Valores de Trabalho, Gênero e Escolha Profissional na Adolescência

Marco A. P. Teixeira, Camile C. da Rocha, Patrícia V. Menegotto

Resumo


O objetivo deste estudo foi verificar possíveis diferenças entre os sexos em objetivos de vida, visão sexista do mundo profissional e valores de trabalho de adolescentes concluintes de ensino médio provenientes de camadas sociais distintas. Participaram da pesquisa 373 estudantes de ensino médio, que responderam a um questionário desenvolvido para este estudo. Os resultados mostraram que as mulheres valorizaram mais que os homens os papéis parental, de cônjuge, de estudante e de dedicação à comunidade, além de apresentarem uma visão menos sexista do mundo profissional do que os homens. Algumas diferenças em valores de trabalho também foram observadas. Conclui-se que ainda parece existir diferenças entre os sexos na adolescência no que se refere a expectativas relacionadas ao futuro e ao mundo ocupacional, embora as pequenas diferenças observadas sugiram que há um processo de mudança nos estereótipos ligados a profissão, com uma gradual amenização das diferenças entre os sexos.


Palavras-chave


Valores de trabalho; Escolha profissional; Gênero; Desenvolvimento vocacional

Texto completo:

PDF




 

Revista Sociais e Humanas (ISSN online 2317-1758)

Universidade Federal de Santa Maria | Centro de Ciências Sociais e Humanas

Santa Maria, Rio Grande do Sul, Brasil.

E-mail: revistaccsh@gmail.com | Telefone: (55) 32208522


Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 4.0 Internacional.