526.

Bozza R, Barbosa Filho VC, Maziero RSB, Bontorin MS, Campos W. Relação entre somatório de dobras cutâneas e pressão arterial sistêmica em adolescentes. Rev Bras Promoç Saúde. 2014; 27(2): 263-268.

Ferreira JS, Aydos RD. Prevalência de hipertensão arterial em crianças e adolescentes obesos. Ciência & Saúde Coletiva. 2010; 15(1): 97-104.

Corrêa Neto VG, Sperandei S, Silva LAI, Maranhão Neto GA, Palma A. Hipertensão arterial em adolescentes do Rio de Janeiro: prevalência e associação com atividade física e obesidade. Ciência & Saúde Coletiva. 2014; 19(6): 1699-1708.

Vasconcelos TB, Lima AT, Farias MSQ, Câmara TMS, Pontes SMM, Souza CT et al. Estilo de vida de adolescentes das escolas públicas de ensino fundamental, em Fortaleza/CE, em relação ao risco de hipertensão. J Health Biol Sci. 2013; 1(1): 10-15.

Dias PJP, Domingos IP, Ferreira MG, Muraro AP, Sichieri R, Silva RMVG. Prevalência e fatores associados aos comportamentos sedentários em adolescentes. Rev Saúde Pública. 2014; 48(2): 266-274.

Araújo TL, Lopes MVO, Cavalcante TF, Guedes NG, Moreira RF, Chaves EM, et al. Análise de indicadores de risco para hipertensão arterial em crianças e adolescentes Rev Esc Enferm USP. 2008; 42(1): 120-6.

Wenze D, Souza JMP, Souza SB. Prevalência de hipertensão arterial em militares jovens e fatores associados. Rev Saúde Pública. 2009; 43(5): 789-95.

Silva LR, Oliveira EAR, Lima LHO, Formiga LMF, Sousa ASJ, Silva RN. Fatores de risco para hipertensão arterial em policiais militares do centro-sul piauiense. Revista Baiana de Saúde Pública. 2014; 38(3): 679-692.

Mendes GS, Moraes CF, Gomes L. Prevalência de hipertensão arterial sistêmica em idosos no Brasil entre 2006 e 2010. Rev Bras Med Fam Comunidade. 2014; 9(32): 273-278.

Wilson DMC, Nielsen E, Ciliska D. Lifestyle assessment: testing the Fantastic Instrument. Canadian Family Physician,1984; 30: 1.863-1.866.

Leite TRA , Santos BRM. Pressão arterial e estilo de vida de estudantes universitários. Revista Brasileira de Ciências da Saúde, 2011; 9(27):14-20.

Silva AMM, Brito IS, Amado JMC. Tradução, adaptação e validação do questionário Fantastic Lifestyle Assessment em estudantes do ensino superior. Ciência & Saúde Coletiva, 2014; 19(6):1901-9.

Lange I, Vio F. Guía para universidades saludables y otras instituciones de educación superior. Santiago de Chile; INTA/Universidad de Chile; 2006.

HackenhaarI ML, SichieriII R, Muraro AP, Silva RMVG, Ferreira MG. Mobilidade social, estilo de vida e índice de massa corporal de adolescentes. Rev Saúde Pública. 2013; 47(5):942-51.

Dias PJP, Domingos IP, Ferreira MG, Muraro AP, Sichieri R, Silva RMVG. Prevalência e fatores associados aos comportamentos sedentários em adolescentes. Rev Saúde Pública. 2014; 48(2):266-274.

Kroth JB, Maia HMSF. Pressão arterial, perfil antropométrico e demais fatores de risco cardiovascular em escolares da rede pública. Revista de Pesquisa em Fisioterapia. 2015; 5(3):251-261.

Chaves ES, Araújo TL, Chaves DBR, Costa AGS, Oliveira ARS, Alves FEC. Crianças e adolescentes com história familiar de hipertensão arterial: indicadores de risco cardiovasculares. Acta Paul Enferm. 2009; 22(6):793-9.

Nobre NL, Sammour SNF, Sobrinho PSC. Índice de massa corporal e circunferência de cintura como preditores de pressão arterial alterada em adolescentes. Rev Med Minas Gerais. 2011; 21(4):404-12.

Hoehr CF, Reuter CP, Tornquist L, Nunes HMB, Burgos MS. Prevalência de obesidade e hipertensão arterial em escolares: estudo comparativo entre escolas rurais do município de Santa Cruz do Sul/RS. Revista de Epidemiologia e Controle de Infecção.2014; 4(2): 122-126.

Freitas D, Rodrigues CS, Yagui CM, Carvalho RST, Alves LMM. Fatores de risco para hipertensão arterial entre estudantes do ensino médio. Acta Paul Enferm. 2012; 25(3): 430-4.

Costa JV, Silva ARV, Moura IH, Carvalho RMN, Bernardes LE, Almeida PC. Análise de fatores de risco para hipertensão arterial em adolescentes escolares. Rev. Latino-Am. Enfermagem. 2012; 20(2): 1-7.

Al-Hazzaa HM, Abahussain NA, Al-Sobayel HI, Qahwaji DM, Musaiger AO. Physical activity, sedentary behaviors and dietary habits among Saudi adolescents relative to age, gender and region. Int J Behav Nutr Phys Act. 2011; 8:140.

Craemer M, Decker E, Bourdeaudhuiji I, Vereecken C, Deforche B, Manios Y, et al. Correlates of energy balance-related behaviours in preschool children: a systematic review. Obes Rev. 2012; 13(Suppl 1):13-28.




DOI: https://doi.org/10.5902/2236583441155

Direitos autorais 2020 Saúde (Santa Maria)

______________________________________________________________

Peridiocidade: Fluxo Contínuo.


Qualis:


Interdisciplinar e Educação Física - B3

Ciências Ambientais, Enfermagem, Odontologia e Saúde Coletiva - B4

Medicina Veterinária - B5

Biotecnologia e Ciências Biológias II - C

  

 Licença Creative Commons 

Saúde (Santa Maria) ∴ revistasaude.ufsm@gmail.com

eISSN 2236-5834 ∴ DOI 10592/22365834

 

Acessos desde 08/08/2013.