Caracterização morfométrica das bacias hidrográficas inseridas no município de Rio Verde, Goiás, como ferramenta ao planejamento urbano e agrícola

Gilmar Oliveira Santos, Adryeny Arantes Silva, Alex Ricardo Caldeira Braz, Franciele Morlin Carneiro

Resumo


A caracterização morfométrica das bacias hidrográficas propicia a uma rápida avaliação dos mananciais e seus respectivos potenciais de degradação. Assim, com este trabalho objetivou-se fazer a caracterização morfométrica das bacias inseridas no município de Rio Verde, Goiás, como ferramenta ao planejamento e urbano e agrícola. Foram analisadas nove bacias hidrográficas dentro do município de Rio Verde. As bacias com maior potencial a grandes enchentes foram as que possuem forma circular sendo a maior parte destas ocupadas por áreas agricultáveis, o que pode comprometer a economia local. As variáveis morfométricas servirão para planejamentos futuros e gestão ambiental regional, assim como para a previsão de enchentes em áreas urbanas e agrícolas.


Palavras-chave


Caracterização fisiográfica, Planejamento hídrico, Gestão dos recursos hídricos

Texto completo:

PDF

Referências


ACQUA, Nelson Henrique Dall”; SILVA, Gilson Pereira da; BENITES. Vinícius de Melo; ASSIS. Renato L. de; SIMON, Gustavo André. Métodos de amostragem de solos em áreas sob plantio direto no sudoeste goiano, Campina Grande, PB. Revista Brasileira de Engenharia Agrícola e Ambiental, v.17, n.2, p.117-122, 2013. Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?pid=S1415-43662013000200001&script=sci_abstract&tlng=pt.

ALMEIDA, Rejane Freitas Benevides; BAYER, Maximiliano; FERREIRA JÚNIOR, Laerte Guimarães. Compartimentação morfométrica da bacia do rio Coco como subsídio a análise de fragilidade ambiental. Mercator, v.15, n.4, p.83-94, 2016. Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?pid=S1984-22012016000400083&script=sci_abstract&tlng=pt.

ANDRADE, Nara Luisa Reis de; XAVIER, Fernanda Vieira; ALVES, Édina Cristina Rodriguês de Freitas; SILVEIRA, Alexandre; OLIVEIRA, Carlos Ueslei Rodriguês de. Caracterização morfométrica e pluviométrica da bacia do rio Manso-MT. Geociências, v.27, n.2, p.237-248, 2008. Disponível em: http://www.ppegeo.igc.usp.br/index.php/GEOSP/article/view/7059.

ANTONIAZZI, Laura Barcellos. Agricultura como provedora de serviços ambientais para proteção de bacias hidrográficas. In: Revista Tecnologia & Inovação Agropecuária, v.1, n.1, p.52-73, 2008. Disponível em: http://www.dge.apta.sp.gov.br/publicacoes/T&IA/T&IAv1n1/Revista_Apta_Artigo_111.pdf.

BARRELLA, Walter; PETRERE JÚNIOR. Miguel; SMITH, Welber Senteio; MONTAG, Luciano Fogaça de Assis. As relações entre as matas ciliares, os rios e os peixes. In: RODRIGUES, Ricardo Ribeiro; LEITÃO FILHO, Hermógenes de Freitas. Matas ciliares: conservação e recuperação 2.ed. São Paulo: EDUSP, p.187-207, 2001.

BELTRAME, Angela da Veiga. Diagnostico do meio ambiente físico de bacias hidrográficas: modelo de aplicação. Florianópolis: UFSC, p.112, 1994.

BORSATO, Fabiano Hugo. Caracterização física das bacias de drenagem do município de Maringá e os postos de combustíveis como potenciais poluidores. Dissertação (Mestrado em Geografia). Universidade Estadual de Maringá. Maringá – PR. 2005. Disponível em: http://www.educadores.diaadia.pr.gov.br/arquivos/File/2010/artigos_teses/teses_geografia2008/dissertacaouemfabianohugoborsato.pdf.

CARDOSO, Christiany Araújo; DIAS, Herly Carlos Teixeira; SOARES, Carlos Pedro Boechat; MARTINS, Sebastião Venâncio. Caracterização morfométrica da bacia hidrográfica do rio Debossan, Nova Friburgo, RJ. Revista Árvore, v.30, n.2, p.241-248, 2006. Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-67622006000200011.

CARVALHO, Welligton Marçal de; VIEIRA, Edson de Oliveira; ROCHA, Jussara Machado Jardim; PEREIRA. Alan Kênio dos Santos; CARMO, Tiago Vinícius Batista do. Caracterização fisiográfica da bacia hidrográfica do córrego do Malheiro, no município de Sabará – MG. Revista Irriga, v.14, n.3, p.398-412, 2009. Disponível em: http://pesca.iff.edu.br/pesquisa/gestao-dos-recursos-hidricos-2012_especializacao-em-educacao-ambiental/artigos/Artigo%20Indices%20Fisiograficos%205.pdf.

CHRISTOFOLETTI, Antonio. Análise morfométrica de bacias hidrográficas. Rev. Geomorfologia, v.18, n.9, p.35-64, 1969.

CHRISTOFOLETTI, Antonio. Geomorfologia. São Paulo: Edgard Blucher, 1974.

COMITÊ DE BACIAS HIDROGRÁFICAS DO RIO PARANAÍBA (CBH PARANAÍBA). Municípios da Bacia. Disponível em: http://www.cbhparanaiba.org.br/. Acesso em 24 ago. 2016.

ELESBON, Abrahão Alexandre Aalden; GUEDES, Hugo Alexandre Soares; SILVA, Demetrius David da ; OLIVEIRA, Iara de Castro e. Uso de dados SRTM e plataforma SIG na caracterização morfométrica da bacia hidrográfica do Braço Norte do Rio São Mateus – Brasil. REM: Revista Escola de Minas, v.64, n.3, p.281-288, 2011. Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0370-44672011000300005.

GALVÍNCIO, Josicleda Domiciano; SOUSA, Francisco de Assis Salviano de. Uso do modelo TOPAZ para a caracterização fisiográfica da bacia hidrográfica do açude Epitácio Pessoa. Revista Brasileira de Recursos Hídricos, v.9, n.3, p.69-75, 2004. Disponível em: https://www.abrh.org.br/SGCv3/index.php?PUB=1&ID=30&SUMARIO=1513.

GUERRA, Antonio José Teixeira; CUNHA, Sandra Baptista da. Degradação ambiental. In: CUNHA, S. B. Geomorfologia e meio ambiente. Rio de Janeiro: Bertrand Brasil. p. 337-379, 1996.

HORTON, Robert Elmer. Erosional development of streams and their drainage basins: Hydrophysical approach to quantitative morphology. Geol. Soc America Bulletin, v.3, n.56, 1945. Disponível em: http://www.geos.ed.ac.uk/homes/s0451705/horton_1945.pdf.

INSTITUTO BRASILEIRO DE GEOGRAFIA E ESTATÍSTICA (IBGE). Censo demográfico 2010. Disponível em:http://www.ibge.gov.br. Acesso em: 17 ago. 2016.

INSTITUTO NACIONAL DE METEOROLOGIA (INMET). 2015. Dados climáticos da Estação de Rio Verde: serie histórica de 1961 a 2015. Banco de dados do Instituto Nacional de Meteorologia. Disponível em: http://www.inmet.gov.br/ Acesso em: 24 ago. 2016.

LANA, Cláudio Eduardo; ALVES, Júlia Maria de Paula; CASTRO, Paulo de Tarso Amorim. Análise morfométrica da bacia do Rio do Tanque, MG - Brasil. REM: Revista Escola de Minas, Ouro Preto, v.54, n.2, p.121-126, 2001. Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0370-44672001000200008.

LIMA, Walter de Paula. Princípios de manejo de bacias hidrográficas. Piracicaba: ESALQ. USP, 143p., 1976.

LIMA, Walter de Paula. Hidrologia florestal aplicada ao manejo de bacias hidrográficas. ESALQ/USP: Piracicaba, 2.ed., 245p., 2008.

MACHADO, Pedro José de Oliveira. Diagnostico Físico-Ambiental da Bacia Hidrográfica do Córrego São Pedro: um exercício acadêmico de gestão dos recursos hídricos. Ubá-MG Ed. Geographia, consultoria, estudos e projetos ambientais. 72p. 2010.

MIOTO, Camila Leonardo; RIBEIRO, Vinícius de Oliveira; SOUZA, Dulcélya Mônica de Queiroz; PEREIRA, Thiago Vieira; ANACHE, Jamil Alexandre Ayach; PARANHOS FILHO, Antonio Conceição. Morfometria de bacias hidrográficas através de SIGs livres e gratuitos. Anuário do Instituto de Geociências, v. 37, n.2, p.16-22, 2014. Disponível em: https://revistas.ufrj.br/index.php/aigeo/article/view/7819.

MOSCA, Andreia Arruda de Oliveira. Caracterização Hidrológica de Duas Microbacias Visando a Identificação de Indicadores Hidrológicos para o Monitoramento Ambiental do Manejo de Florestas Plantadas. Dissertação (Mestrado em Recursos Florestais). Escola Superior de Agricultura “Luiz de Queiroz”, Universidade de São Paulo. Piracicaba/SP. 88p., 2003.

PAIVA, João Batista Dias de; PAIVA, Eloiza Maria Cauduro Dias de. (Org.). Hidrologia aplicada à gestão de pequenas bacias hidrográficas. Porto Alegre: ABRH. 625p. 2001.

PINTO, Lilian Vilela Andrade. Caracterização física da sub-bacia do ribeirão Santa Cruz, Lavras-MG e propostas de recuperação de suas nascentes. Dissertação (Mestrado em Engenharia Florestal) – Universidade Federal de Lavras, Lavras, 2003.

PORTO, Rodrigo de Melo. Hidráulica básica. Universidade de São Paulo, São Paulo: 4ª edição, 1999.

ROCHA, Eloise; REYS, Paula Andrea Nascimento dos; SOARES, Michellia Pereira Florística e fitossociologia em um fragmento de cerrado no sudoeste de Goiás. Revista Global Science and Technology, v.7, n.3, p.110-118, 2014. Disponível em: http://rv.ifgoiano.edu.br/periodicos/index.php/gst/article/view/634.

SANTOS, Agenor Micaeli; TARGA, Marcelo Santos; BATISTA, Getúlio Teixeira; DIAS, Nelson Wellausen. Análise morfométrica das sub-bacias hidrográficas Perdizes e Fojo no município de Campos do Jordão, SP, Brasil. Ambi-Água, v.7, n.3, p.195-211, 2012. Disponível em: http://www.scielo.br/pdf/ambiagua/v7n3/v7n3a16.pdf.

SANTOS, Gilmar Oliveira; HERNANDEZ, Fernando Braz Tangerino. Uso do solo e monitoramento dos recursos hídricos no córrego do Ipê, Ilha Solteira, SP. Revista Brasileira de Engenharia Agrícola e Ambiental, v.17, n.1, p.60-68, 2013. Disponível em: http://www.scielo.br/pdf/rbeaa/v17n1/v17n01a09.pdf.

SILVA, Antonio Marciano da; MELLO, Carlos Rogério. Apostila de hidrologia. Universidade Federal de Lavras, 2008.

STRAHLER, Arthur Newell. Quantitative analysis of watershed geomorphology. Transactions of the American Geophysical Union, v.38, p.913-920, 1957.

STRAHLER, Arthur Newell. Quantitative geomorphology of drainage basins and channel networks. In: CHOW, Ven Te (Ed.). Handbook of applied Hidrology. New York: McGraw-Hill, p. 4.39-4.76, 1964.

TONELLO, Kelly Cristina. Análise hidroambiental da bacia hidrográfica da cachoeira das Pombas, Guanhães, MG. 2005. 69p. Tese (Doutorado em Ciências Florestal) – Universidade Federal de Viçosa, Viçosa, 2005.

TUCCI, Carlos Eduardo Morelli. Drenagem urbana e controle de inundação. São Paulo, Editora da Unisinos. 1999.

UMETSU, Ricardo Keichi; PEREIRA, Négila; CAMPOS, Erica Marcieli Furlan de Pedri de; UMETSU, Cristiane Akemi; MENDONÇA. Ricardo Abad Meireles de; BERNASCONI, Paula; CAMARGO, Mairo Fábio Análise morfométrica e socioambiental de uma bacia hidrográfica amazônica, Carlinda, MT. Revista Árvore, v.36, n.1, p.83-92, 2012. Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-67622012000100010.

UNIVERSIDADE FEDERAL DE GOIÁS - UFG. Avaliação de impactos ambientais - município de Rio Verde (GO). Relatório técnico parcial O: mapas temáticos de serviço e memoriais explicativos. Goiânia, 90p., 2009.

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA CATARINA (UFSC/NEA). Núcleo de Estudos da Água. Hidrologia da bacia do Itacorubi. Florianópolis, 2002.

VIEIRA, Édson de Oliveira. Águas superficiais e subterrâneas. Montes Claros: UFMG/NCA, 127p. 2006.

VILLELA, Swami Marcondes; MATTOS, Arthur. Hidrologia aplicada. São Paulo: McGraw-Hill do Brasil, p. 245, 1975.




DOI: http://dx.doi.org/10.5902/2236499426572

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Indexações e Bases Bibliográficas