LIMNOLOGICAL MONITORING OF THE RIVER SAN FRANCISCO – RJ AS A TOOL OF ENVIRONMENTAL MANAGEMENT FOR COMPANIES WHICH USE IT AS A SOURCE OF WATER RESOURCES

Rafael Alves Esteves, Jorge Roberto da Silva Lima Rocha

Abstract


The limnological monitoring is an important environmental management tool because it represents the quality of water that will be used throughout the manufacturing process, including the disposal of effluent. This paper aims to present the limnological monitoring as key instrument in making decisions of corporate environmental issues. The interfaces of the limnological monitoring and the positive impacts were discussed, both for business and for society, generated by the process of implementing an environmental monitoring program. The object of this study was the San Francisco River in the Rio de Janeiro state, as well as all industrial hub that use the river as a source of water resources. The reality is local, however the environmental theme of the discussion can be widely applied to all freshwater ecosystems where there are companies using limnologic environments as a source of water resources. Special attention was given to environmental education, a key to the implementation of any contemporary environmental activity. Social, economic, environmental, legal and cultural aspects make up the set of interfaces which the limnological assessment relates.


Keywords


Environmental monitoring; San Francisco River; Water resources management

References


ANTONIUS, P. A. J. A exploração dos recursos naturais face à sustentabilidade e gestão ambiental: uma reflexão teórico conceitual. Belém, 1999, 30 p.

BARBIERI, J. C. Empresa e Ambiente. Revista Exame, Encarte Especial. Jan. 2000.

BARBOSA, E. A. R. Programa brasileiro para conservação e manejo de águas interiores: síntese das discussões. Acta Limnologica Brasiliensia, Botucatu, v.5, n.1, p.211-222, jun. 1994.

BRASIL. Constituição (1988). Constituição da República Federativa do Brasil: promulgada em 5 de outubro de 1988. 1988. Disponível em: . Acesso em: 06 nov. 2009.

BRASIL. Lei n° 9795, de 27 de abril de 1999. Dispõe sobre a educação ambiental. 1999. Disponível em: . Acesso em: 09 fev. 2010.

ESTEVES, F. A. Fundamentos de Limnologia. 2 ed. Rio de Janeiro: Interciência, 1998. 601p.

ESTEVES, R. A. Caracterização ambiental da água superficial de três afluentes à Bacia da Baía de Sepetiba, Rio de Janeiro, Brasil. 2008. 36. Trabalho de Conclusão de Curso (Ciências Biológicas) – Instituto de Biociências, Universidade do Grande Rio, Duque de Caxias, 2008.

FABER, N.; JORNA, R.; VAN ENGELEN, J. The sustainbility of sustainbility: a study into the conceptual foundations of the notion of sustainbility. Journal of Environmental Assessment Policy and Management, Londres, v.7, n.1, p.1- 33, March/2005.

FRANCO, M, de A. R. Planejamento Sustentável para a Cidade Sustentável. São Paulo: Editora da FURB, 2000. 296 p.

FRANCO, M, de A. R. A contabilidade na era da globalização. São Paulo: Atlas, 1999.

HENDERSON, H. Além da globalização. São Paulo: Cultrix/Amana-key, 2003. 184 p.

INEA. Instituto Estadual do Ambiente. Diretriz Técnica n° 942.R-07, de 10 de outubro de 1990. Dispõe sobre o Programa de Autocontrole de Efluentes Líquidos. 1990. Disponível em: . Acesso em: 22 fev. 2010.

INEA. Instituto Estadual do Ambiente. Norma Técnica n° 202.R-10, de 04 de dezembro de 1986. Critérios e Padrões para Lançamento de Efluentes Líquidos. 1986. Disponível em:

. Acesso em: 22 fev. 2010.

KRAEMER, M. E. P. Contabilidade ambiental: o passaporte para a competitividade. 2004. Disponível em: . Acesso em: 23 mai. 2010.

KRAEMER, M. E. P. Contabilidade ambiental como sistema de informações. Revista Pensar Contábil do CRC RJ. Rio de Janeiro. Ano III, n. 09, p. 19-26, ago-out. 2000.

KRAEMER, M. E. P. Contabilidade ambiental: o passaporte para a competitividade. Rio de Janeiro. 2004. 30 p.

MAROTTA, H.; SANTOS, R.O.; ENRICH-PRAST, A. Monitoramento limnológico: Um instrumento para a conservação dos recursos hídricos no planejamento e na gestão urbano-ambientais. Ambiente & Saúde, Campinas, v.XI, n.1, p.67-79, jan./jun. 2008.

MEDAUAR, O. Coletânea de legislação ambiental. 8.ed. São Paulo: Revista dos Tribunais, 2009, 1060 p.

RIO DE JANEIRO. Lei n° 3239, de 02 de agosto de 1999. Institui a Política Estadual de recursos hídricos. 1999. Disponível em: . Acesso em: 22 fev. 2010.

RIO DE JANEIRO. Lei n° 5101, de 04 de outubro de 2007. Dispõe sobre a criação do Instituto Estadual do Ambiente. 2007. Disponível em: . Acesso em: 22 fev. 2010.

VARGAS, M. C. O gerenciamento integrado da água como problema socioambiental. Ambiente & Sociedade, Ano II, n. 5, p. 109-134, 1999.

WETZEL, R. G. Limnology: lake and river ecosystems. 3. ed. Califórnia: Academic Press, 2001.




DOI: https://doi.org/10.5902/2236117016408



DEAR AUTHORS,

PLEASE, CHECK CAREFULLY BEFORE YOUR SUBMISSION:

- IF ALL AUTHORS "METADATA" (ORCID, LINK TO LATTES, SHORT BIOGRAPHY, AFFILIATION) WERE ADDED,

- THE CORRECT IDIOM YOUR SECTION,

- IF THE HIGHLIGHTS WERE ADDED,

- IF THE GRAPHIC ABSTRACTS WAS ADDED,

- IF THE REVIEWERS INDICATION WAS DONE,

- IF THE REFERENCES FORMAT ARE CORRECT(ABNT)

- IF THE RESOLUTION YOUR FIGURES (600 DPI) ARE SUITABLE

*******************************

PREZADOS AUTORES,

POR FAVOR, VERIFIQUE ATENTAMENTE ANTES DA SUBMISSÃO: 
- SE OS METADADOS (ORCID, LINK PRO LATTES, CURTA BIOGRAFIA E AFILIAÇÃO) DE "TODOS" OS AUTORES FORAM ADICIONADOS, 
- IDIOMA, 
- SE OS HIGHLIHTS FORAM ADICIONADOS, 
- SE O GRAPHICAL ABSTRACT FOI ADICIONADO, 
- SE A INDICAÇÃO DOS REVISORES FOI FEITA, 
- SE O FORMATO DAS REFERÊNCIAS ESTÁ ADEQUADO (ABNT) 
- SE A RESOLUÇÃO SUAS FIGURAS (600 DPI) ESTÁ ADEQUADA.

 

This work is licensed under a Creative Commons Attribution-NonCommercial-ShareAlike 4.0 International License.

 

**************************************************

WE ARE ON FACEBOOK! (You are our guest!)

 

Digital Object Identifier (DOI): 10.5902/22361170

Contact: reget.ufsm@gmail.com

...................................................................................


Accesses since 19/06/2012

...................................................................................

Sponsors: