Coronelismo e Conflitos Políticos em Santa Maria (1889-1930)

Márcio Alex Cordeiro Biavaschi

Resumo


Neste artigo busco analisar as relações de poder entre Borges de Medeiros e os poderes locais coronelistas no Rio Grande do Sul. Através da análise deste, procuro questionar a imagem do PRR como um bloco monolítico, uma vez que observo a constante ocorrência de cisões políticas internas que fracionavam o partido regionalmente. No município de Santa Maria, as facções apresentavam adversidades inconciliáveis em suas lutas políticas, no intuito de formatar os poderes locais coronelistas ao seu poder Borges de Medeiros utilizou-se destas pessoas ou facções políticas.


Palavras-chave


Relações de poder; Imprensa; Santa Maria

Texto completo:

PDF




 

Revista Sociais e Humanas (ISSN online 2317-1758)

Universidade Federal de Santa Maria | Centro de Ciências Sociais e Humanas

Santa Maria, Rio Grande do Sul, Brasil.

E-mail: revistaccsh@gmail.com | Telefone: (55) 32208522


Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 4.0 Internacional.