PRIMEIRO DICIONÁRIO CRÍTICO DE SERVIÇO SOCIAL BRASILEIRO: UM PROCESSO CIENTÍFICO REVOLUCIONÁRIO USANDO TICS

Sarita Teresinha Alves Amaro

Abstract


http://dx.doi.org/10.5902/223611708203

A comunidade do Serviço Social no Brasil cresce exponencialmente. Atualmente são mais de 100.000 assistentes sociais (portadores do título de bacharel em Serviço Social e com registro profissional ativo no pais) e mais de 800.000 estudantes de cursos de graduação e pós-graduação em Serviço Social. O projeto se dirige a essa comunidade.  Em sua proposta, dedicou-se ao estudo e análise crítica do Serviço Social acerca de sua base fundante. Nessa perspectiva, trilhou o itinerário das origens à especificidade da profissão, convidando à reflexão sobre os componentes teórico-metodológicos, ético-políticos e técnico-operativos aludidos na história de profissionalização e legitimação do Serviço Social no Brasil. Esses componentes foram organizados através de 55 categorias temáticas, submetidas ao tratamento reflexivo-crítico dos participantes no projeto. A metodologia parte de um concurso cientifico, seguido de um rigoroso processo de análise realizado por consultores convidados, que resultará no livro “Dicionário Crítico de Serviço Social”. Em todas as fases, a plataforma virtual do projeto, é ferramenta central e facilitadora, ensejando a construção conceitual, a experiência coletiva e colaborativa proposta e, especialmente, superando distâncias geográficas (as quais direta ou indiretamente acabam reforçando desigualdades regionais e a centralização de saberes). O projeto intenciona compor rompimentos com os lugares de saber e poder instituídos, portanto. O uso de tecnologia de informação e comunicação como metodologia, faz parte do olhar inovador e contemporâneo que marca o projeto. Complementarmente, também se inova ao convidar à construção da obra dicionário crítico, estudantes e profissionais de serviço social, do âmbito do trabalho e da academia, aposentados ou ativos em sua atividade ocupacional, nas múltiplas atuações e representações no terreno da profissão. É para partilhar essa experiência e significá-la que apresentamos esse artigo.


Keywords


Serviço Social, Fundamentos, Conceituação, Conhecimento Científico, Tecnologias de Informação e Comunicação.

References


AMARO, SARITA. 70 anos de Serviço Social no Brasil: tempo de reconhecimento do trabalho profissional. Curitiba: Appris, 2013.

AMARO, SARITA (org). Dicionário Crítico de Serviço Social. Curitiba: Appris, 2013 (no prelo).

BARDIN, LAURENCE. Análise de conteúdo. Lisboa: Edições 70, 1979.

BACHELARD, GASTON. O novo espírito científico. Lisboa: Edições 70, 1986.

FOUCAULT, MICHEL. A ordem do discurso. Sâo Paulo: Loyola, 8ª ed. 2002.

FOUCAULT, MICHEL. A arqueologia do saber.Rio de Janeiro:

Forense-Universitária, 1987.

FOUCAULT, MICHEL. Microfísica do poder. 10ª ed. Rio de

Janeiro: Graal, 1992a

FOUCAULT, MICHEL.Genealogia del racismo. Madrid: La Piqueta,

b.

FREIRE-MAIA, NEWTON. O que é ciência. In: Mattos, Fernando. Plano Real - o que é ciência. Cadernos do IFAN, Bragança Paulista: EDUSF, n. 16, 1997.

IAMAMOTO, MARILDA VILLELA. Renovação e conservadorismo no serviço social: ensaios críticos. São Paulo: Cortez, 1992.

IAMAMOTO, MARILDA VILLELA, O serviço social na contemporaneIdade: trabalho e formação profissional. 2. ed. São Paulo: Cortez, 1999.

KUHN, THOMAS. A estrutura das revoluções científicas. São Paulo: Perspectiva, 1978.

LEIMANN, EMILY VICTÓRIA; POZZOBON, ADRIANA; RIBEIRO, GRACIELA E AMARO, SARITA. Dicionário Crítico de Serviço Social: uma construção coletiva, dialética e colaborativa extraordinária. Resumo apresentado no Salão de Iniciação Cientifica da Pontifica Universidade Católica do Rio Grande do Sul (PUCRS). Porto Alegre-RS, 2012.

LEVY, PIERRE. Qu’est-ce que levirtuel. Paris: La Découverte,1995

LEVY, PIERRE. A inteligência coletiva: por uma antropologia do ciberespaço. 3. ed. São Paulo:

Loyola, 2000.

LEVY, PIERRE. A inteligência coletiva. São Paulo: Loyola, 1998

MINAYO, M. O desafio do conhecimento: pesquisa qualitativa em saúde. São Paulo: Hucitec, 2000. 7 ed.

MORIN, E.; KERN, A. B. Terra Pátria. Porto Alegre: Sulina, 1995.

MORIN, EDGAR. Ciência com consciência. Rio de Janeiro: Bertrand Brasil, 1998.

MORIN, EDGAR. Os sete saberes necessários à educação do futuro. São Paulo: Cortez; Brasília, DF: UNESCO,2001.

NETTO, JOSÉ P. O movimento de reconceituação – 40 anos depois. Serviço Social & Sociedade - Revista de Serviço Social, São Paulo, a. 26, n. 84, p. 05 – 20, nov. 2005.

PARENTE, ANDRÉ. O hipertextual. Revista Famecos, n. 10, jun, 1999.

SILVA, A. M.; RODRIGUES, M. A.; HOFFLING, F. B ; ALMEIDA, S. P. D.;SEGATTO, F.R ; AMARO, S.T.A. Serviço social e semiótica: um encontro possível. Trabalho apresentado no XVI Simposio de Ensino Pesquisa e Extensão - SEPE do Centro Universitário Franciscando (UNIFRA), Santa Maria-RS, 2012.

SIMÕES, DANIELA REFATTI; AMARO, SARITA; . DOS; ROSA, MAIARA REGINA; MARIANO, BARBARA; CARLOS, ANA CLÁUDIA. Dicionário critico de serviço social: construção de conceitos fundamentais ao serviço social contemporâneo. Uma experiência de pesquisa extraordinária. Trabalho apresentado na Jornada Acadêmica Integrada- JAI. Universidade Federal de Santa Maria (UFSM), Santa Maria-RS, 2012

TRIVIÑOS, AUGUSTO NIBALDO SILVA. Introdução à pesquisa em Ciências Sociais: a pesquisa qualitativa em educação. São Paulo: Atlas, 1987.

YAZBEK, MARIA C. & SILVA, MARIA O. S. e. Das origens à atualidade da profissão: a construção da Pós-Graduação em Serviço Social no Brasil. In: CARVALHO, D. B. B. de; SILVA, M. O. S. e (Org.) Serviço Social, Pós-Graduação e produção de conhecimento no Brasil. São Paulo: Cortez, 2005, p. 25 – 49.

WRIGHT, LISA. MeritsandLimitationsofDistributedLeadership: ExperiencesandUnderstandingsofSchoolPrincipals. CanadianJournalofEducationalAdministrationandPolicy, Issue #69, February 7, 2008.




DOI: https://doi.org/10.5902/223611708203



DEAR AUTHORS,

PLEASE, CHECK CAREFULLY BEFORE YOUR SUBMISSION:

- IF ALL AUTHORS "METADATA" (ORCID, LINK TO LATTES, SHORT BIOGRAPHY, AFFILIATION) WERE ADDED,

- THE CORRECT IDIOM YOUR SECTION,

- IF THE HIGHLIGHTS WERE ADDED,

- IF THE GRAPHIC ABSTRACTS WAS ADDED,

- IF THE REVIEWERS INDICATION WAS DONE,

- IF THE REFERENCES FORMAT ARE CORRECT(ABNT)

- IF THE RESOLUTION YOUR FIGURES (600 DPI) ARE SUITABLE

*******************************

PREZADOS AUTORES,

POR FAVOR, VERIFIQUE ATENTAMENTE ANTES DA SUBMISSÃO: 
- SE OS METADADOS (ORCID, LINK PRO LATTES, CURTA BIOGRAFIA E AFILIAÇÃO) DE "TODOS" OS AUTORES FORAM ADICIONADOS, 
- IDIOMA, 
- SE OS HIGHLIHTS FORAM ADICIONADOS, 
- SE O GRAPHICAL ABSTRACT FOI ADICIONADO, 
- SE A INDICAÇÃO DOS REVISORES FOI FEITA, 
- SE O FORMATO DAS REFERÊNCIAS ESTÁ ADEQUADO (ABNT) 
- SE A RESOLUÇÃO SUAS FIGURAS (600 DPI) ESTÁ ADEQUADA.

 

This work is licensed under a Creative Commons Attribution-NonCommercial-ShareAlike 4.0 International License.

 

**************************************************

WE ARE ON FACEBOOK! (You are our guest!)

 

Digital Object Identifier (DOI): 10.5902/22361170

Contact: reget.ufsm@gmail.com

...................................................................................


Accesses since 19/06/2012

...................................................................................

Sponsors: