OS TERRITÓRIOS RURAIS DO MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO AGRÁRIO

Paulo Valdenor Silva de Queiroz

Resumo


Este trabalho é uma pequena discussão sobre a categoria território nas chamadas Políticas Territoriais do Ministério do Desenvolvimento Agrário (MDA) e seus artifícios de acesso à terra. A falácia desenvolvimentista que recheia as propostas do MDA corrobora com o discurso que apresenta o rural como o lócus do atraso, cujo “desenvolvimento precário” perpassa os ideais de um meio onde as desvantagens persistem. O rural seria concebido, segundo essa lógica, como um espaço com deficiências, que necessita de incentivos e planejamentos para que consiga caminhar nos trilhos do desenvolvimento. É observável, todavia, que as aplicações de recursos que aceleram a circulação, a reprodução e a acumulação do capital não necessariamente têm contribuído para alterar os quadros sociais nos municípios que compõem o interior cearense. Palavras-chaves: Desenvolvimento. Território. Políticas Públicas. Agricultura Familiar. Geografia.


Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.5902/223649947367

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Indexações e Bases Bibliográficas