A utilização de práticas complementares por enfermeiros do Rio Grande do Sul

Laura Ferraz dos Santos, Ana Zoé Schilling da Cunha

Resumo


Tendo em vista que a utilização de práticas complementares na Enfermagem ainda é pouco discutida, esse trabalho objetivou investigar quem são atualmente os enfermeiros do Rio Grande do Sul, especializados em alguma terapia integrativa e quais são as utilizadas por eles em suas práticas profissionais e/ou pessoais. Estudo exploratório descritivo de caráter qualitativo realizado com cinco enfermeiros registrados no Conselho Regional de Enfermagem – COREN/RS e com algum envolvimento junto a Associação Brasileira de Terapias Naturais em Enfermagem – ABRATEN. A análise dos questionários, respondidos pelos sujeitos da pesquisa, demonstraram uma variedade de modalidades de práticas que são possibilidades de cuidados utilizados pela Enfermagem junto à equipe, aos pacientes e à comunidade. A falta de disciplinas que abordem essa área nos currículos dos cursos de Enfermagem e a divulgação dessas experiências positivas foram relatadas por esses profissionais que hoje se empenham no estudo das práticas complementares.

Palavras-chave


Terapias complementares; Enfermagem holística; Especialidades de Enfermagem

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.5902/217976923047



Licença Creative Commons
Este site está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 4.0 Internacional.