Wastewater, solid waste and environmental education: a discussion about the subject

Thiago Favarini Beltrame, Alex Favarini Beltrame, Andressa Rocha Lhamby, Victor Paulo Kloeckner Pires

Abstract


In this paper is realized a literature study on environmental education to verify the contribution of the same for the theme of solid waste and wastewater. It focused on the bibliography of various authors so that they could carry out an interaction between environmental education and concepts that concern the treatment of wastewater and solid waste. At the end of the placements was possible to perceive that environmental education can be an ally of organizations and citizens regarding the preservation of the environment.

Keywords


Environmental education; Effluents; Solid waste; Water resources

References


ABNT. ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE NORMAS TÉCNICAS. NBR 10.004/2004. Resíduos sólidos - Classificação. Rio de Janeiro: ABNT, 2004.

AMBIENTE BRASIL. Disponível em: www.ambientebrasil.com.br. Acesso em julho de 2014.

ANDRADE, J. B. L de.; SCHALCH. V. In XXV Congresso Interamericano de Ingeniería Sanitaria y Ambiental. Alternativas para o gerenciamento do lixo hospitalar no Brasil. México, 1996.

ARAÚJO, E. S.; VIANA, E. Diagnóstico dos resíduos gerados na escola de artes, ciências e humanidades (EACH) como instrumento para a elaboração de um plano de gestão na unidade. Rev. Elet. em Gestão, Educação e Tecnologia Ambiental. v(8), nº 8, p. 1805-1817, SET-DEZ, 2012.

BRASIL. Ministério do Meio Ambiente. Cidades sustentáveis: subsídios à elaboração da Agenda 21 brasileira. Brasília: MMA, 2000.

BRÜGGER, P. Educação ou adestramento ambiental. Florianópolis: Letras Contemporâneas, 1994.

CALDERONI, S. Os bilhões perdidos no lixo. São Paulo: Humanitas, 1997.

CARVALHO, I. C. de M. Educação Ambiental: a formação do sujeito ecológico. São Paulo: Cortez, 2004. 254 p.

CAVALCANTI, CLÓVIS (org.). Meio ambiente, desenvolvimento sustentável e políticas públicas. São Paulo: Editora Cortez, 2002.

CEMPRE – Compromisso empresarial para reciclagem. Disponível em: http://www.cempre.org.br/manuais.php. Acesso em 03 de maio de 2014.

CERVO, AMADO L., BERVIAN, PEDRO A., SILVA, ROBERTO DA. Metodologia científica. 6. Ed. São Paulo: Pearson Prentice Hall, 2007.

CUSSIOL, N. A. M. Manual de gerenciamento de resíduos de serviços de saúde / Fundação Estadual do Meio Ambiente. Belo Horizonte: FEAM, 2008. 88 p.

FARIAS, L.G.Q, GÓES, A.O.S. JÚNIOR, A.C.S. Gestão ambiental e tecnologias ambientais: Práticas e benefícios em uma indústria alimentícia no Sul da Bahia. RGSA – Revista de Gestão Social e Ambiental. V.4, Nº.1, p. 80-911, 2010.

FERNANDES, A. A.; FERNANDES, A. A. A degradação ambiental no município de condado-PB: uma discussão necessária. REBES (Pombal – PB – Brasil) v. 2, n.1, p. 22-26, 2012.

FORMAGGIA, D.M.E. Resíduos de serviço de saúde. In: Gerenciamento de resíduos de serviços de saúde. Material fornecido em curso ministrado pela CETESB, São Paulo, SP, 1994.

FOSTER, S. S. D. et al. Protección de la calidad del água subterránea. Guia para empresas de água, autoridades municipales y agencias ambientales. Edición en español. 2003. 115p.

GARBOSSA, LUIS HAMILTON POSPISSIL. Gestão de resíduos: sólidos, líquidos e atmosféricos. Universitário Leonardo da Vinci – Indaial: Drupo Uniasselvi, 2010.

GELSLEICHTER, M., SLONSKI, G. T. A educação ambiental nos cursos do Proela do Instito Federal de Santa Catarina Campus Florianópolis- Continente. Ambiente & Educação V. 17/ Nº 2 / 2012.

GIL, A. C. Como elaborar projetos de pesquisa. 5. Ed., São Paulo: Editora Atlas, 2010.

GIORDANO, G. Tratamento de Controle de Efluentes Industriais. 1999.

GOMES, ALESSANDRO. A gestão do sistema ambienta e a NBR ISO 14001. Revista Científica Eletrônica de Administração. nº 11. Garça 2006.

GONÇALVES, S. S.; HELIODORO, P. A. A contabilidade ambiental como um novo paradigma. Revista Universo Contábil, Blumenau, v. 1, n. 3, p. 84-96, set./dez. 2005

GRUN, M. Ética e educação ambiental: a conexão necessária. Campinas: Papirus, 1996.

HIGUCHI, M. I. G.; MAROTI, P. S. Espacialidades e socialidades da educação ambiental além dos muros da escola. Pesquisa em Educação Ambiental, vol. 9, n. 1 – págs. 95-109, 2014.

IRITANI, M. A., EZAKI, S. Cadernos de Educação Ambiental - As Águas Subterrâneas do Estado de São Paulo. Biblioteca digital florestal.

LEI FEDERAL 9.795. Educação ambiental. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/leis/l9795.htm.

LEMOS, JOSÉ DE JESUS SOUSA. Níveis de degradação no Nordeste Brasileiro. Fortaleza: Revista Econômica do Nordeste, v. 32, n. 3 p. 406-429, jul-set., 2001.

LEONARDI, M. L. A educação ambiental como um dos instrumentos de superação da insustentabilidade da sociedade atual. In: CAVALCANTI, C. (Org.). Meio ambiente, desenvolvimento sustentável e políticas públicas. São Paulo: Cortez, 1997.p. 391-408.

MANZANO, M. A.; DINIZ, R. E. da S. A temática ambiental nas séries iniciais do Ensino Fundamental: concepções reveladas no discurso de professoras sobre a sua prática. In: NARDI, R.; BASTOS, F.; DINIZ, R. E. da S. (Org.). Pesquisas em ensino de ciências.São Paulo: Escrituras Editora, 2004. p.153-170.

MARQUES, E. G.; LINK, D.; UBERTI, L. F.; NISHJIMA, T. Educação ambiental e a inclusão de tecnologia social para saneamento básico em propriedades de agricultores familiares. Remoa. v (10), nº 10, p.2101 – 2114, OUT-DEZ 2012.

MARTINS et al. Diagnóstico ambiental: uma pesquisa exploratória na região fronteira oeste do Rio Grande do Sul. Remoa, v(11), nº 11, p. 2389 – 2399, 2013.

MEDINA, N. M.; SANTOS, E. da C. Educação ambiental: uma metodologia participativa de formação. Petrópolis/RJ: Vozes, 2000.

MORAES, D. S. L.; JORDÃO, B. Q. Degradação de recursos hídricos e seus efeitos sobre a saúde humana. Rev. Saúde Pública. v. 36, n. 3, p. 370-4, 2002.

MOUSINHO, P. Glossário. In: Trigueiro, A. (Coord.) Meio ambiente no século 21. Rio de Janeiro: Sextante, 2003.

MOURA, L. A. A. Qualidade e Gestão Ambiental. 5. ed. São Paulo: Juarez de Oliveira, 2008.

MUSIELLO NETO, F. E. O impacto da cultura organizacional nas práticas de gestão ambiental: um estudo no Pólo Costa das Piscinas, litoral sul-paraibano. ENCONTRO NACIONAL DE

PROGRAMAS DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ADMINISTRAÇÃO, 28, 2004, Curitiba. Anais... Curitiba: EnANPAD, 2004.

NEVES, E.T. Curso de Hidráulica. Editora Globo, Porto Alegre, 4ª edição, 1974.

PENATTI, FABIO EDUARDO E SILVA, PAULO MARCOS. Coleta seletiva como processo de implantação de programas de educação ambiental e empresas: caso da bioagri laboratórios. I Simpósio de PósGraduação em Geografia do Estado de São Paulo. Rio Claro-SP, 2008.

PEREIRA, K.C. Produção de alimentos: desafio e perspectiva sistêmica. 2010. Artigo em Hypertextoem.Acesso em: 11/05/2014.

PERSICH, J. C.; SILVEIRA, D. D. Gerenciamento de resíduos sólidos - a importância da educação ambiental no processo de implantação da coleta seletiva de lixo – o caso de Ijuí/RS. Revista Eletrônica em Gestão, Educação e Tecnologia Ambiental. v(4), n°4, p. 416 - 426 , 2011.

PESQUISA NACIONAL DE SANEAMENTO BÁSICO. Disponível em: http://www.ibge.gov.br/home/estatistica/populacao/condicaodevida/pnsb/pnsb.pdf. Acesso em: 16 Abr. 2014.

PIVETTA, K. F. L.; SILVA FILHO, D. F. Arborização urbana. Boletim Acadêmico – Série Arborização Urbana. Jaboticabal: UNESP / FCAV / FUNEP, 2002, 69 p.

RAMOS, E. C. Educação Ambiental: origens e perspectivas. Educar em Revista. Curitiba: UFPR, n. 18, 2001.

ROCHA, M. B.; dos SANTOS, N. P.; NAVARRO, S. S. EDUCAÇÃO AMBIENTAL NA GESTÃO DE RESÍDUOS SÓLIDOS: concepções e práticas de estudantes do Curso Superior de Tecnologia em

Gestão Ambiental. Ambiente e Educação. Revista de Educação Ambiental. v. 17, n. 1. Rio Grande, 2012.

ROWLAND-JONES, R.; PRYDE, M.; CRESSER, M. (2005). An evaluation of current environmental management systems as indicators of environmental performance. Management of Environmental Quality: An Internetional Journal. v.16, n.3, p.211-219.

RUSCHEINSKY, ALOÍSIO. Sustentabilidade: uma paixão em movimento. Porto Alegre: Sulina, 2004.

SANTANA, A. C. Educação ambiental e as empresas: um caminho para a sustentabilidade. Revista Educação Ambiental, n.24, ano VII, jun. 2008.

SANTOS, H. M. N.; BORGES, A. A. da S.; CÂNDIDA, A. C.; FEHR, M. Educação ambiental e resíduos sólidos em Araguari/MG. Brasil. Revista da Católica, Uberlândia, v. 2, n. 3, p. 136-152, 2010.

SATO, M. Educação Ambiental. São Carlos, SP: [s.n.], 2004. Disponível em: . Acesso em: 04 jul. 2014.

SILVA, G. H. Sistema de alta eficiência para tratamento de esgoto residencial – estudo de caso na lagoa da conceição. Monografia. Programa de graduação em Engenharia Civil, Universidade Federal de Santa Catarina, Florianópolis, 2004.

SILVA, G.G., NAVAL, L. P, BERNARDO, L., DANTAS, A. B. Tratamento de água de reservatórios por dupla filtração, oxidação e adsorção em carvão ativado granular. Eng. Sanit. Ambient. | v.17 n.1 jan/mar 2012 | 71-80.

SILVA, I.P.; SOUSA, M. F.; JUNIOR, W. G. Educação e gestão ambiental versus o uso, exploração e ocupação do solo capixaba em áreas urbanas. Conhecimento em Destaque, Serra, ES, v. 02, n. 01, jan./jun. 2013.

SOARES, L. G.; SALGUEIRO, A. A.; GANIZEU, M. H. P. Educação ambiental aplicada aos resíduos sólidos na cidade de Olinda, Pernambuco – um estudo de caso. Revista Ciências & Tecnologia, ano1, nº 1, 2007.

SOUZA, G. S.; MACHADO, P. B.; REIS, V. R.; SANTOS, A. S.; DIAS, V. B. Educação ambiental como ferramenta para o manejo de resíduos sólidos no cotidiano escolar. Revbea, Rio Grande, V. 8, 118-130, 2013.

UNESCO. Disponível em: www.unesco.org/new/n/ndexic/. Acessado em 02 de maio de 2014.

TAKEDA, TATIANA. A preocupação com o meio ambiente nas últimas décadas. Disponível em: . Acesso em: 16 abril, 2014.

XAVIER, T. R.; DOS SANTOS, R. A.; FERREIRA, M. G.; WITTMANN, M. L.; SOUZA, R. A. R. Educação ambiental como mecanismo propulsor da qualidade de vida e preservação do meio ambiente: um mapeamento das práticas educativas ambientais em empresas no município de Ouro Preto/MG. Sinapse Múltipla, Betim, v. 1, n. 1, p. 15-30, jun. 2012.




DOI: https://doi.org/10.5902/2236117015827



DEAR AUTHORS,

PLEASE, CHECK CAREFULLY BEFORE YOUR SUBMISSION:

- IF ALL AUTHORS "METADATA" (ORCID, LINK TO LATTES, SHORT BIOGRAPHY, AFFILIATION) WERE ADDED,

- THE CORRECT IDIOM YOUR SECTION,

- IF THE HIGHLIGHTS WERE ADDED,

- IF THE GRAPHIC ABSTRACTS WAS ADDED,

- IF THE REVIEWERS INDICATION WAS DONE,

- IF THE REFERENCES FORMAT ARE CORRECT(ABNT)

- IF THE RESOLUTION YOUR FIGURES (600 DPI) ARE SUITABLE

*******************************

PREZADOS AUTORES,

POR FAVOR, VERIFIQUE ATENTAMENTE ANTES DA SUBMISSÃO: 
- SE OS METADADOS (ORCID, LINK PRO LATTES, CURTA BIOGRAFIA E AFILIAÇÃO) DE "TODOS" OS AUTORES FORAM ADICIONADOS, 
- IDIOMA, 
- SE OS HIGHLIHTS FORAM ADICIONADOS, 
- SE O GRAPHICAL ABSTRACT FOI ADICIONADO, 
- SE A INDICAÇÃO DOS REVISORES FOI FEITA, 
- SE O FORMATO DAS REFERÊNCIAS ESTÁ ADEQUADO (ABNT) 
- SE A RESOLUÇÃO SUAS FIGURAS (600 DPI) ESTÁ ADEQUADA.

 

This work is licensed under a Creative Commons Attribution-NonCommercial-ShareAlike 4.0 International License.

 

**************************************************

WE ARE ON FACEBOOK! (You are our guest!)

 

Digital Object Identifier (DOI): 10.5902/22361170

Contact: reget.ufsm@gmail.com

...................................................................................


Accesses since 19/06/2012

...................................................................................

Sponsors: