Avaliação do crescimento de canafístula em diferentes densidades de mudas por bandeja e volumes de tubetes

Marília Dutra Massad, Tiago Reis Dutra, Ivan Edson da Silva Meireles, Mateus Felipe Quintino Sarmento, Aline Ramalho dos Santos, Eduarda Soares Menezes

Resumo


Objetivou-se avaliar a influência no crescimento da canafístula em viveiro, considerando diferentes densidades de mudas em bandeja e volume de tubete. O experimento foi conduzido no delineamento de blocos ao acaso, com três blocos, em esquema fatorial (5 x 2), sendo avaliados cinco densidades de mudas na bandeja (54, 36, 27, 18 e 9 mudas) e dois volumes de tubetes (180 cm³ e 280 cm³), sendo que a unidade experimental foi constituída pelas cinco mudas centrais. Foram avaliados aos 120 dias após a semeadura a Altura (H), o Diâmetro do Coleto (DC), a Massa Seca da Parte Aérea (MSPA), a Massa Seca de Raízes (MSR) e a Massa Seca Total (MST). Esses parâmetros foram transformados em índices de qualidade de mudas: H/DC, H/MSPA, MSPA/MSR, e no Índice de Qualidade de Dickson - IQD. As mudas de canafístula produzidas no tuebete de maior volume (280 cm3) apresentaram valores superiores para altura e relação H/DC, MSPA, MSR, MST e melhor relação MSPA/MSR e IQD. A maior densidade de mudas na bandeja proporcionou às plantas maior crescimento em altura e na relação H/DC e IQD, sendo recomendada a utilização de 100% da área útil da bandeja na produção de mudas da espécie florestal.


Palavras-chave


Peltophorum dubium Sprengel (Taubert); Produção de mudas; Qualidade de mudas.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5902/2316980X24661

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


__________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________

>>>
Ecologia e Nutrição Florestal/Ecology and Forest Nutrition
enflo@ufsm.br / Fone: (55) 3220-8641.

Creative Commons License

Ecologia e Nutrição Florestal/Ecology and Forest Nutrition by www.ufsm.br/enflo is licensed under a Creative Commons Attribution-NonCommercial 4.0 International License.

_____________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________

INDEXADORES:

AGRIS/CARIS, AGROBASE/BINAGRI, LATINDEX, REDE CARINIANA, DOAJ, EZB, PERIÓDICOS CAPES, TIB, CAB ABSTRACT.

_____________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________


DOI Geral: 10.5902/2316980X (os especificos estão nos RESUMOS - clique sobre o titulo do trabalho, no sumário) 

"Os trabalhos publicados na revista Ecologia e Nutrição Florestal/Ecology and Forest Nutrition são de responsabilidade dos seus autores e não representam, necessariamente, a opinião dos editores. A reprodução dos trabalhos é permitida, mediante citação da fonte."