LOGÍSTICA REVERSA DE LÂMPADAS FLUORESCENTES PÓS-CONSUMO ESTUDO DE CASO: SISTEMA DE ARMAZENAGEM EM UMA INSTITUIÇÃO DE ENSINO

William Cestari, Carlos Humberto Martins

Abstract


Lâmpadas fluorescentes são produtos de grande utilidade para a sociedade atual. Estão sendo utilizadas em grandes proporções. Classificadas como resíduos perigosos, devem ter seu destino pós-consumo de forma adequada. Este trabalho tem como objetivo explorar os conceitos de desenvolvimento sustentável, logística e logística reversa, assunto recente e discutido pela Política Nacional de Resíduos Sólidos – PNRS 12.305/2010.

O método da pesquisa foi a abordagem qualitativa, com a realização de pesquisa de campo na instituição de ensino Universidade Estadual de Maringá – UEM. Foi realizada entrevista com o encarregado de almoxarifado da instituição. Desta forma confirmou-se a hipótese de que a instituição não possui procedimentos adequados para implantação da logística reversa.


Keywords


Lâmpadas; Logística Reversa; Armazenagem; Sustentabilidade; PNRS

References


ABILUMI. Associação Brasileira de Importadores de Produtos de Iluminação. Eficiência Energética, 2007. Disponível em: .

ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE NORMAS TÉCNICAS. NBR 10007: solo e resíduos sólidos: amostragem de resíduos: procedimento. Rio de Janeiro, 1987.

BACILA, Danniele Miranda. Uso da logística reversa para apoiar a reciclagem de lâmpadas fluorescentes usadas: estudo comparativo entre Brasil e Alemanha. [manuscrito] / Danniele Miranda Bacila. – Curitiba, 2012.

BARBIERI, J. C. Gestão Ambiental Empresarial. Saraiva, 2010.

BALLOU, Ronald H. Logística empresarial: transporte, administração de materiais e distribuição física. 1 ed. São Paulo: Atlas, 2007.

BOWERSOX, Donald J. Logística Empresarial: O processo de Integração da cadeia de suprimentos. São Paulo: Atlas, 2009.

BRASIL, Y. M.; SIMOES, A.; ADISSI, P.; RODRIGUES, F. Análise do sistema logístico reverso de lâmpadas da iluminação pública do sul cearense. XXXI encontro nacional de engenharia de produção. ENEGEP. Out. 2011

BRASIL. Decreto nº 7.404, de 23 de dezembro de 2010. Regulamenta a Lei nº 12.305, de 2 de agosto, que institui a Política Nacional de Resíduos Sólidos, cria o Comitê Orientador para a implantação dos Sistemas de Logística Reversa, e dá outras providências. Diário Oficial da República Federativa do Brasil, Brasília, DF, 23 dez. 2010a.

BRASIL. Lei nº 12.305, de 2 agosto de 2010. Institui a Política Nacional de Resíduos Sólidos; altera a Lei nº 9605 de 12 de fevereiro de 1998; e dá outras providências. Diário Oficial da União, Brasil, Brasília, DF, 03 ago. 2010b.

COSTA, D. O. Estudo e Determinação das Características de Lâmpadas de Diferentes Tipos. 79 f. Dissertação (mestrado)-Universidade do Minho, Departamento de Eletrônica Industrial. Portugal, 2010.

DIAS, R. F.; Educação ambiental: princípios e práticas. 8ª. Ed. São Paulo. Gaia, 2006.

IEA. International Energy Agency. Light´s Labor´s Lost, Policies for Energy- efficient lighting, 2006. Disponível em: . Acesso em 20 out. 2011.

INTERNATIONAL COUNCIL FOR RESEARCH AND INNOVATION IN BUILDING AND CONSTRUCTION. Agenda 21 on sustainable construction. Rotterdam: CIB, 1999. (CIB Report Publication 237)

LACERDA, L. Logística Reversa – Uma Visão Sobre os Conceitos Básicos e as Práticas Operacionais. Revista TecnoLogistica. Curitiba. p. 46-50. 2002.

LEITE, Paulo Roberto. Logística Reversa: meio ambiente e competitividade. São Paulo: Pearson Prentice Hall, 2009.

MARTINS, PETRÔNIO G. Administração de materiais e recursos patrimoniais. 2. ed. – São Paulo: Saraiva, 2006.

O DIÁRIO do Norte do Paraná. Fundação da UEM.

Disponível em: http://www.odiario.com/historiademaringa/ Acesso em 11 marc. 2015

OSRAM. Catálogo Geral 2011/2012. Disponível em:

POLANCO, S.C. A Situação da destinação pós-consumo de lâmpadas de mercúrio no Brasil. 2007. 119f. Dissertação (Mestrado em Engenharia de Processo Químicos e Bioquímicos) – Escola de Engenharia Mauá do Centro Universitário do Instituo Mauá de Tecnologia, São Caetano do Sul, SP.

PORTER, M. E. "A Vantagem Competitiva das nações". Rio Janeiro, Campus, 1989

RAZZOLINI FILHO, E., BERTÉ, R. O Reverso da Logística e as Questões Ambientais no Brasil. 1 ed. Curitiba: Ibepex, 2009.

SANCHES, E. S. S. de. Logística reversa de pós-consumo do setor de lâmpadas Fluorescentes. In: V CONGRESSO NACIONAL DE

ENGENHARIA MECÂNICA, 18-22 ago. 2008, Salvador, Bahia, Brasil. Anais do CONEM, 2008.

TECHATO, K.; WATTS, D. J.; CHAIPRAPRAT, S. Life cycle analysis of retrofitting with high energy efficiency air-conditioner and fluorescent lamp in existing buildings. Energy Policy, Thailand, v. 37, p. 318-325, 2009.

WALKER, C.H.; HOPKIN, S.P.; SIBLY, R.M.; PEAKALL, D.B. Principles of Ecotoxicology. Bristol: Taylor & Francis, 1996.

ZANGL, S.; QUACK, D.; BROMMER, E. Lampen in Privathaushalten. Entwicklung der Vergabekriterien für ein klimaschutzbezogenes Umweltzeichen. Studie im Rahmen des Projekts „Top 100 – Umweltzeichen für klimarelevante Produkte“.

ZAVARIS, C. Documento de recomendações a serem implementadas pelos órgãos competentes em todo território nacional relativas as lâmpadas com mercúrio. Disponível em: Acesso em: 19 Nov 2011.




DOI: http://dx.doi.org/10.5902/2236117017725



This work is licensed under a Creative Commons Attribution-NonCommercial-ShareAlike 4.0 International License.

 

**************************************************

WE ARE ON FACEBOOK! (You are our guest!)

 

Digital Object Identifier (DOI): 10.5902/22361170

Contact: reget.ufsm@gmail.com

...................................................................................


Accesses since 19/06/2012

...................................................................................

Sponsors: