LIMITES E POTENCIALIDADE DAS TECNOLOGIAS EDUCACIONAIS EM REDE NO CONTEXTO DA EDUCAÇÃO PARA A PARTICIPAÇÃO CIDADÃ

Andrewes Pozeczek Koltermann, Elena Maria Mallmann

Resumo


O atual contexto da sociedade permite notar que simples ferramentas digitais inverteram o eixo da participação na vida pública. Os cidadãos de hoje consomem e produzem informação. Mas, sobretudo, têm potencial de voz ativa, demandando, cobrando e construindo novas alternativas em prol do bem comum. Ocorre, contudo, que essa emergente e urgente participação cidadã requer atenção. E o presente trabalho cumpre esse propósito com um recorte do estudo “Nossa Santa Maria: um programa de educação para a participação (web)cidadã impulsionado pelas tecnologias educacionais em rede”, apresentado ao programa de pós-graduação em Tecnologias Educacionais em Rede, na Universidade Federal de Santa Maria, no ano letivo de 2016, de autoria do artífice deste, como requisito parcial na obtenção do título de Mestre. Perpassando pelas principais apreciações em torno da Webcidadania no contexto da Sociedade em Rede e breve apresentação do caso, este problematiza e analisa a (re)significação da participação cidadã abalizada no potencial das tecnologias educacionais em rede (TER), no cenário educacional. O trabalho não tem a pretensão de esgotar o tema, mas de suscitar o debate em torno da relevante representatividade do conceito para o campo de pesquisa e lança mão, enquanto percurso metodológico, de uma releitura do trabalho supramencionado.


Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5902/2316305425381

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




 

REDESG - Revista Direitos Emergentes na Sociedade Global

Vinculada ao Programa de Pós-Graduação em Direito da Universidade Federal de Santa Maria - www.ufsm.br/ppgd

 

ISSN 2316-3054      Digital Object Identifier (DOI): 10.5902/23163054

www.ufsm.br/redesg www.facebook.com/redesg

 

 

 

 

Indexações:


Início