Boas práticas em gestão de projetos: um estudo na prefeitura de Praia Grande

Marcelo Yoshinori Kameiya, Maria do Carmo Romeiro, Claudia Terezinha Kniess

Resumo


A gestão de projetos no setor público tem assumido novos conteúdos, objetivando transformar as práticas de gestão num modelo de inteligência para implementação de estratégias, de onde emergiu o interesse em ampliar os estudos na esfera municipal. O objetivo foi identificar as práticas de gerenciamento de projetos, segundo o padrão de boas práticas PMBoK. Os procedimentos metodológicos envolveram uma etapa exploratória com coleta de dados junto aos secretários municipais, o que contribuiu para a ampliação do conhecimento sobre práticas de gerenciamento e, consequentemente, para a estruturação do questionário respondido posteriormente por autopreenchimento por 60 gestores. A análise dos dados utilizou o tratamento estatístico básico, suficiente para alcançar o objetivo, cujo resultado revelou que o gerenciamento de escopo, integração e aquisições encontram-se em nível superior de aderência às boas práticas, enquanto custos, qualidade, cronograma e comunicações em nível inferior e riscos e recursos humanos em nível mais crítico.


Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5902/1983465912869

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional.

Creative Commons License
This work is licensed under a Creative Commons Attribution-NonCommercial 4.0 International License.

  

Revista de Administração da UFSM. Brazilian Journal of Management

Universidade Federal de Santa Maria, Santa Maria, Rio Grande do Sul, Brasil, eISSN 1983-4659