Eleições Municipais em Santa Maria: um Olhar Antropológico

Alejandro Lezcano Schwarzkopf

Resumo


Partindo de uma perspectiva da antropologia da política, temos como objetivo interpretar o significado que tem as eleições em grupos populares urbanos. Para a realização deste objetivo, em primeiro lugar, discutimos diferentes conceitos que delimitam nosso objeto. A antropologia da política busca o fenômeno político em todas as relações que permeiam a sociedade, sobretudo em manifestações simbólicas. A busca do político na esfera cultural é uma tarefa essencialmente interpretativa, onde a etnografia como método próprio da antropologia adquire um papel fundamental. Em nosso trabalho, foi a etnografia um meio para interpretar o significado do fenômeno político nos grupos populares. Esta se realizou durante o período eleitoral, correspondente as eleições municipais de 2004 na Vila Urlândia na cidade de Santa Maria. Durante a mesma interpretamos os significados que a campanha eleitoral adquire para diferentes atores, tais como candidatos, cabos eleitorais e eleitores “apolíticos”.


Palavras-chave


Antropologia da política; Eleições; Etnografia; Grupos populares

Texto completo:

PDF




 

Revista Sociais e Humanas (ISSN online 2317-1758)

Universidade Federal de Santa Maria | Centro de Ciências Sociais e Humanas

Santa Maria, Rio Grande do Sul, Brasil.

E-mail: revistaccsh@gmail.com | Telefone: (55) 32208522


Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 4.0 Internacional.