Paper cabinets: an analysis of the implementation of municipal integrated management offices in municipalities with units of the 12th Military Firefighters Battalion – Ijuí

Luciana Davi Traverso, Augusto Albuquerque Moura, Jéssica da Silva Maciel, Sirlei Glasenapp

Abstract


Purpose – The purpose of this article is to analyze how the installation of these offices is in the eight municipalities with units of the 12th Military Fire Brigade (12º BBM).

Design/methodology/approach – This study had an exploratory character. Data collection took place through structured interviews with a total of eight interviews carried out with the Secretaries of Administration of the prefectures, one for each municipality with units of the 12th Military Fire Brigade (12º BBM).

Findings – It was observed that, despite the positive impact generated in local public security, only the municipality of Panambi has the GGIM in operation, however, it only conducts meetings of the Plenary, with partial installation, reducing the positive impact on public safety local. It became clear that municipalities ignore its importance for the promotion of local public safety by creating GGIMs only on paper.

Research limitations/implications – Do not realize interviews with those responsible for the creation of the offices is a limiting factor of the research, as well as the short time of operation of the GGIM’s to carry out a comparative analysis of crime rates.

Originality/value – It highlights the importance and potential of the Municipal Integrated Management Offices for the transformation of the local scenario, while providing a channel for dialogue between the actors involved and for the establishment of joint and planned solutions to the problems faced within the scope of Public Security.


Keywords


Gestão. Municipal. Segurança. Interlocução. Cidadania.

Full Text:

PDF

References


Andrade, M. M. (2010). Introdução à metodologia do trabalho científico (10ª ed.) São Paulo: Atlas.

Balestreri, R. B. (2009). Prefácio. In Sandes, W. F., Rodrigues, J. B., & Viegas, E. M. Gabinetes de Gestão Integrada em segurança pública, Coletânea 2003-2009, Brasília: Secretaria Nacional de Segurança Pública.

Constituição da República Federativa do Brasil de 1988. (1988). Brasília, DF. Disponível em: . Acesso em: 10 jun. 2018.

Cabral, M. J. (2010) O gabinete de gestão integrada e as ações de segurança pública, na copa do mundo de 2014, no Estado de Santa Catarina. Monografia de Especialização em Gestão Estratégica em Segurança Pública, Universidade do Sul de Santa Catarina, Florianópolis.

Comiotto, L. F. (2012). Os gabinetes de gestão integrada municipais como ferramenta para aplicação da polícia ostensiva: uma experiência na cidade de Correia Pinto. Revista Ordem Pública, 5(1), 56-85. Disponível em:

pg=revista>. Acesso em: 15 abr. 2018.

Detalhamento Diário das Despesas (2010). Ministério da Transparência e Controladoria-Geral da União, Brasil. Disponível em: < http://www.portaldatransparencia.gov.br/despesas

diarias/liquidacao?documento=200330000012010NS044261>. Acesso em: 18 jun. 2018.

Gabinetes de Gestão Integrada Municipal: documento orientador. (2009?) Ministério da Justiça, s. n., Brasília, DF, Brasil.

Gabinetes de Gestão Integrada Municipal: GGIM. (2009? b) Ministério da Justiça. Programa Nacional de Segurança Pública com Cidadania, Brasília, DF: Pronasci, Brasil.

Gil, A. C. (2010). Como elaborar projetos de pesquisa. 5ª ed. São Paulo: Atlas.

Madeira, L. M., & Rodrigues, A. B. (2015). Novas bases para as políticas públicas de segurança no Brasil a partir das práticas do governo federal no período 2003-2011. Revista de Administração Pública-RAP, 49(1), 3-21.

Marconi, M. de A., & Lakatos, E. M. (2010) Fundamentos de Metodologia Científica (7ª ed.) São Paulo: Atlas.

North, D. C. (1991). Institutions. The Journal of Economic Perspectives, 5(1), 97-112.

Pinheiro, J.; & Fernandes, M. F. M. (2009). Gabinete de Gestão Integrada Municipal: uma alternativa para a segurança pública. In Sandes, W. F., Rodrigues, J. B., & Viegas, E. M. Gabinetes de Gestão Integrada em segurança pública, Coletânea 2003-2009, Brasília: Secretaria Nacional de Segurança Pública.

Salvarrey, G. (2018). A Mudança do Paradigma de Segurança Pública: uma análise orçamentária da Política Nacional de Segurança Pública (2005-2015). Dissertação de Mestrado, Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Instituto de Filosofia e Ciências Humanas, Programa de Pós-Graduação em Políticas Públicas, Porto Alegre, RS, Brasil.

Secchi, L. (2014) Políticas Públicas Conceitos, Esquemas de Análises, Casos Práticos (2ª ed.) São Paulo: Cengage Learning Brasil.

Soares, L. E. (2007). A Política Nacional de Segurança Pública: histórico, dilemas e perspectivas. Estudos Avançados, 21(61), 77-97. Disponível em: . Acesso em: 03 jun. 2018.




DOI: https://doi.org/10.5902/1983465944254


Creative Commons License
This work is licensed under a Creative Commons Attribution 4.0 International License.

  

   

       

 

------

Revista de Administração da UFSM. Brazilian Journal of Management

Universidade Federal de Santa Maria, Santa Maria, Rio Grande do Sul, Brasil, eISSN 1983-4659