Atitudes empreendedoras dos participantes do programa estadual “Bom Negócio Paraná”, no município de Francisco Beltrão/PR

Elisane Bach, Gilberto Francisco Ceretta, Adilson Carlos Rocha

Resumo


O presente estudo tem por objetivo analisar a existência de diferenças nas atitudes dos empreendedores em relação aos setores econômicos nos quais estão inseridos os empreendimentos dos participantes do programa estadual “Bom Negócio Paraná”, do município de Francisco Beltrão/PR. O estudo foi realizado entre os meses de março e agosto de 2013. Para a coleta de dados, foi utilizado um modelo desenvolvido por Lopez Jr. (2005) denominado Instrumento de Medida de Atitude Empreendedora - Imae. O questionário aplicado utilizou-se de uma escala de mensuração do tipo Likert de 10 pontos com uma amostragem de 101 respondentes. O estudo desenvolveu-se por meio de uma abordagem quantitativa, na qual os dados receberam tratamento pela estatística descritiva. Em uma análise comparativa das dimensões, a realização apresentou maiores médias gerais de concordância, seguida pela inovação, poder e, por fim, planejamento. Comparando os setores indústria, comércio e serviços, verificaram-se diferenças tênues entre eles. Desse modo, a pesquisa propôs uma perspectiva diferente de análise em relação ao trabalho de Bosma e Schutjens (2007), que exploram as atitudes empreendedoras com diferenciações espaciais na Europa, analisando o atributo de setores econômicos como vetores de distinção.


Texto completo:

PDF PDF (English)


DOI: http://dx.doi.org/10.5902/1983465913606

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional.

Creative Commons License
This work is licensed under a Creative Commons Attribution-NonCommercial 4.0 International License.

  

Revista de Administração da UFSM. Brazilian Journal of Management

Universidade Federal de Santa Maria, Santa Maria, Rio Grande do Sul, Brasil, eISSN 1983-4659