ATIVISMO EM REDES SOCIAIS DIGITAIS: ANÁLISE DA REDE CERRADO E SUAS INTERFACES NA PROMOÇÃO DE POLÍTICAS PÚBLICAS SUSTENTÁVEIS

Ana Cláudia Farranha, Viviane Silva dos Santos

Resumo


 

Esse trabalho busca identificar em que medida a inserção no Facebook auxilia a Rede Cerrado de Sociobiodiversidade a propor, monitorar e avaliar projetos, programas e políticas públicas sustentáveis. Essa identificação se baseia no acompanhamento da rede social digital mencionada acima, e na aplicação de questionário a assessora de comunicação da Ong. Através da observação do Facebook e da aplicação do questionário essa pesquisa não conseguiu identificar maior interatividade entre o público usuário da rede social e a organização, pois não se nota diálogo aberto com o público. A Rede Cerrado utiliza os espaços basicamente para divulgação de informação. Porém, é importante destacar que essa rede está preocupada em pautar nesses espaços a questão socioambiental, pois toda essa divulgação concede visibilidade nas grandes mídias ampliando o debate e fortalecendo as lutas pela preservação ambiental e cultural do Cerrado.


Palavras-chave


Democracia; Internet; Redes Sociais Digitais.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5902/2316305415975

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




 

REDESG - Revista Direitos Emergentes na Sociedade Global

Vinculada ao Programa de Pós-Graduação em Direito da Universidade Federal de Santa Maria - www.ufsm.br/ppgd

 

ISSN 2316-3054      Digital Object Identifier (DOI): 10.5902/23163054

www.ufsm.br/redesg www.facebook.com/redesg

 

 

 

 

Indexações:


Início