O conhecimento dos familiares sobre cuidados à criança com leucemia linfocítica aguda no isolamento protetor

Ellen Pessoa Rocha, Arinete Veras Fontes Esteves, Elizabeth Texeira, Marcos Vinícius Costa Fernandes

Resumo


Objetivo: descrever o conhecimento dos familiares sobre os cuidados à criança com leucemia linfocítica aguda em isolamento protetor. Método: estudo de natureza qualitativa e descritiva, realizado no isolamento do centro de Referência para doenças onco-hematológicas da Região Norte, em Manaus, por meio de entrevista semiestruturada com 11 familiares, entre janeiro a março de 2016. Os dados foram analisados através da Análise Temática. Resultados: nas categorias: “Isolamento Protetor como prevenção de infecção: ainda um bicho de sete cabeças?” e “Cuidados no Isolamento Protetor: é preciso que todos tenham informações”; observou-se que o isolamento possui várias facetas: de proteção, prevenção, separação que foram vivenciados pelos familiares nesse ambiente cuja rotina é diferenciada para cuidar da criança leucêmica. Conclusão: permeados de dúvidas e ansiedade, os familiares conhecem pouco sobre os cuidados a criança no isolamento, mostraram-se dispostos a aprender e sugerem a construção de um material educativo para facilitar o empoderamento do conteúdo.


Palavras-chave


Relações familiares; Leucemia; Isolamento; Tecnologia educacional

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.5902/2179769222994



Licença Creative Commons
Este site está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 4.0 Internacional.