Caracterização das quedas de pacientes em hospital especializado em cardiologia

Silmara Meneguin, Jairo Aparecido Ayres, Giovana Hass Bueno

Resumo


Doi: 10.5902/2179769213554

Objetivo: Caracterizar as quedas de pacientes, segundo registro de eventos adversos, em unidades de internação de hospital especializado em cardiologia, do município de São Paulo. Método: estudo retrospectivo em que foram analisadas descritivamente 67 notificações de eventos adversos ocorridas no primeiro semestre de 2007. Resultados: registraram-se 2,04 quedas/mil paciente-dia, a maioria do sexo masculino (59,7%), idade média 64,04 anos, ocorridas nos primeiros 30 dias da internação (58,2%) e no período noturno (55,2%). Quanto ao local, quarto e banheiro obtiveram maior destaque, 73,1% e 22,4 %, respectivamente. A queda da própria altura contribuiu com 64,2% dos casos, de poltronas 18,0% e do leito 10,4 %. Conclusões: os resultados desse estudo denotam a necessidade de maior cuidado com os idosos internados, durante o período noturno, no quarto e especialmente nos primeiros trinta dias de internação.


Palavras-chave


Acidentes por quedas; Cuidados de enfermagem; Indicadores de qualidade em assistência à saúde; Cardiologia.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.5902/2179769213554



Licença Creative Commons
Este site está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 4.0 Internacional.