Assistência de enfermagem ao recém-nascido pré-termo frente às possíveis intercorrências

Vagner Ferreira do Nascimento, Rômulo Cezar Ribeiro da Silva

Resumo


Objetivo: conhecer a assistência de enfermagem oferecida a recém-nascidos pré-termo frente às possíveis intercorrências. Método: estudo qualitativo, com profissionais de enfermagem em Unidades de Terapia Intensiva Neonatal, no período de fevereiro a março de 2010. Foi utilizado questionário semi-estruturado, com perguntas abertas e fechadas sobre atividades e conhecimentos básicos do cotidiano desses profissionais, analisando os dados por meio da análise de conteúdo. Resultados: As falas dos entrevistados revelaram a dificuldade em descrever corretamente os cuidados realizados diariamente no ambiente intensivo e a fragilidade na assistência prestada, mesmo reconhecendo a importância do conhecimento científico para a prática assistencial. Considerações Finais: há necessidade de implementar programas de educação permanente junto a essa equipe, compreendendo que os profissionais atuantes em unidades de neonatologia, como em outras unidades especializadas, assistem uma clientela com características muito peculiares, o que exige habilidades e conhecimentos específicos.


Palavras-chave


ECuidados de enfermagem; Enfermagem pediátrica; Criança; Prematuro; Fatores de risco

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.5902/2179769210252



Licença Creative Commons
Este site está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 4.0 Internacional.