A UNIVERSIDADE FEDERAL INSERIDA NUM CONTEXTO GLOBALIZADO DE REFORMAS E INOVAÇÕES DO ESTADO CONTEMPORÂNEO

Vanderléial Leal Losekan, Jania Maria Lopes Saldanha

Resumo


Este artigo objetiva desvelar o atual estado de mudança das universidades federais brasileiras. Desta análise se equacionam a questão da natureza, da identidade frente às políticas econômicas, as tensões e desafios contemporâneos.Procura-se dimensionar e correlacionar as contribuições dos autores citados no estudo, na perspectiva de que é preciso entender o processo de mudança das universidades influenciado pela contemporaneidade. Busca-se também compreender o relacionamento entre estrutura organizacional, poder, e as reformas políticas, com foco na educação superior, no decorrer da década de 70 até os dias atuais. Usou-se como base de estudo da estrutura organizacional e o poder, a abordagem de configuração proposta por Henry Minstzberg. Com este estudo, pretende-se evidenciar questionamentos que permitam caminhar na busca de respostas para o momento atual das universidades federais. Entendimento também no campo administrativo, na valorização das funções e competências das universidades federais. Assim reafirma-se o compromisso com a melhoria da qualidade da universidade pública.

Palavras-chave


Reformas Políticas; Estrutura Organizacional; Poder; Universidade Federal.

Texto completo:

PDF




 

Revista Sociais e Humanas (ISSN online 2317-1758)

Universidade Federal de Santa Maria | Centro de Ciências Sociais e Humanas

Santa Maria, Rio Grande do Sul, Brasil.

E-mail: revistaccsh@gmail.com | Telefone: (55) 32208522


Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 4.0 Internacional.