Configurações Estratégicas em MPEs: uma análise da atuação de mulheres empreendedoras do setor de serviços de Londrina - PR

Gabriel Varea Gonçalves, Saulo Fabiano Amâncio-Vieira, Gerson Antonio Melatti, Fernando Antonio Prado Gimenez, Letícia Fernandes de Negreiros

Resumo


A presente pesquisa busca verificar a existência de diferentes configurações no processo de formação de estratégia em pequenas empresas do setor de serviços de Londrina/PR. Como referencial teórico utilizou-se os estudos de Cochia e Machado da Silva (2004) acerca do contexto ambiental, Miles e Snow (1978) e os quatro tipos de estratégia, Carland, Carland e Hoy (1992, 1998) e Inácio e Gimenez (2004) para mensurar o grau empreendedor, e Bailey e Avery (1998)) para a classificação dos tipos estratégicos. Quanto aos procedimentos metodológicos a pesquisa classifica-se como quantitativa, descritiva e exploratória. Realizou-se um censo com as 70 empresas de serviço associadas à CMEG/FECOMERCIO. Quanto aos resultados observou-se que a maioria dos dirigentes dessas empresas tem atitude Empreendedora; que o principal tipo de estratégia competitiva adotado foi a Incremental; que o contexto ambiental das empresas é local; e a dimensão predominante no desenvolvimento da estratégia é a Prospector, ou seja, são empresas que buscam continuamente ampliar a linha de produtos/serviços.


Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5902/198346598897

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional.

Creative Commons License
This work is licensed under a Creative Commons Attribution-NonCommercial 4.0 International License.

  

Revista de Administração da UFSM. Brazilian Journal of Management

Universidade Federal de Santa Maria, Santa Maria, Rio Grande do Sul, Brasil, eISSN 1983-4659