REFLEXÕES SOBRE A PRESERVAÇÃO DE DOCUMENTOS ARQUIVÍSTICOS DIGITAIS: ESTRATÉGIAS E REPOSITÓRIOS

Henrique Machado dos Santos, Daniel Flores

Resumo


Os constantes avanços das Tecnologias da Informação contribuíram para a disseminação de suas ferramentas na sociedade contemporânea. Da mesma forma, as ferramentas de tecnologia da informação foram introduzidas no campo arquivístico, logo, documentos de valor histórico e sociocultural começaram a ser produzidos tão somente em meio digital, tornando assim, necessária a sua preservação em longo prazo. Este artigo aborda a preservação dos documentos arquivísticos digitais, com foco na implementação de estratégias e repositórios, para a preservação em longo prazo. Com relação à metodologia, pode-se definir esta pesquisa como bibliográfica, de natureza aplicada, com abordagem qualitativa, baseada em materiais já publicados e a partir deste levantamento discutiu-se a aplicação e o conceito das estratégias de preservação digital em documentos arquivísticos. O referencial teórico utilizado pertence principalmente aos campos da Arquivologia e da Ciência da Informação estabelecendo relações interdisciplinares com outras áreas.


Palavras-chave


Tecnologia da Informação; Documento arquivístico digital; Preservação digital; Arquivologia.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5902/2317175816360



 

Revista Sociais e Humanas (ISSN online 2317-1758)

Universidade Federal de Santa Maria | Centro de Ciências Sociais e Humanas

Santa Maria, Rio Grande do Sul, Brasil.

E-mail: revistaccsh@gmail.com | Telefone: (55) 32208522


Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 4.0 Internacional.