AS PLANTAS MEDICINAIS COMO INSTRUMENTO DE EDUCAÇÃO AMBIENTAL

Miguel Antonio Correa Favila, Juarez Martins Hoppe

Resumo


Este estudo visou sensibilizar os alunos a respeito da conservação e utilização das plantas medicinais como instrumento de Educação Ambiental e, como tratamento alternativo. Entre os resultados obtidos, salienta-se que 47% acharam-se confiantes na dosagem das plantas medicinais, razão de possíveis casos de intoxicações. E apenas 8% dos entrevistados compreenderam que a Educação Ambiental está inserida na questão social e tem como finalidade última a qualidade de vida dos povos.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5902/223613082805

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 4.0 Internacional.