Estratégias para Otimizar o Desempenho de um Programa de Pós-Graduação.

Denadeti Parcianello Belinazo, Rolando J. Soliz Estrada

Resumo


Este trabalho propõe estratégias a um programa de pós-graduação em nível strictu sensu,com o propósito de otimizar seu desempenho frente a avaliação da Fundação Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior – CAPES. Toma como base os indicadores de desempenho formalizados pela CAPES para avaliar a pós-graduação brasileira e orientações apresentadas no Relatório de Avaliação 1998-2000 Engenharias III. EM nível metodológico, esta investigação insere-se no ramo das ciências sociais. Trata-se de uma pesquisa quantitativa, com variáveis quantitativas contínuas, pois seus possíveis valores variam dentro do intervalo dos números reais. Com a realização desta pesquisa busca-se apresentar orientações a um programa de pós-graduação para a melhoria de seu conceito junto à CAPES; auxiliar na definição de uma política de formação, qualificação e atuação dos docentes no programa para oferecer subsídios para fomentar a integração entre graduação e pós-graduação, sem descuidar das questões relacionadas à didática das atividades desenvolvidas pelo programa.


Palavras-chave


Estratégias; pós-graduação; Indicadores de desempenho; CAPES; Avaliação

Texto completo:

PDF




 

Revista Sociais e Humanas (ISSN online 2317-1758)

Universidade Federal de Santa Maria | Centro de Ciências Sociais e Humanas

Santa Maria, Rio Grande do Sul, Brasil.

E-mail: revistaccsh@gmail.com | Telefone: (55) 32208522


Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 4.0 Internacional.