Plano de parto: ferramenta para o empoderamento de mulheres durante a assistência de enfermagem

Adaiele Lucia Nogueira Vieira da Silva, Adriele Benites das Neves, Aniandra Karol Gonçalves Sgarbi, Rosely Almeida Souza

Resumo


Objetivo: refletir sobre a importância do plano de parto na assistência de enfermagem, visando à autonomia da mulher. Método: trata-se de um texto reflexivo sobre o uso do Plano de Parto durante a assistência de enfermagem e o empoderamento da mulher. Resultados: enquanto ferramenta, o plano de parto centraliza o direito à informação e à decisão na mulher, tornando-a protagonista de seu próprio parto. Assim, garante-se o respeito ao princípio bioético de autonomia e às decisões da mulher,contribuindo para seu empoderamento no processo de gerar e parir. Considerações finais: evidencia-se, nesse estudo, a importância do uso do plano de parto pela enfermagem como instrumento de empoderamento da mulher. Ele é uma ferramenta que deve ser utilizada, visando à garantia de uma assistência de enfermagem humanizada, de qualidade e isenta de danos à mulher.


Palavras-chave


Gravidez; Parto humanizado; Enfermagem obstétrica; Cuidados de enfermagem

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.5902/2179769222531



Licença Creative Commons
Este site está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 4.0 Internacional.