INVESTIGAÇÃO DE PASSIVO AMBIENTAL NA ÁREA DO ATERRO CONTROLADO DE HIDROLÂNDIA, GO

Rosana Gonçalves Barros, Pâmela Pereira Dias, Vanessa Kelly Alves Araújo

Abstract


A destinação final inadequada de resíduos sólidos tem resultado num cenário de inúmeros danos ao meio ambiente, tais como: contaminação do solo, de águas superficiais e subterrâneas, através do lixiviado; consequências do processo de decomposição dos resíduos. O presente trabalho teve como objetivo avaliar as características químicas de alguns pontos do solo e do lixiviado (chorume) do aterro controlado de Hidrolândia, GO, em dezembro de 2014, com o intuito de verificar possíveis tendências a contaminação da área por metais pesados. Foram realizados os seguintes levantamentos: levantamento fotográfico, localização da área e dos pontos de amostragem do solo para avaliação dos parâmetros físico-químico e presença de metais pesados e amostragem do líquido percolado (lixiviado) para análise dos metais pesados. Os resultados obtidos foram comparados com os valores orientadores da Companhia Ambiental do Estado de São Paulo (CETESB). Através do estudo químico do solo e lixiviado foram detectados os metais cádmio (Cd), chumbo (Pb), cobre (Cu), cromo (Cr), ferro (Fe), mercúrio (Hg), níquel (Ni) e zinco (Zn), onde os mesmos apresentaram valores abaixo dos limites estabelecidos pela CETESB. Na amostra de solo o elemento ferro (Fe) foi detectado com teor mais elevado (311,41 mg.L-1). Na análise do líquido percolado (chorume), apenas o elemento ferro (Fe) foi detectado, com uma concentração de 33,00 mg.L-1. É importante destacar que a CETESB não possui valor de referência de qualidade para este elemento. Apesar da grande diversidade e volubilidade dos resíduos depositados, não há indícios suficientes que comprovem a contaminação do solo na área de estudo pelos metais pesados analisados.


Keywords


Contaminação; Metais Pesados; Resíduos Sólidos; Chorume; Lençol Freático

References


ABRELPE - Associação Brasileira de Empresas de Limpeza Pública e Resíduos Especiais. Panorama dos Resíduos Sólidos no Brasil. São Paulo, 2012. 116 p.

APHA – American Public Health Association. Standard methods for examination of water and wastewater. 19 ed. Washington: APHA, 1992. 1100p.

ARAÚJO, F. de V.; SOUZA, I. A.; BARROS, R. G. Diagnóstico da qualidade do solo no aterro controlado de Inhumas, Go. 2013. 15 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Superior de Tecnologia em Saneamento Ambiental) – Departamento de Áreas Acadêmicas II, Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Goiás, Goiânia, 2013.

BIONDI, C. M. Teores naturais de metais pesados nos solos de referência do estado de Pernambuco. Recife: 2010. 58 p. Tese de Doutorado.

BRASIL. Lei nº 12.305 de 02 de Agosto de 2010. Institui a Política Nacional de Resíduos Sólidos; altera a Lei no 9.605, de 12 de fevereiro de 1998; e dá outras providências. Diário Oficial da União 2010; 3 ago. Acesso em 02 fev. 2015. Disponível em:

BRASIL. Resolução n° 420 CONAMA de 28/12/09. Dispõe sobre critérios e valores orientadores de qualidade do solo quanto à presença de substâncias químicas e estabelece diretrizes para o gerenciamento ambiental de áreas contaminadas por essas substâncias em decorrência de atividades antrópicas. Brasília, 2009.

CELERE, M. S.; OLIVEIRA, A. S.; TREVILATO, T. M. B.; MUÑOZ, S. I. S. Metais presentes no chorume coletado no aterro sanitário de Ribeirão Preto, São Paulo, Brasil, e sua relevância para saúde pública. Cad. Saúde Pública, Rio de Janeiro - RJ, 23(4):939-947. 2007.

CETESB - Companhia de Tecnologia de Saneamento Ambiental. Valores orientadores para solos e águas subterrâneas no Estado de São Paulo. Disponível em:Acesso em: 02 jan. 2015.

CETESB - Companhia de Tecnologia de Saneamento Ambiental. Resíduos Sólidos. Disponível em:. Acesso em 23 nov. 2014.

COTTA, J. A. O.; REZENDE, M. O.; PIOVANI, M. R. Avaliação do teor de metais em sedimento do rio Betari no Parque Estadual Turístico do Alto Ribeira: PETAR, São Paulo, Brasil. Química Nova, São Paulo, v.29, n. 1, p. 40-45, 2006.

EMPRESA BRASILEIRA DE PESQUISA AGROPECUÁRIA (EMBRAPA). Manual de métodos de análise do solo. Centro Nacional de Pesquisa de Solos. 2.ed. Rio de Janeiro: 1997. 247 p.

FERREIRA, A. P.; HORTA, M. A. P.; CUNHA, C. L. N. Avaliação das concentrações de metais pesados no sedimento, na água e nos órgãos de Nycticoraxnycticorax (Garça-da-noite) na Baía de Sepetiba, RJ, Brasil. Journal of Integrated Coasta l Zone Management. v.10. 2010????

INSTITUTO BRASILEIRO DO MEIO AMBIENTE E DOS RECURSOS NATURAIS RENOVÁVEIS (IBAMA). Mercúrio Metálico. Disponível em: . Acesso em: 19 fev. 2015.

JESUS, S. C. de. Difusão de zinco em camada compactada de solo residual de gnaisse, 2004. 75f. Dissertação de mestrado – Universidade Federal de Viçosa, Viçosa – MG, 2004.

KORF, E. P.; MELO, E. F. R. Q.; THOMÉ, A.; ESCOSTEGUY, P. A. V. Retenção de metais em solo da antiga área de disposição de resíduos sólidos urbanos de Passo Fundo–RS. Revista de Ciências Ambientais, Canoas, v.2, n.2, p. 43-60, 2008.

LAIR, G. J.; GERZABEK, M. H.; HABERHAUER, G. Sorption of heavy metals on organic and inorganic soil constituents, Environmental Chemistry Letters, v.5, n.1, p.23-27, 2006.

MELLO, F. A. F.; BRASIL SOBRINHO, M. O. C.; ARZOLLA, E.; SILVEIRA, R. I.; COBRA NETO, A.; KIENL, J. C. Fertilidade do Solo. 3. ed. Sao Paulo: Nobel, 1988. 400p.

MONTEIRO, V. E. D. Análises físicas, químicas e biológicas no estudo do comportamento do aterro da Muribeca. 2003. 232f. Tese (Doutorado em Engenharia Civil) – Universidade Federal de Pernambuco, Recife, 2003.

PAULA, E. H., Almeida, M. S. S., Barbosa, M. C. Determinação de Parâmetros de Sorção e Difusão Pura em um Solo Arenoso de Jacarepaguá, RJ. Anais do 4º Congresso Brasileiro de Geotecnia Ambiental – REGEO. 1999, eds. T.M. de Campos e Vidal, D. E., São José dos Campos, p. 352-361.

ROSS, D. S.; MATSCHONAT, G.; SKYLLBERG, U. Cation exchange in forest soils: the need for new perspective. European Journal of Soil Science, v.59, n.6, p.1141-1159, 2008.

SANTOS, G. C. G.; ABREU, C. A.; CAMARGO, O. A.; ABREU, M. F. Pó de aciaria como fonte de zinco para o milho e seu efeito na disponibilidade de metais pesados. Bragantia, Campinas, v.61, n.3, p. 257-266, 2002.

SISINNO, C. L. S., MOREIRA, J. C. 1996. Avaliação da contaminação e poluição ambiental na área de influência do Aterro Controlado do Morro do Céu, Niterói, Brasil. Caderno de Saúde Pública, 12(4):515-523.

SUZUKI, E. Y.; TAIOLI, F.; RODRIGUES, C. L. Avaliação do comportamento geoquímico do solo da região do lixão de Ilhabela - SP. Revista Águas Subterrâneas, São Paulo, v. 19, n. 2, p. 67-76, 2005.

TRESSOLDI, M.; CONSONI, A. J. 1998. Disposição de resíduos. In: OLIVEIRA, A. M. dos S.; BRITO, S. N. A. (Org.). Geologia de engenharia. São Paulo: Associação Brasileira de Geologia de Engenharia, p.343-360.

UMOREM, I. U.; UDOH, A. P.; UDOSORO, I. I. Concentration and chemical speciation for the determination of Cu, Zn, Ni, Pb and Cd refuse dump soils using the optimized BCR sequential extraction procedure. The Environmentalist, v.27, n. 2, p.241-252, 2007.




DOI: http://dx.doi.org/10.5902/2236117018948



DEAR AUTHORS,

PLEASE, CHECK CAREFULLY BEFORE YOUR SUBMISSION:

- IF ALL AUTHORS "METADATA" (ORCID, LINK TO LATTES, SHORT BIOGRAPHY, AFFILIATION) WERE ADDED,

- THE CORRECT IDIOM YOUR SECTION,

- IF THE HIGHLIGHTS WERE ADDED,

- IF THE GRAPHIC ABSTRACTS WAS ADDED,

- IF THE REVIEWERS INDICATION WAS DONE,

- IF THE REFERENCES FORMAT ARE CORRECT(ABNT)

- IF THE RESOLUTION YOUR FIGURES (600 DPI) ARE SUITABLE

*******************************

PREZADOS AUTORES,

POR FAVOR, VERIFIQUE ATENTAMENTE ANTES DA SUBMISSÃO: 
- SE OS METADADOS (ORCID, LINK PRO LATTES, CURTA BIOGRAFIA E AFILIAÇÃO) DE "TODOS" OS AUTORES FORAM ADICIONADOS, 
- IDIOMA, 
- SE OS HIGHLIHTS FORAM ADICIONADOS, 
- SE O GRAPHICAL ABSTRACT FOI ADICIONADO, 
- SE A INDICAÇÃO DOS REVISORES FOI FEITA, 
- SE O FORMATO DAS REFERÊNCIAS ESTÁ ADEQUADO (ABNT) 
- SE A RESOLUÇÃO SUAS FIGURAS (600 DPI) ESTÁ ADEQUADA.

 

This work is licensed under a Creative Commons Attribution-NonCommercial-ShareAlike 4.0 International License.

 

**************************************************

WE ARE ON FACEBOOK! (You are our guest!)

 

Digital Object Identifier (DOI): 10.5902/22361170

Contact: reget.ufsm@gmail.com

...................................................................................


Accesses since 19/06/2012

...................................................................................

Sponsors: