Percepções de gestantes acerca da participação do companheiro na gestação

Naiashy Vanuzzi Martello, Laís Antunes Wilhelm, Luiza Cremonese, Lisie Alende Prates, Camila Neumaier Alves, Lúcia Beatriz Ressel

Resumo


O objetivo deste estudo é compreender como as mulheres percebem a participação do homem no processo gravídico. Pesquisa de campo, do tipo descritiva, com abordagem qualitativa, desenvolvida com treze gestantes de um município do interior do Rio Grande do Sul, Brasil. Os dados foram coletados por meio da entrevista semiestruturada. Para análise de dados, adotou-se a análise de conteúdo temática da proposta operativa. As percepções das gestantes abrangeram três perspectivas: o companheiro participa do processo gestacional, o companheiro mantém-se distante e o companheiro não inclui a mulher nos preparativos para a chegada do bebê. Reforça-se a importância da participação conjunta do casal, fundamental para a família se estabelecer como um grupo em formação.

 


Palavras-chave


Saúde da Mulher; Gravidez; Paternidade; Cuidado Pré-Natal

Texto completo:

PDF

Referências


Melo MCP, Coelho NHN, Creôncio SCE. Atuação da enfermeira no pré-natal: uma revisão a partir da sistematização, da humanização e da educação em saúde. Enciclopédia biosfera [Internet]. 2010 [acesso em: 28 jun 2015];5(10):1-18. Disponível em: http://www.conhecer.org.br/enciclop/2010b/atuacao.pdf

Benazzi AST, Lima ABS, Souza AP. Pré-natal masculino: um novo olhar sobre a presença do homem. Rev pol públ [Internet]. 2012 [acesso em: 15 nov 2014];15(2):327-33. Disponível em: http://www.periodicoseletronicos.ufma.br/index.php/rppublica/article/view/849

Coutinho T, Monteiro MFG, Sayd JD, Teixeira MTB, Coutinho CM, Coutinho LM. Monitoramento do processo de assistência pré-natal entre as usuárias do Sistema Único de Saúde em município do Sudeste brasileiro. Rev Bras ginecol obstet. [Internet] 2010 [acesso em: 12 jan 2013];32(11):563-9. Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?pid=S0100-72032010001100008&script=sci_arttext

Silva CO, Santos JLG, Pestana AL, Bernardi MC, Erdmann AL. Significados e expectativas de gestantes em relação ao pré-natal na atenção básica: revisão integrativa. Saúde & Transf social [Internet] 2013 [acesso em: 10 nov 2014];3(4):98-104. Disponível em: http://incubadora.periodicos.ufsc.br/index.php/saudeetransformacao/article/view/1958

Ministério da Saúde. Secretaria de Políticas de Saúde, Área Técnica da Saúde da Mulher. Programa de Humanização no Pré-natal e nascimento: informações para gestores e técnicos; Ministério da Saúde; 2000.

Ministério da Saúde. Cadernos HumanizaSUS: Atenção Básica; Ministério da Saúde; 2010.

Costa CSC, Vila VSC, Rodrigues FM, Martins CA, Pinho LMO. Características do atendimento pré-natal na Rede Básica de Saúde. Rev Eletr Enf [Internet] 2013 [acesso em: 15 jan 2015];15(2):516-22. Disponível em: https://www.fen.ufg.br/fen_revista/v15/n2/pdf/v15n2a26.pdf

Osis MJD. Abordagens qualitativas em saúde reprodutiva. In: Barros NF, Cecatti JG, Turato ER, organizadores. Pesquisa qualitativa em saúde: múltiplos olhares. Campinas: Komedi; 2005. p.121-33.

Minayo MCS. O desafio do conhecimento: pesquisa qualitativa em saúde. 12. ed. São Paulo: Hucitec; 2013.

Ministério da Saúde. Conselho Nacional de Saúde. Diretrizes e normas regulamentadoras de pesquisa envolvendo seres humanos. Resolução n. 196, Ministério da Saúde; 1996.

Silva FCB, Brito RS. Ausência do homem nas consultas de pré-natal: o que significa para a gestante? Curitiba: Appris; 2011.

Barbosa FA, Machado LFV, Souza LV, Scorsolini-Comin F. Significados do cuidado materno em mães de crianças pequenas. Barbarói. [Internet] 2010 [acesso em: 28 nov 2015];(33):28-49. Disponível em: http://pepsic.bvsalud.org/scielo.php?pid=S0104-65782010000200003&script=sci_arttext

Piccinini CA, Carvalho FT, Ourique LR, Lopes RS. Percepções e Sentimentos de Gestantes sobre o Pré-natal. Psicologia: Teoria e Pesquisa [Internet] 2012 [acesso em: 13 nov 2015];28(1):27-33. Disponível em: http://www.scielo.br/pdf/ptp/v28n1/04.pdf




DOI: https://doi.org/10.5902/2236583419474

Direitos autorais 2017 Saúde (Santa Maria)

______________________________________________________________

Peridiocidade: Fluxo Contínuo.


Qualis:


Interdisciplinar e Educação Física - B3

Ciências Ambientais, Enfermagem, Odontologia e Saúde Coletiva - B4

Medicina Veterinária - B5

Biotecnologia e Ciências Biológias II - C

  

 Licença Creative Commons 

Saúde (Santa Maria) ∴ revistasaude.ufsm@gmail.com

eISSN 2236-5834 ∴ DOI 10592/22365834

 

Acessos desde 08/08/2013.