A perspectiva organizacional de controle em uma organização prestadora de serviços da marinha do Brasil: o caso Casnav

Ana Carolina Pimentel Duarte da Fonseca, Anderson Soares Silva

Abstract


A Marinha do Brasil (MB), alinhada com as reformas proposta pelo Governo Federal na busca de uma administração pública gerencial, procurou adotar ferramentas que aperfeiçoassem seus processos administrativos em busca de uma melhoria contínua. Nesse sentido, destaca-se a adoção do planejamento estratégico pelas Organizações Militares Prestadores de Serviços (OMPS) da MB. Cabe ressaltar, porém, que o fato destacado traz consigo um aspecto ainda pouco estudado no setor público, que consiste nos sistemas de controle gerencial utilizados por essas organizações, a fim de que os objetivos traçados sejam atingidos. Assim, este trabalho teve por objetivo verificar a relação, em termos de proximidade ou afastamento entre o controle gerencial desenvolvido no Centro de Análises Navais (CASNAV) e os conceitos contidos na abordagem que se refere à perspectiva organizacional de controle, na qual se leva em consideração o desenho de instrumentos, bem como o exercício de ações que estejam direcionadas a influenciar no comportamento das pessoas que fazem parte da organização, para que atuem de acordo com os objetivos da administração. Dos resultados encontrados, à luz da literatura existente, foi possível depreender que existe um alinhamento entre teoria e prática, representada pelas ações desenvolvidas pela organização no sentido de influenciar o comportamento de seus componentes.




DOI: https://doi.org/10.5902/198346591280


Creative Commons License
This work is licensed under a Creative Commons Attribution 4.0 International License.

  

   

       

 

------

Revista de Administração da UFSM. Brazilian Journal of Management

Universidade Federal de Santa Maria, Santa Maria, Rio Grande do Sul, Brasil, eISSN 1983-4659