O PROCESSO DE FORMAÇÃO SOCIAL DO ESPAÇO DE FRONTEIRA DO OESTE-SUDOESTE PARANAENSE

Edson dos Santos Dias

Resumo


Analisaremos a formação socioespacial do Oeste-Sudoeste paranaense a partir das implicações ligadas aos conflitos agrários, às estratégias das companhias privadas de colonização e à ação do Estado, que imprimiram especificidades na formação do território, destacando-se a superexploração do homem e da natureza. Para isso, foi fundamental compreender o contexto histórico que conferiu as bases de interpretação de certo arranjo espacial socialmente constituído. Referencial importante para a nossa análise foi a leitura de obras de José de Souza Martins e a sua identificação e distinção entre frentes pioneiras e frentes de expansão.

 

Palavras-chave: formação socioespacial, conflito, espaço de fronteira.

 

DOI: 10.5902/2236499414908

 


Texto completo:

PDF ()

Referências


ABRAMOVAY, Ricardo. Transformações na vida camponesa: O Sudoeste Paranaense. 1981. Dissertação de Mestrado, Universidade de São Paulo.

BANDEIRA, Monis. Cartéis e Desnacionalização. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 1979.

BALHANA, Altiva P.; MACHADO, Brasil P.; WESTPHALEN, Cecília M. História do Paraná. Curitiba: GRAFIPAR, vol. 1, 1969.

BRITO, José Maria de. Descoberta de Foz do Iguassú e fundação da Colônia Militar. (1938). Boletim do Instituto Histórico, Geográfico e Etnográfico Paranaense. Curitiba, v. XXXII, p.49-72, 1977.

CABANAS, João. A Coluna da Morte. Rio de Janeiro: Editora Almeida e Torres, 1926.

CARDOSO, Jayme A.; WESTPHALEN, Cecília M. Atlas Histórico do Paraná. Curitiba: Livraria do Chain, 1986.

COLNAGHI, Maria C. O processo político de ocupação do Sudoeste. In: PAZ, Francisco (org.). Cenários de economia e política: Paraná. Curitiba: Prephacio, 1991.

------- . Obrages & Companhias Colonizadoras: Santa Helena na história do oeste paranaense até 1960. Santa Helena (PR): Prefeitura Municipal, 1988.

CORRÊA, Roberto Lobato. O Sudoeste paranaense antes da colonização. Revista Brasileira de Geografia. Rio de Janeiro: FIBGE, Ano 32, nº 1, p.87-98, 1970.

------- . O Sudoeste paranaense antes da colonização. In: CORRÊA, Roberto Lobato. Trajetórias geográficas. Rio de Janeiro: Bertrand Brasil, 1997. p. 237-260.

DIAS, Edson dos Santos; PIMENTA, Margareth de Castro Afeche. A ação de uma companhia privada de colonização no processo de ocupação do Norte paranaense. Tempos Históricos. Cascavel: EDUNIOESTE, v. 4, nº 1, p. 111-136, 2002.

FAUSTO, Boris. A revolução de 1930: historiografia e história. São Paulo: Companhia das Letras, 1997.

FERES, João Bosco. Propriedade da terra: opressão e miséria – o meio rural na história social do Brasil. Amsterdam : Latin América Studies., nº 56, s/d.

GOMES, Iria Z. 1957 – a revolta dos posseiros. Curitiba: Criar Edições, 1987.

HAHN, Fábio André; MEZZOMO, Frank Antonio. Nas Malhas do Poder. História cultura e espaço social.Campo Mourão: Editora Fecilcam, 2011.

IOKOI, Zilda G. Entrevista concedida ao Conselho Editorial da Revista Tempos Históricos/Unioeste. Tempos Históricos. M.C.Rondon, v.03, nº 1, p. 9-30, ago. 2001.

IPARDES – Instituto Paranaense de Desenvolvimento Econômico e Social. Indicadores e Mapas Temáticos para o Planejamento Urbano e Regional – Paraná. Curitiba: IPARDES, 2003b. CD-ROM.

LAZIER, Hermógenes. Análise histórica da posse de terra no Sudoeste paranaense. Francisco Beltrão (PR): GRAFIT, 1998.

LOPES, Sérgio. O Território do Iguaçu no contexto da “Marcha para Oeste”. Cascavel: EDUNIOESTE, 2002.

MARTINS, José de Souza. Fronteira: a degradação do Outro nos confins do humano. São Paulo: Contexto, 2009.

MARTINS, José de Souza. Capitalismo e tradicionalismo: estudo sobre as contradições da sociedade agrária no Brasil. São Paulo: Pioneira, 1976.

MORAIS, João Quartim de. A esquerda militar no Brasil. São Paulo: Expressão Popular, 2005.

NICHOLLS, Willian H. A fronteira agrícola na história recente do Brasil:o Estado do Paraná, 1920-65. Revista Paranaense de Desenvolvimento. Curitiba, nº 26, p. 19-53. 1971.

PADIS, Pedro Calil. Formação de uma economia periférica: o caso do Paraná. São Paulo: HUCITEC; Curitiba: Secret. da Cultura e do Esporte do Governo do Estado do Paraná, 1981.

PIERUCCINI, Mariângela A.; TSCHÁ, Olga da C.P.; IWAKE, Shiguero. Criação dos municípios e processos emancipatórios. In: PERIS, Alfredo F. (org.) Estratégias de desenvolvimento regional: Região Oeste do Paraná. Cascavel: EDUNIOESTE, 2003.

PRESTES, Anita L. Os militares e a reação republicana. Petrópolis, RJ: Vozes, 1993.

SAATKAMP, Venilda. Desafios, lutas e conquistas: história de Marechal Cândido Rondon. Cascavel: ASSOESTE, 1984.

SANTOS, Milton. Espaço e sociedade: ensaios. Petrópolis: Vozes, 1979.

SANTOS, Milton; SILVEIRA, Maria Laura. O Brasil: território e sociedade no início do século XXI. Rio de Janeiro: Record, 2001.

SODRÉ, Nelson W. A Coluna Prestes. São Paulo: Círculo do Livro, [198?].

WACHOWICZ, Ruy C. História do Paraná. Curitiba: Editora Vicentina, 1988.

------- . Paraná, Sudoeste: ocupação e colonização. Curitiba: Editora Vicentina, 1987(a).

------- . Obrageros, mensus e colonos: História do oeste paranaense. Curitiba: Editora Vicentina, 1987(b).

WESTPHALEN, Cecília M.; MACHADO, Brasil P.; BALHANA, Altiva P. Nota prévia ao estudo da ocupação da terra no Paraná moderno. Boletim da Universidade Federal do Paraná. Curitiba, Departamento de História, nº 7, p.1-52, 1968.




DOI: http://dx.doi.org/10.5902/2236499414908

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Indexações e Bases Bibliográficas