Administração de medicamentos: erros cometidos por profissionais de enfermagem e condutas adotadas

Marcus Vinicius da Rocha Santos da Silva, Francidalma Soares Sousa Carvalho Filha, Tairo Barros Branco, Jessielly Taís Ferreira Guimarães, Najra Danny Pereira Lima, Anne Karollyne Castro Alves

Resumo


Objetivo: analisar condutas que devem ser adotadas por profissionais de enfermagem e gestores para que a ocorrência de erros na administração de medicamentos diminua e identificar erros cometidos por profissionais de enfermagem em relação à administração medicamentosa. Método: estudo quantitativo, exploratório descritivo, realizado com 162 profissionais de enfermagem atuantes em um hospital de um município do Maranhão, Brasil. Os dados foram coletados entre março e maio de 2015, analisados por estatística descritiva e utilizou-se o teste do Qui-quadrado para analisar a associação entre variáveis. Resultados: o treinamento e a capacitação foram considerados por 84% dos trabalhadores como condutas prioritárias a serem adotadas por parte da gestão para que a ocorrência de erros diminua. Constatou-se que 19,6% dos profissionais já erraram, sendo que medicamento incorreto e diluição inadequada foram as falhas mais citadas. Conclusão: o conhecimento sobre fatores causais de erros na administração medicamentosa é imprescindível para que sejam elaboradas medidas preventivas.

Palavras-chave


Erros de medicação; Conhecimento; Segurança do paciente; Enfermagem

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.5902/2179769225686



Licença Creative Commons
Este site está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 4.0 Internacional.