EXPERIÊNCIAS AMBIENTAIS DE UMA PRÁTICA PEDAGÓGICA INTERDISCIPLINAR NA VILA DE ITAÚNAS, CONCEIÇÃO DA BARRA, ES

Rosiane Lima Demoner

Resumo


http://dx.doi.org/10.5902/223613087767

O presente artigo relata experiência pedagógica realizada na instituição pública de ensino “EMEF. Eloy Miranda”, localizada no município de Fundão, no Estado do Espírito Santo, com os alunos do 7ª ano, tendo início no ano de 2010 e continuidade em 2011. Objetivou-se propiciar aos alunos reconhecimento e vivências de experiências pedagógicas e ambientais, para problematizar os principais pontos de fragilidade e de potencialidade, assim como as formas de resistências assumidas na atualidade e na vida cotidiana dos sujeitos que acompanharam e ainda estão vivenciando as causas dos impactos decorrentes do desmatamento e do uso indevido do solo. Para realizar o trabalho foi desenvolvido um diagnóstico social, cultural e ambiental realizado por meio um estudo de campo envolvendo a cidade de Fundão e a Vila de Itaúnas, sendo registradas as conversas e entrevistas com os moradores locais num Diário de Campo, contemplando de forma interdisciplinar. A experiência pedagógica possibilitou aos alunos conhecer na Vila de Itaúnas os reflexos dos desastres ambientais e refletir suas atuais ações/atitudes para que os desastres ambientais e sociais do seu município sejam minimizados, além de propiciar a interação com a sabedoria popular, explorando a sensibilidade do contato direto dos alunos e a vivencia de uma nova cultura, história e saberes construídos ao longo dos anos. E decorrente a importância da transversalidade de saberes, atualmente inserida no Projeto Político Pedagógico da escola.


Palavras-chave


Educação Ambiental, Itaúnas, Fundão, Escola.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5902/223613087767

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 4.0 Internacional.