INVESTIGAÇÃO DOS FATORES RELATIVOS À REINTERNAÇÃO DO JOVEM EM CONFLITO COM A LEI

Érico Douglas Vieira, Camila Fin, Silmara Silva Cardoso

Resumo


O presente trabalho é um relato de uma pesquisa qualitativa realizada com adolescentes em conflito com a lei. Foram entrevistados sete adolescentes que cumpriam medida socioeducativa de privação de liberdade. O objetivo era compreender os fatores envolvidos na reinternação a partir do ponto de vista dos próprios adolescentes. Nestes casos estudados, observou-se que a família não representa fator de risco, ao contrário da convivência com o grupo de amigos. O cumprimento da medida possui um caráter repressivo e punitivo ao invés do pretendido caráter educativo promulgado pelo ECA. Os adolescentes colocam o futuro sob duas óticas contrárias: ora como possibilidade de reinvenção da identidade longe dos atos infracionais, ora como ausência de perspectivas de renda e trabalhos dignos.


Palavras-chave


Adolescentes; Atos infracionais; Medida socieducativa

Texto completo:

PDF




 

Revista Sociais e Humanas (ISSN online 2317-1758)

Universidade Federal de Santa Maria | Centro de Ciências Sociais e Humanas

Santa Maria, Rio Grande do Sul, Brasil.

E-mail: revistaccsh@gmail.com | Telefone: (55) 32208522


Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 4.0 Internacional.