LIVING CONDITIONS INDEX (LCI) IN THE TERRITORY OF THE CITIZENSHIP REFORM - MATO GROSSO DO SUL.

Leonardo Alves de Oliveira Casimiro, Olivier François Vilpoux

Abstract


The research aimed to evaluate the quality of life for residents of the territory of the Reformation. Profile, sources of income, level of education, participation in associations were analyzed. The results were compared among family farmers, not farmers and not producers. The survey was conducted through a questionnaire administered by MDA, with project funded by CNPq, with 250 producers in the territory of the reform. It was possible to identify a significant number of producers who need to supplement income outside. Despite respondents present a low level of education, they were satisfied. It is possible to estimate that the low level of schooling causes a lack of critical approach which can hinder the implementation of policies to improve education. Entres youth education level is improving and many teens have already surpassed the level of parental education. The age groups showed a predominance of older people. The resignation of the young by agricultural activities and the pursuit of higher education in the city are reasons that give rise to the abandonment of rural areas. Because of the importance of family farming in social role and the generation of wealth of the state economy, family farming needs attention from the government and companies to improve education and reduce the exodus of young people to the city.

Keywords


Family agriculture; Rural development; Sustainability.

References


BRASIL. Lei nº 11.326, de 24 de julho de 2006. Presidência da República, Casa Civil, Subchefia para Assuntos Jurídicos, 2006. Disponível em: http://www.rebrae.com.br/banco_arquivos/arquivos/legislacao_paa/11.326.pdf. Acesso em Setembro de 2011.

CAMPOLIN, A. I. Abordagens qualitativas na pesquisa em Agricultura Familiar. Embrapa Pantanal, 2005. 22p. Disponível em: http://www.cpap.embrapa.br/publicacoes/online/DOC80.pdf. Acesso em Julho de 2011.

DENARDI, R.A. Agricultura Familiar e Políticas Públicas: alguns dilemas e desafios para o desenvolvimento rural sustentável. Agroecol. e Desenv. Rur. Sustent., Porto Alegre, v.2, n.3, jul./set.2001. pp. 56-62. Disponível em: . Acesso em: jul. 2011.

FERRARI, D. L. et al. Dilemas e estratégias dos jovens rurais: ficar ou partir? Estudos Sociedade e Agricultura, outubro 2004, vol. 12 no. 2, p. 237-271. ISSN 1413-0580.

FUKUYAMA, F. Confiança — as virtudes sociais e a criação da prosperidade. Rio de Janeiro: Rocco, 1996.

GASSON, R.; ERRINGTON, A. The farm family business. Wallingford: Cab International, 1993.

GUILHOTO, J. J. M.; ICHIHARA, S. M.; SILVEIRA, F. G.; DINIZ, B. P. C.; AZZONI, C. R.; MOREIRA, GUILHERME R. C. A Importância da Agricultura Familiar no Brasil e em seus Estados. In: V Encontro Nacional da Associação Brasileira de Estudos Regionais e Urbanos, 2007.

IBGE Censo Agropecuário - Agricultura Familiar 2006, Disponível em: http://www.ibge.gov.br/home/presidencia/noticias/noticia_visualiza.php?id_noticia=1466&id_pagina=1

MACHADO, U. Territórios da Cidadania é aposta do Governo brasileiro para superar pobreza no meio rural. Revista Sebrae Agronegócios, Nº 8, Abril de 2008. Disponível em: http://www.rts.org.br/entrevistas/territorios-da-cidadania-e-aposta-do-governo-brasileiro-para-superar-pobreza-no-meio-rural/. Acesso em julho de 2011.

MDA - Ministério do Desenvolvimento Agrário. Plano Territorial de Desenvolvimento Rural Sustentável Território Rural da Reforma – Mato Grosso do Sul, , Campo Grande, Novembro de 2006.

MDA – Ministério do Desenvolvimento Agrário. Estatísticas do meio rural. Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos; Núcleo de Estudos Agrários e Desenvolvimento Rural. 2 Ed., Brasília : MDA : DIEESE, 2006. 276 p.

MDA – Ministério do Desenvolvimento Agrário. Territórios da Cidadania no estado de Mato Grosso do Sul. 2009. Disponível em: http://sit.mda.gov.br/images/mapas/tc/uf_050_tcs_matogrossosul_jan_2009.jpg. Acesso em Novembro de 2011.

MDA – Ministério do Desenvolvimento Agrário MI. Agricultura familiar no Brasil e o censo agropecuário de 2006. MDA, Brasília, 2010, p. 14. Disponível em: < http://portal.mda.gov.br/portal/saf/arquivos/view/arquivos-destaque/censo_2006.pdf>. Acesso em Novembro de 2011.

MÜLLER, Ana Luiza. A construção das politicas públicas para a agricultura familiar no Brasil: o caso do Programa de Aquisição de Alimentos / Ana Luiza Müller. – Porto Alegre, 2007. Disponível em: http://www.lume.ufrgs.br/bitstream/handle/10183/11006/000602049.pdf?sequence=1

MULS, L. M. Desenvolvimento local, espaço e território: o conceito de capital social e a importância da formação de redes entre organismos e instituições locais. Economia, Brasília (DF), v. 9, n. 1, p.1-21, jan./abr. 2008.

PORTUGAL, A. D. O Desafio da Agricultura Familiar. Embrapa, 07/12/2004. Disponível em: http://www.embrapa.br/imprensa/artigos/2002/artigo.2004-12-07.2590963189. Acesso em Outubro de 2011.

SPAROVEK, G. (2003). A qualidade dos assentamentos de reforma agrária brasileira. São Paulo, SP: Páginas & Letras.

SCHULTZ, T. W. Transforming Traditional Agriculture. New Haven and London: Yale University Press, 1964.

SPANEVELLO, R. M. A dinâmica sucessória na agricultura familiar. 2008.Tese(Doutorado em Desenvolvimento Rural). Programa de Pós-Graduação em Desenvolvimento Rural, Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, 2008.

TERRITÓRIO DA CIDADANIA. Comunidades : Territórios da Cidadania. Territórios da Cidadania, MDA, 2011. Disponível em: http://www.territoriosdacidadania.gov.br/dotlrn/clubs/territriosrurais/one-community. Acesso em Agosto de 2011.

VILPOUX, O.F., Sustentabilidade e Agricultura Familiar. Curitiba, PR: CRV, 2011.

WILKINSON, J. Mercados, Redes e Valores. Porto Alegre: UFRGS, 2008.




DOI: https://doi.org/10.5902/2236117015386



DEAR AUTHORS,

PLEASE, CHECK CAREFULLY BEFORE YOUR SUBMISSION:

- IF ALL AUTHORS "METADATA" (ORCID, LINK TO LATTES, SHORT BIOGRAPHY, AFFILIATION) WERE ADDED,

- THE CORRECT IDIOM YOUR SECTION,

- IF THE HIGHLIGHTS WERE ADDED,

- IF THE GRAPHIC ABSTRACTS WAS ADDED,

- IF THE REVIEWERS INDICATION WAS DONE,

- IF THE REFERENCES FORMAT ARE CORRECT(ABNT)

- IF THE RESOLUTION YOUR FIGURES (600 DPI) ARE SUITABLE

*******************************

PREZADOS AUTORES,

POR FAVOR, VERIFIQUE ATENTAMENTE ANTES DA SUBMISSÃO: 
- SE OS METADADOS (ORCID, LINK PRO LATTES, CURTA BIOGRAFIA E AFILIAÇÃO) DE "TODOS" OS AUTORES FORAM ADICIONADOS, 
- IDIOMA, 
- SE OS HIGHLIHTS FORAM ADICIONADOS, 
- SE O GRAPHICAL ABSTRACT FOI ADICIONADO, 
- SE A INDICAÇÃO DOS REVISORES FOI FEITA, 
- SE O FORMATO DAS REFERÊNCIAS ESTÁ ADEQUADO (ABNT) 
- SE A RESOLUÇÃO SUAS FIGURAS (600 DPI) ESTÁ ADEQUADA.

 

This work is licensed under a Creative Commons Attribution-NonCommercial-ShareAlike 4.0 International License.

 

**************************************************

WE ARE ON FACEBOOK! (You are our guest!)

 

Digital Object Identifier (DOI): 10.5902/22361170

Contact: reget.ufsm@gmail.com

...................................................................................


Accesses since 19/06/2012

...................................................................................

Sponsors: