A importância de estratégias bioclimáticas aplicadas no projeto arquitetônico

Mario Fernando Mello, Eudes Vinicius dos Santos, Ramires Lunardi Dorneles, Grasiele Toneto da Costa, Larissa Rosa, Erica Kirchhof Dias

Resumo


A arquitetura bioclimática pode ser definida como uma arquitetura que traz, na sua essência, o clima como uma variável importante no processo projetual. Por intermédio do uso de estratégias bioclimáticas, é possível obter, de forma natural, condições de conforto para o edifício e consequentemente para seus usuários, reduzindo o consumo de energia. Diante desses aspectos, o objetivo principal deste trabalho foi identificar estratégias bioclimáticas empregadas em uma edificação na cidade de Itaara, região central do Estado do Rio Grande do Sul, Brasil, tendo como base a caracterização climática do local e o estudo das diretrizes indicadas pela norma brasileira de conforto, NBR 15220-3. Ficou demonstrado no estudo que a implantação do túnel de ar no subsolo e a construção de dutos internos com objetivo de proporcionar ventilação cruzada, somadas à colocação de paredes duplas e vidros duplos, são os elementos construtivos principais no modelo de utilização das estratégias bioclimáticas. Em dias em que a temperatura externa passa dos 35 ºC, os ambientes internos da edificação apresentam temperatura em torno dos 25 ºC com o uso da ventilação oriunda do túnel de vento, demostrando a eficiência do uso das estratégias bioclimáticas.


Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5902/1983465924746

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional.

Creative Commons License
This work is licensed under a Creative Commons Attribution-NonCommercial 4.0 International License.

Revista de Administração da UFSM. Brazilian Journal of Management

Universidade Federal de Santa Maria, Santa Maria, Rio Grande do Sul, Brasil, eISSN 1983-4659