UMA REFLEXÃO SOBRE OS ASPECTOS POSITIVOS E NEGATIVOS DA NOVA MODALIDADE DE LICITAÇÃO: PREGÃO ELETRÔNICO

Simone Maria Zago, Fernando do Nascimento Lock

Resumo


O Pregão Eletrônico, nova modalidade licitatória, foi criado para atender às necessidades da Administração Pública Federal em agilizar a forma de contratar com menos tempo e mais economia para os cofres públicos. A legislação pertinente foi, ao longo dos últimos anos, aperfeiçoando-se, no intuito de melhorar e tornar prioritária esta modalidade perante as já existentes, previstas pela Lei 8.666/93 e suas alterações. Conforme a bibliografia consultada, existem vantagens e desvantagens na aplicação do pregão eletrônico para a Administração Pública Federal. Mas é reconhecida a agilização no processo, uma maior transparência nos atos licitatórios e a economia dos gastos.


Palavras-chave


licitação, pregão eletrônico, administração pública, modalidade de licitação.

Texto completo:

PDF




 

Revista Sociais e Humanas (ISSN online 2317-1758)

Universidade Federal de Santa Maria | Centro de Ciências Sociais e Humanas

Santa Maria, Rio Grande do Sul, Brasil.

E-mail: revistaccsh@gmail.com | Telefone: (55) 32208522


Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 4.0 Internacional.