A CATEGORIA DE GÊNERO E O SEU ESTATUTO NA PRODUÇÃO DO CONHECIMENTO: ALGUMAS CONSIDERAÇÕES TEÓRICAS

Neiva Furlin

Resumo


Considerando a relevância do conceito de gênero na produção do conhecimento e na compreensão dos comportamentos sociais, o presente ensaio busca descrever o processo de sua emergência e de sua construção e alguns de seus desdobramentos na trajetória dos estudos feministas, com destaque na perspectiva pós-estruturalista, por ser a mais recorrente no conjunto dos estudos de gênero, nesses últimos anos. Trata-se de um ensaio teórico-reflexivo que visa mostrar o estatuto desse conceito nos processos do conhecimento e a sua importância para as ciências sociais, que têm como problemática central a compreensão das relações sociais. Além de seu estatuto analítico, o conceito de gênero constitui uma proposta metodológica. Portanto, a maior valorização desse instrumental teórico nos processos de produção do conhecimento crítico caracteriza-se, hoje, como um dos aspectos que possibilita a construção de uma sociedade mais justa, igualitária e equitativa.


Palavras-chave


Conceito de gênero; Pós-estruturalismo; Conhecimento; Ciências Sociais.

Texto completo:

PDF




 

Revista Sociais e Humanas (ISSN online 2317-1758)

Universidade Federal de Santa Maria | Centro de Ciências Sociais e Humanas

Santa Maria, Rio Grande do Sul, Brasil.

E-mail: revistaccsh@gmail.com | Telefone: (55) 32208522


Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 4.0 Internacional.