Avaliação de necessidades informacionais dos cuidadores domiciliares

Maria José Lumini Landeiro, Heloísa Helena Ciqueto Peres, Teresa Martins

Resumo


http://dx.doi.org/10.5902/2179769216886

Objetivo: identificar necessidades, dificuldades, informações necessárias e adequabilidade do uso de tecnologias educacionais dos familiares cuidadores na prestação de cuidados informais à pessoa dependente no domicílio. Método: estudo exploratório descritivo com amostra intencional de cuidadores e coleta de dados realizada por entrevista semiestruturada a 12 cuidadores utilizando questionário sociodemográfico e avaliação por Índice de Barthel. Resultados: os participantes eram maioritariamente mulheres, filhas, com atividade profissional, com média etária 57 anos. As pessoas dependentes eram na maioria mulheres, a maior parte da amostra era totalmente dependente, apresentando uma média etária de 78 anos. Foi identificada necessidade de informação para o desenvolvimento de competências nos domínios do conhecimento, instrumental e os apoios sociais relativos aos autocuidados de alimentar-se, virar-se e transferir-se e a utilidade de tecnologia educacional. Conclusão: este estudo contribui para melhor atuação dos enfermeiros na capacitação dos cuidadores na prestação de cuidados à pessoa dependente.

Palavras-chave


Saúde da família; Enfermagem em saúde comunitária; Autocuidado

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.5902/2179769216886



Licença Creative Commons
Este site está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 4.0 Internacional.