Riscos para complicações cardiovasculares em portadores de diabetes mellitus

Jéssika Taciane Nogueira Kreuzberg, Antonio Marcos Moreira Aguilar, Monia Maia Lima

Resumo


Objetivo: estratificar o risco para complicações cardiovasculares em pacientes diabéticos cadastrados em uma Estratégia de Saúde da Família do município de Primavera do Leste/Mato Grosso. Método: Pesquisa descritiva de abordagem quantitativa, de campo e de análise secundária, realizado com pacientes diabéticos cadastrados no Programa HIPERDIA. Resultados: participaram 52 pacientes, com predomínio do sexo feminino, faixa etária entre 50 e 60 anos, escolaridade inferior a sete anos de estudo. Dentre os participantes, 48 pacientes apresentava diabetes tipo II (92,3%), 45 (86,5%) faziam uso de hipoglicemiante oral e 38 (73%) apresentava hipertensão arterial sistêmica associada. Ambos os sexos mantinham uma dieta inadequada. Quanto à percepção do tratamento, todos consideravam importante o controle da patologia. O sexo masculino apresentou alto risco para doença cardiovascular e as mulheres, em sua maioria, risco intermediário. Conclusão: reeducação alimentar e educação em saúde são importantes no controle da doença e redução de possíveis complicações.


Palavras-chave


Diabetes mellitus; Complicações do diabetes; Hábitos alimentares; Educação em saúde; Enfermagem

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.5902/2179769217724



Licença Creative Commons
Este site está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 4.0 Internacional.