A COMPETITIVIDADE E O GRAU DE CONCENTRAÇÃO DAS EXPORTAÇÕES DO COMPLEXO SOJA DO BRASIL, DA ARGENTINA E DOS ESTADOS UNIDOS DA AMÉRICA NO PERÍODO 1995/2010

Guilherme da Silva Freitas, Angélica Massuquetti

Abstract


This paper analyzes the export competitiveness of soybean in Brazil, Argentina and the United States and the degree of concentration in the main export markets of these countries in the period 1995/2010, using both the index of Revealed Comparative Advantage (RCA) and Concentration ratio (CR). The results reveal, based on the CR3 , that Argentina and Brazil show an increase in the concentration ratio of even crushed soybeans and crude soybean oil, while the US in even crushed soybeans and fractionated soybean oil even. The RCA index shows advantages for all products/countries in both years, except the soy flour to Brazil and Argentina that had values below one. For the US the indexes were lower when compared to the other countries, although it remained as the main exporter of soy flour, fractionated soybean oil even and even crushed soybeans.

Keywords


Soybean complex; International trade; Competitiveness

References


AGÊNCIA BRASILEIRA DE PROMOÇÃO DE EXPORTAÇÕES E INVESTIMENTOS. APEX. Disponível em: . Acessado em: 14 ago. 2013.

AGRICULTURAL RESERCH SERVICE. ARS. Disponível em: . Acessado em: 4 jun. 2013.

ALBUQUERQUE; N. GUSTAVO et al. O Impacto da Desoneração do ICMS nas Exportações sobre a Arrecadação no Ceará. In:

ENCONTRO DA ASSOCIAÇÃO NACIONAL DE PÓS GRADUAÇÃO E PESQUISA EM ADMINISTRAÇÃO, XXXIV., Rio de Janeiro (RJ), 2010. Anais... ANPAD: Rio de Janeiro, 2010.

BALASSA, B. Trade Liberalization and “Revealed” Comparative Advantage. The Manchester School of Economic and Social Studies, v. 32, p. 99-123, 1965.

BANCO CENTRAL DO BRASIL. BACEN. Disponível em . Acessado em: 04 jun. 2013.

BARBOSA, Z. MARISA; NOGUEIRA Jr., SEBASTIÃO. (As)simetrias entre as Agroindústrias da Soja no Brasil e na Argentina. Revista de Economia Agrícola, São Paulo, v. 54, n. 1, p. 87-107, 2007.

BATALHA, O. MÁRCIO et al. (Orgs.). Agronegócio no Mercosul: Uma Agenda para o Desenvolvimento. São Paulo: Atlas, 2009.

BERTRAND, P. JEAN et al. Fatores Determinantes da Competitividade da dos Principais Países Exportadores do Complexo Soja no Mercado Internacional. Organizações Rurais & Agroindustriais, Lavras, vol. 14, n. 2, p. 227-242, 2012.

BOLSA DE COMÉRCIO DE ROSÁRIO. BCR. Disponível em: http://www.bcr.com.ar. Acessado em: 2 jun. 2013.

BRUM, A. L. A economia mundial da soja: impactos na cadeia produtiva da oleaginosa no Rio Grande do Sul 1970-2000. Ijuí: Ed. Unijuí, 2002.

CORONEL, DANIEL A. et al. A competitividade da produção de soja no mato grosso do sul e na região de Ponta Porã: uma abordagem através das vantagens comparativas. In: CONGRESSO DA

SOCIEDADE BRASILEIRA DE ECONOMIA, ADMINISTRAÇÃO E SOCIOLOGIA RURAL, XLV., Londrina (PR), 2007. Anais... Piracicaba: SOBER, 2007.

CORONEL, DANIEL A. et al. Análise da Competitividade das Exportações do Complexo Soja Brasileiro de 1995 a 2006: Uma Abordagem de Market-Share. Revista de Economia Contemporânea, Rio de Janeiro (RJ), v. 13, p. 281-307, 2009.

CORONEL, DANIEL A. et al. Vantagens comparativas reveladas e orientação regional das exportações do complexo soja brasileiro. In: CONGRESSO DA SOCIEDADE BRASILEIRA DE ECONOMIA, ADMINISTRAÇÃO E SOCIOLOGIA RURAL, XLVI., 2008., Rio Branco (AC). Anais... Piracicaba: SOBER, 2008.

CORONEL, DANIEL. A.; DESSIMON. Vantagens Comparativas Reveladas e Orientação Regional da soja brasileira em relação à China. In: CONGRESSO DA SOCIEDADE BRASILEIRA DE

ECONOMIA, ADMINISTRAÇÃO E SOCIOLOGIA RURAL, XLV., Londrina (PR), 2007. Anais... Piracicaba: SOBER, 2007.

DEBAR, JEAN-CHRISTOPHE. Les politiques de soutien à l’agriculture em Europe et aux États-Unis vues à travers lês chiffres. In: Europe/États-Unis: Regards croisés sur les politiques agricoles. Colloque de la Societé Française d’Economie Rurale, SFER, Paris (France), oct. 2002.

FARINA, ELIZABETH. Competitividade do Sistema Agroindustrial da Soja. São Paulo, nov. 1993.

FERRAZ, J. C. et al. Made in Brazil: desafios competitivos para a indústria. Rio de Janeiro: Campus, 1997.

FIGUEIREDO, A. M.; SANTOS, M. L. Evolução das Vantagens Comparativas do Brasil no Comércio Mundial da Soja. Revista de Política Agrícola, Brasília, n. 5, p. 9-16, 2005.

FOOD AND AGRICULTURE ORGANIZATION OF THE UNITED NATIONS. FAOSTAT. Disponível em: . Acessado em: 10 abr. 2013.

GIORDANO, S.R. Competitividade Regional e Globalização. Tese de Doutorado. Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas da Universidade de São Paulo, 1999.

HAGUENAUER, L. Competitividade: Conceitos e Medidas. Uma Resenha da Bibliografia Recente com ênfase no Caso Brasileiro. Rio de Janeiro: IEI / UFRJ, 1989. Texto para discussão n. 211.

ILHA, ADAYR DA SILVA; SOUZA, MAURÍCIO JORGE PINTO DE. Índices de vantagem comparativas reveladas e orientação regional para alguns produtos do agronegócio brasileiro no período de 1992 a 2002. In XLIII CONGRESSO BRASILEIRO DE ECONOMIA E SOCIOLOGIA RURAL, XLIII., 2005., Ribeirão Preto. Anais... Piracicaba: SOBER, 2005.

KOCH, J. V. Industrial Organization and Prices. 2 ed., New Jersey: Englewood Cliffs, 1980. 504p.

KUPFER, D. Padrões de Concorrência e Competitividade. Rio de Janeiro: IEI / UFRJ, 1993. Texto para discussão nº 265.

LAZZARINI, S. G.; NUNES, R. Competitividade do sistema agroindustrial da soja. Brasília: IPEA, 1998.

LOPES, M. MYGRE et al. Análise da Competitividade das Exportações Agrícolas Brasileiras para a China: Uma análise do Complexo Soja e Fumo. Revista Uniabeu, Rio de Janeiro, v.6, n. 13, p. 189-208, 2013.

MARTIN, S. Industrial Economics – Economic Analysis and Public Policy. 2nd ed. New Jersey: Prentice Hall, 1993.

MASSUQUETTI, Angélica et al. As relações comerciais agrícolas entre MERCOSUL e UE no período 2000-2010. In: CONGRESSO DA SOCIEDADE BRASILEIRO DE ECONOMIA, ADMINISTRAÇÃO E SOCIOLOGIA RURAL, 50., 2012. Vitória (ES). Anais... Piracicaba (SP): SOBER, 2012.

MINISTÉRIO DA AGRICULTURA, DA PECUÁRIA E DO ABASTECIMENTO. MAPA. Disponível em: . Acessado em: 10 ago. 2013.

MINISTERIO DE AGRICULTURA, GANADERÍA y PESCA. MAGYP. Disponível em: . Acessado em: 10 maio 2013.

MINISTÉRIO DO DESENVOLIMENTO INDÚSTRIA E COMERCIO EXTERIOR. MIDIC. Secretária de Comércio Exterior (SECEX). Disponível em: . Acesso em: 22 fev. 2013.

MORO, SUELI; LEMOS, MAURO BORGES. Competitividade Internacional das Exportações Estaduais e Brasileiras de Produtos do Complexo Soja. In: CONGRESSO BRASILEIRO DA SOCIEDADE BRASILEIRO DE ECONOMIA E SOCIOLOGIA RURAL, XXXVII., 1999, Foz do Iguaçu. Anais... Piracicaba: SOBER, 1999.

OLIVEIRA, I. T; CARNEIRO, F. L. BRICS: perfis tarifários em análise. Boletim de Economia e Política Internacional, Brasília, n. 6, p.7-18, abr./jun. 2011.

OXFORD COMMITTEE FOR FAMINE RELIEF. OXFAM. 2011. Disponível em: . Acessado em: 20 mar. 2013.

REIS, MAGNUS DOS; AZEVEDO, Z. F. ANDRÉ. O impacto da criação do Mercosul no fluxo de comércio bilateral: uma abordagem com o modelo gravitacional. In: ENCONTRO NACIONAL DE ECONOMIA, XXXVI., 2008., Salvador. Anais... Niterói (RJ): ANPEC, 2008.

RUDELL; D. A., PRIEB, R. P. As Exportações Brasileiras da Soja em Grão Para a China no Período de 1995 a 2005. In: CONGRESSO DA SOCIEDADE BRASILEIRA DE ECONOMIA, ADMINISTRAÇÃO E SOCIOLOGIA RURAL, XLVI., 2008., Rio Branco (AC). Anais... Piracicaba: SOBER, 2008.

SCHUMPETER, J. Capitalismo, socialismo e democracia. São Paulo. Zahar, 1994.

SECRETARÍA DE AGRICULTURA, GANADERÍA, PESCA y ALIMENTOS. SAGPyA. Disponível em: . Acessado em: 12 maio 2013.

SENNA, ANA JÚLIA TEIXEIRA; MELLO, EULALIE DE SOUZA. Análise do Comportamento dos preços dos produtos do complexo soja. In: CONGRESSO DA SOCIEDADE BRASILEIRA DE ECONOMIA, ADMINISTRAÇÃO E SOCIOLOGIA RURAL, XLVI., 2008., Rio Branco (AC). Anais... Piracicaba: SOBER, 2008.

SILVA, A. FERNANDA et al. Padrão da inserção brasileira no mercado internacional de grãos. Estudos do Cepe, Santa Cruz do Sul, n.31 p.73-96, 2010.

SILVA, C. A. B.; BATALHA, M. O. Competitividade em sistemas agroindustriais: metodologia e estudo de caso. In: WORKSHOP BRASILEIRO DE GESTÃO DE SISTEMAS ALIMENTARES, 2., 1999, Ribeirão Preto. Anais... Ribeirão Preto: PENSA/FEA/USP, 1999.

UNITED COMMODITY TRADE STATISTICS. UN CONTRADE. Disponível em: . Acessado em: 31 maio 2013.

UNITED NATIONS CONFERENCE ON TRADE AND DEVELOPMENT. UNCTAD. Disponível em: Acessado em: 12 mar. 2012.

UNITED STATES DEPARTMENT OF AGRICULTURE. USDA. Disponível em: . Acessado em: 20 jan. 2013.

VALARINI, JULIANA P.; KUWAHARA, MÔNICA Y. O Mercado da Soja: Evolução da Commodity Frente aos Mercados Internacional e Doméstico. Revista da Graduação em Administração, Ciências Contábeis e Ciências Econômicas, São Paulo, vol. 4, n. 6, jan.-jun., 2007.

VICENTE, JOSÉ R. Competitividade do Agronegócio Brasileiro, 1997-2003. Revista de Economia Agrícola, São Paulo (SP), v. 52, n. 1, p. 5-19, 2005.

WAQUIL, P. D. et al. Vantagens comparativas reveladas e orientação regional das exportações agrícolas brasileiras para a União Europeia. Revista de Economia e Agronegócio, Viçosa, MG, v. 2, n. 2, p. 137-160, 2004.




DOI: http://dx.doi.org/10.5902/2236117010602



DEAR AUTHORS,

PLEASE, CHECK CAREFULLY BEFORE YOUR SUBMISSION:

- IF ALL AUTHORS "METADATA" (ORCID, LINK TO LATTES, SHORT BIOGRAPHY, AFFILIATION) WERE ADDED,

- THE CORRECT IDIOM YOUR SECTION,

- IF THE HIGHLIGHTS WERE ADDED,

- IF THE GRAPHIC ABSTRACTS WAS ADDED,

- IF THE REVIEWERS INDICATION WAS DONE,

- IF THE REFERENCES FORMAT ARE CORRECT(ABNT)

- IF THE RESOLUTION YOUR FIGURES (600 DPI) ARE SUITABLE

*******************************

PREZADOS AUTORES,

POR FAVOR, VERIFIQUE ATENTAMENTE ANTES DA SUBMISSÃO: 
- SE OS METADADOS (ORCID, LINK PRO LATTES, CURTA BIOGRAFIA E AFILIAÇÃO) DE "TODOS" OS AUTORES FORAM ADICIONADOS, 
- IDIOMA, 
- SE OS HIGHLIHTS FORAM ADICIONADOS, 
- SE O GRAPHICAL ABSTRACT FOI ADICIONADO, 
- SE A INDICAÇÃO DOS REVISORES FOI FEITA, 
- SE O FORMATO DAS REFERÊNCIAS ESTÁ ADEQUADO (ABNT) 
- SE A RESOLUÇÃO SUAS FIGURAS (600 DPI) ESTÁ ADEQUADA.

 

This work is licensed under a Creative Commons Attribution-NonCommercial-ShareAlike 4.0 International License.

 

**************************************************

WE ARE ON FACEBOOK! (You are our guest!)

 

Digital Object Identifier (DOI): 10.5902/22361170

Contact: reget.ufsm@gmail.com

...................................................................................


Accesses since 19/06/2012

...................................................................................

Sponsors: