Da Fronteira ao Entorno Metropolitano: particularidades de cidades médias amazônicas - Altamira e Castanhal no Estado do Pará

Autores

DOI:

https://doi.org/10.5902/2236499443699

Palavras-chave:

Altamira, Amazônia, Castanhal, Cidades médias, Particularidades.

Resumo

A diversidade das realidades representadas pelas cidades médias requer o reconhecimento das particularidades desses centros urbanos e de suas articulações regionais, especialmente ao se levar em conta as diferenças entre as macrorregiões brasileiras, como é o caso da Amazônia em relação ao restante do país. Nesse sentido é que surge a problemática dessa pesquisa, delimitada pelas indagações que se seguem: como se caracterizam as cidades de Castanhal e Altamira em termos de suas situações espaciais, estruturas urbanas e articulações regionais? E como esses centros urbanos, a partir de suas particularidades, apresentam-se diante do conjunto das cidades médias? A partir do desenvolvimento de procedimentos metodológicos como levantamentos bibliográficos e documentais e trabalhos de campo pode-se constatar que a análise das cidades de Castanhal e Altamira, no Estado do Pará, revela o quanto é indispensável a consideração das particularidades regionais amazônicas na busca do reconhecimento das cidades médias a partir dos seus papéis na rede urbana. Além disso, também evidencia que mesmo em se tratando de um contexto macrorregional comum a duas cidades as suas particularidades continuam a se impor, o que levou, na presente análise, à admissão de Castanhal como cidade média de entorno metropolitano e Altamira enquanto cidade média da fronteira amazônica.

Biografia do Autor

Willame de Oliveira Ribeiro, Universidade do Estado do Pará (UEPA), Belém, PA, Brasil

Geógrafo, Mestre em Geografia pela Universidade Federal do Pará - UFPA, Doutor em Geografia pela Universidade Estadual Paulista – UNESP/FCT/Campus Presidente Prudente, Professor do Curso de Licenciatura em Geografia da Universidade do Estado do Pará e Professor/Cordenador do Programa de Pós-Graduação em Geografia da Universidade do Estado do Pará.

José Queiroz de Miranda Neto, Universidade Federal do Pará, Belém, PA, Brasil

Geógrafo, Mestre em Geografia pela Universidade Federal do Pará - UFPA, Doutor em Geografia pela Universidade Estadual Paulista – UNESP/FCT/Campus Presidente Prudente, Professor da Universidade Federal do Pará / Campus Altamira.

Referências

AMARAL, M. D. B.; RIBEIRO, W. O. Castanhal (PA): entre a dinâmica metropolitana e a centralidade sub-regional de uma cidade média. PRACS: Revista Eletrônica de Humanidades do Curso de Ciências Sociais da UNIFAP, v. 9, n. 1, p.77-105, 2016.

BECKER, B. K. Fronteira e urbanização repensadas. Revista Brasileira de Geografia, v. 47, p. 357-372, 1985.

__________. Amazônia: geopolítica na virada do III milênio. Rio de Janeiro: Garamond, 2004. 172p.

__________. Geopolítica da Amazônia. Estudos avançados, v.19, n. 53, p.71-86, 2005.

CAMAGNI, R. Economía urbana. Barcelona: Antonio Bosch, 2005. 303p.

CASTELLO BRANCO, M. L. G. Algumas considerações sobre a identificação de cidades médias. In SPOSITO, M. E. B. (org.). Cidades médias: espaços em transição. São Paulo: Expressão popular, 2007. p.89-111.

CCBM - CONSÓRCIO CONTRUTOR BELO MONTE. Lista de admissões em relação alfabética. Planilha: Excel, 2014.

CHEPTULIN, A. A dialética materialista: categorias e leis da dialética. São Paulo: Alfa-Omega, 1982. 354p.

CORRÊA, R. L. Trajetórias geográficas. Rio de Janeiro: Bertrand Brasil, 1996. 302p.

_______. Interações espaciais. In CASTRO, I. E.; CORRÊA, R. L.; GOMES, P. C. C. Explorações geográficas. Rio de Janeiro: Bertrand Brasil, 1997, p.279-318.

_______. Construindo o conceito de cidade média. In SPOSITO, M. E. B. (org.). Cidades médias: espaços em transição. São Paulo: Expressão popular, 2007, p.23-33.

ELETROBRÁS. Estudo de impacto ambiental-EIA. Relatório de impacto ambiental da Usina Hidrelétrica de Belo Monte-RIMA Belo Monte. Brasília, 2009.

IBGE - INSTITUTO BRASILEIRO DE GEOGRAFIA E ESTATÍSTICA. Regiões de Influência das Cidades 2007. Rio de Janeiro: IBGE, 2008. 201p.

_______. Censo Demográfico Brasileiro. Rio de Janeiro: IBGE, 2010.

_______. Divisão Urbano Regional. Rio de Janeiro: Diretoria de Geociência/ Coordenação de Geografia, 2013.

_______. IBGE Cidades [online]. 2016. Disponível em: http://www.cidades.ibge.gov.br/xtras/home.php. Acesso em: 09 de novembro de 2016.

JUCEPA - JUNTA COMERCIAL DO ESTADO DO PARÁ. Empresas criadas entre 2010 e 2014 por código de atividade CNAE. Planilha, Excel, 2014.

LENCIONI, S. Região e geografia. São Paulo: Edusp, 2003. 224p.

LUKÁCS, G. Introdução a uma estética marxista. Rio de Janeiro: Civilização brasileira, 1968. 298p.

MAIA, D. S. Cidades médias e pequenas do nordeste: conferência de abertura. In LOPES, D. M. F.; HENRIQUE, W. (org.). Cidades médias e pequenas: teorias, conceitos e estudos de caso. Salvador: SEI, 2010. p.15-41.

MIRANDA NETO, J. Q. Os nexos de re-estruturação da cidade e da rede urbana: o papel da Usina Belo Monte nas transformações espaciais de Altamira-PA e em sua região de influência. 2016. 370p. Tese (Doutorado em Geografia) – Programa de Pós-Graduação em Geografia, Universidade Estadual Paulista, Presidente Prudente.

MTE. Ministério do Trabalho e Emprego. Cadastro Geral de Empregados e Desempregados - CAGED: Perfil do Município – Altamira, 2015. Disponível em: http://bi.mte.gov.br. Acesso em: 09 de novembro de 2016.

NORTE ENERGIA. Relatório final consolidado do 2º semestre de 2015: projeto de reassentamento, 2015.

RIBEIRO, W. O. Interações espaciais na rede urbana do Nordeste do Pará: particularidades regionais e diferença de Bragança, Capanema e Castanhal. 2017. 356p. Tese (Doutorado em Geografia) – Programa de Pós-Graduação em Geografia, Universidade Estadual Paulista, Presidente Prudente.

SANTOS, M.; SILVEIRA, M. L. O Brasil: território e sociedade no início do século XXI. 4ed. Rio de Janeiro/São Paulo: Record, 2002. 476p.

SANTOS, M. Técnica, espaço e tempo: Globalização e meio técnico, científico, informacional. 4 ed. São Paulo: Hucitec, 1998. 192p.

SCHOR, T.; COSTA, D. P.; OLIVEIRA, J. A. Cidades, rede urbana e desenvolvimento na Amazônia dos grandes rios. In TRINDADE JÚNIOR, S. C.; CARVALHO, G.; MOURA, A.; GOMES NETO, J. Pequenas e médias cidades na Amazônia. Belém: FASE/UFPA, 2009. p.35-57.

SPOSITO, M. E. B. As cidades médias e os contextos econômicos contemporâneos. In SPOSITO, M. E. B. (org.). Urbanização e cidades: perspectivas geográficas. Presidente Prudente: GAsPERR, 2001. p.609-643.

_______. Novos conteúdos nas periferias urbanas das cidades médias do Estado de São Paulo, Brasil. Investigaciones Geográficas, Boletín del Instituto de Geografia-UNAM, n. 54, p.114-139, 2004.

TOURINHO, H. L. Z. Estrutura urbana de cidades médias amazônicas: análise considerando a articulação das escalas interurbana e intraurbana. 2011. 576p. Tese (Doutorado em Desenvolvimento Urbano), Centro de Artes e Comunicação, Universidade Federal de Pernambuco, Recife.

TRINDADE JÚNIOR, S. C. Diferenciação territorial e urbanodiversidade: elementos para pensar uma agenda urbana em nível nacional. Cidades, vol. 1, n. 1, p. 227-255, 2010.

TRINDADE JR., S. C.; ROCHA, G. M. (org.). Cidade e empresa na Amazônia: gestão do território e desenvolvimento local. Belém: Paka-Tatu, 2002. 309p.

ULLMAN, E. L. Geography as spatial interaction. Seatle and London: University of Washington Press, 1980. 231p.

Downloads

Publicado

2021-08-31

Como Citar

Ribeiro, W. de O., & Miranda Neto, J. Q. de. (2021). Da Fronteira ao Entorno Metropolitano: particularidades de cidades médias amazônicas - Altamira e Castanhal no Estado do Pará. Geografia Ensino & Pesquisa, 25, e20. https://doi.org/10.5902/2236499443699

Edição

Seção

Produção do Espaço e Dinâmica Regional