Necessidades de saúde das pessoas com tuberculose pulmonar

Aliéren Honório Oliveira, Antonio Germane Alves Pinto, Glauberto da Silva Quirino, Rachel de Sá Barreto Luna Callou Cruz, Maria Lúcia Duarte Pereira, Edilma Gomes Rocha Cavalcante

Resumo


Objetivo: analisar as necessidades de saúde das pessoas em tratamento para a tuberculose assistidas pelos serviços de saúde. Método: estudo descritivo, com abordagem qualitativa, realizado com dez pacientes assistidos pelas equipes da Estratégia Saúde da Família e serviço de referência. As entrevistas foram submetidas à técnica de análise temática e analisadas conforme a Taxonomia Operacional de Necessidades de Saúde. Resultados: os pacientes relataram necessidades de alimentação e moradia, mostraram satisfeitos com o tratamento, acessibilidade e cordialidade dos profissionais de saúde, mas insatisfeitos com a investigação dos sintomas e evolução do quadro clínico. O vínculo com o enfermeiro foi positivo. Orientações e busca de informações subsidiaram a autonomia e o modo de andar a vida. Conclusão: os pacientes reconheceram as necessidades de saúde referentes ao acesso às tecnologias que melhoram e prolongam a vida, mas requererem investigação diagnóstica precisa, orientação para autonomia e ordenação da Atenção Primária à Saúde.


Palavras-chave


Tuberculose;Atenção à saúde; Acolhimento; Autonomia pessoal; Integralidade em saúde

Referências


World Health Organization (WHO). Global tuberculosis report 2019. 2019 [Internet]. Geneva: WHO; 2019 [cited 2020 Apr 27]. Available from: https://www.who.int/tb/publications/global_report/en/

Bertolozzi MR, Takahashi RF, França FOS, Hino P. A ocorrência da tuberculose e sua relação com as desigualdades sociais: estudo de revisão integrativa na base PubMed. Esc Anna Nery. 2020;24(1):e20180367. doi: 10.1590/2177-9465-ean-2018-0367

Maffacciolli R, Oliveira DLLC, Brand EM. Vulnerabilidade e direitos humanos na compreensão de trajetórias de internação por tuberculose. Saúde Soc. 2017;26(1):286-99. doi: 10.1590/S0104-12902017168038

Cecilio LCO, Matsumoto NF. Uma taxonomia operacional de necessidades de saúde. In: Pinheiro R, Ferla AA, Mattos RA, organizadores. Gestão em redes: tecendo os fios da integralidade em saúde [Internet]. Rio de Janeiro: EDUCS; IMS/UERJ: CEPESC; 2006 [acesso em 2020 abr 27]. Cap. 3. Disponível em: https://www.cepesc.org.br/wp-content/uploads/2013/08/GESTA%CC%83O-EM-REDES_RS.pdf

Temoteo RCA, Carvalho JBL, Lira ALBC, Lima MA, Sousa YG. Enfermagem na adesão ao tratamento da tuberculose e tecnologias em saúde no contexto da atenção primária. Esc Anna Nery. 2019;23(3):e20180321. doi: 10.1590/2177-9465-ean-2018-0321

Sicsú AN, Gonzales RIC, Mitano F, Sousa LO, Silva LMC, Ballestero JGA, et al. Práticas de enfermagem centradas no indivíduo com tuberculose: interface com a democracia. Rev Bras Enferm. 2019;72(5):1219-25. doi: 10.1590/0034-7167-2017-0380

Goceer S, Gunay O, Ulutabanca RO, Sonkaya ZI. Factors affecting psychosocial adjustments to illness of active tuberculosis patients. Med Sci (Turkey). 2017;6(4):700-5. doi: 10.5455/medscience.2017.06.8644

Minayo MC. O desafio do conhecimento: pesquisa qualitativa em saúde. 14ª ed. São Paulo: Hucitec; 2014.

Pereira AGL, Escosteguy CC, Valencia LIO, Magalhães MAFM, Medronho RA. Análise espacial de casos de tuberculose e associação com fatores socioeconômicos: uma experiência no município do Rio de Janeiro. Cad Saúde Colet. 2018;26(2):203-10. doi: 10.1590/1414-462X201800020013

Pedro AS, Gibson G, Santos JPC, Toledo LM, Sabroza PC, Oliveira RM. Tuberculosis as a maker of inequities in the context of social-spacial transformation. Rev Saúde Pública. 2017;51:9. doi: 10.1590/S1518-8787.2017051006533

Min J, Chang Y, Lee KM, Choe KH, An JY. Transcultural adaptation and validation of the Korean version of the brief illness perception questionnaire for patients with pulmonary tuberculosis. J Global Infect Dis. 2017 [cited 2020 Jun 24];9:113-6. Available from: http://www.jgid.org/text.asp?2017/9/3/113/212583

Tola HH, Garmaroudi G, Shojaeizadeh D, Tol A, Yekaninejad MS, Ejeta LT, et al. The effect of psychosocial factors and patients’ perception of tuberculosis treatment non-adherence in Addis Ababa, Ethiopia. Ethiop J Health Sci. 2017;27(5):447. doi: 10.4314/ejhs.v27i5.2

Moreira ASR, Kritski AL, Carvalho ACC. Determinantes sociais da saúde e custos catastróficos associados ao diagnóstico e tratamento da tuberculose. J Bras Pneumol [Internet]. 2020 [cited 2020 Jun 24];46(5):e20200015. Available from: http://www.jornaldepneumologia.com.br/detalhe_artigo.asp?id=3350

Ponce MAZ, Wysocki AD, Arakawa T, Andrade RLP, Vendramini SHF, Sobrinho RAS, et al. Delay in tuberculosis diagnosis in adults in a city of São Paulo State, Brazil, in 2009: a cross-sectional study. Epidemiol Serv Saúde. 2016;25(3):553-62. doi: 10.5123/S1679-49742016000300011

Cordoba C, Luna L, Triana DM, Perez F, López L. Factors associated with delays in pulmonary tuberculosis diagnosis and treatment initiation in Cali, Colombia. Rev Panam Salud Pública. 2019;43:e14. doi: 10.26633/RPSP.2019.14

Verguet S, Riumallo-Herl C, Gomez GB, Menzies NA, Houben RMGJ, Sumner T, et al. Catastrophic costs potentially averted by tuberculosis control in India and South Africa: a modelling study. Lancet Glob Health. 2017;5(11):e1123-32. doi: 10.1016/S2214-109X(17)30341-8

Oliveira AH, Pinto AGA, Lopes MSV, Figueiredo TMRM, Cavalcante EGR. Itinerário terapêutico de pessoas com tuberculose. Esc Anna Nery. 2019;23(3):e20190034. doi: 10.1590/2177-9465-ean-2019-0034

Furlan MCR, Marcon SS. Avaliação do acesso ao tratamento de tuberculose sob a perspectiva de usuários. Cad Saúde Colet. 2017;25(3):339-47. doi: 10.1590/1414-462X201700030139

Ferreira MRL, Santos AA, Orfão NH. O vínculo no tratamento da tuberculose na atenção primária à saúde: uma revisão integrativa. Rev Bras Promoç Saúde. 2019;32:9540. doi:10.5020/18061230.2019.9540

Merhy EE, Onocko R, editores. Agir em saúde: um desafio para o público. 2ª ed. São Paulo: Hucitec; 2002. Em busca de ferramentas analisadoras das tecnologias em saúde: a informação e o dia a dia de um serviço, interrogando e gerindo trabalho em saúde. p. 113-50.

Sicsú AN, Gonzales RIC, Mitano F, Sousa LO, Silva LMC, Ballestero JGA, et al. Nursing practices centered on individuals with tuberculosis: an interface with democracy. Rev Bras Enferm. 2019;72(5):1219-25. doi: 10.1590/0034-7167-2017-0380

Jung BC, Zillmer JGV, Cunha FTS, Gonzales RIC. Significados das experiências corporais de pessoas com tuberculose pulmonar: a construção de uma nova identidade. Texto Contexto Enferm. 2018;27(2):e2030016. doi: 10.1590/0104-070720180002030016

Fortes PD. A justa dose da medida: o tratamento compulsório da tuberculose em questão. Interface (Botucatu). 2016;20(58):743-51. doi: 10.1590/1807-57622015.0775

Zoboli E. Autonomia e coerção na justa medida do tratamento da tuberculose. Interface. (Botucatu). 2016;20(58):760-2. doi: 10.1590/1807-57622016.0224




DOI: https://doi.org/10.5902/2179769243901

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Não comercial - Compartilhar igual 4.0 Internacional.

Licença Creative Commons
Este site está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 4.0 Internacional.