A POLÍTICA DE COLONIZAÇÃO DO IMPÉRIO E A FORMAÇÃO SÓCIOECONÔMICA DO VALE DO ITAJAÍ

Bruno Mandelli

Resumo


Este artigo pretende analisar a gênese do processo de industrialização no vale do Itajaí a partir do estudo da imigração alemã que se estabelece a partir da segunda metade do século XIX. Com a pesquisa baseada na bibliografia sobre o tema e também com a análise dos relatórios do presidente da província de Santa Catarina – entre 1860 e 1889 -, procurou-se analisar o discurso do estado para a política de colonização nessa região e como essa política estatal está vinculada ao referido processo.


Palavras-chave


Imigração alemã; Política de colonização do império; Industrialização

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.5902/2317175816727



 

Revista Sociais e Humanas (ISSN online 2317-1758)

Universidade Federal de Santa Maria | Centro de Ciências Sociais e Humanas

Santa Maria, Rio Grande do Sul, Brasil.

E-mail: revistaccsh@gmail.com | Telefone: (55) 32208522


Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 4.0 Internacional.