Pobreza multidimensional em Silveira Martins/RS: uma aplicação do Método Alkire-Foster (AF)

Solange Regina Marin, Sirlei Glasenapp, Carine Vieira, Géssica Mathias Diniz, Melody de Campos Soares Porsse, Janaína Ottoneli

Resumo


A Abordagem das Capacitações, conforme a proposta de Amartya Sen (1979, 1985, 1987, 1999a, 1999b), analisa a pobreza para além da renda monetária ao considerar dimensões como condições de saúde, educação, saneamento, entre outras que são valoradas pelas pessoas. A partir dessa proposta, Alkire e Foster (2007) desenvolveram um método de mensuração da pobreza que agrega os diversos aspectos da vida das pessoas em uma medida multidimensional. O objetivo deste trabalho é explorar o método Alkire-Foster (AF) e apresentar a medida geral obtida em um estudo no município de Silveira Martins (RS). A medida final revelou que as pessoas possuem maiores privações nas dimensões ‘liberdade desfrutada na comunidade’, no ‘acesso à renda’, ‘trabalho’, ‘serviços básicos’ e ‘educação’, o que corrobora a perspectiva seniana de que a pobreza vai além da renda monetária. Com base no Método AF, possibilita-se que sejam elaboradas políticas voltadas às dimensões em que a maioria das pessoas sofre maior privação.


Texto completo:

PDF PDF (English)


DOI: http://dx.doi.org/10.5902/1983465928423

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional.

Creative Commons License
This work is licensed under a Creative Commons Attribution-NonCommercial 4.0 International License.

  

Revista de Administração da UFSM. Brazilian Journal of Management

Universidade Federal de Santa Maria, Santa Maria, Rio Grande do Sul, Brasil, eISSN 1983-4659