CUSTOS DIFERENCIAIS NA CULTURA DA SOJA CONVENCIONAL E TRANSGÊNICA - UM ESTUDO DE CASO

Enéias Stefanello Garlett, Renata de Pellegrine Cardinal, Gilberto Brondani

Resumo


A cultura da soja no mercado atual é de extrema importância devido à influência na economia do estado e do país. Isso leva a uma crescente busca quanto à elucidação do custo de tal produto frente à concorrência mercadológica atual. Para melhor visualização é proposta a análise comparativa dos custos apurados no cultivo da soja convencional e da soja transgênica. A política governamental que muda, dia-a-dia, faz com que a agricultura, além de ser uma atividade de risco natural, seja também de risco financeiro, pois o agricultor após arar a sua terra, plantar, esperar que o tempo transcorra favorável, se tudo correr bem e a tecnologia for bem empregada, espera ao menos obter uma boa produtividade. O lucro líquido encontrado por hectare, de R$ 534,44 no plantio da soja convencional, representa 29,8% da receita. Já no plantio da soja transgênica, este percentual eleva-se para 42,9%, e que num comparativo dos custos de ambas, encontrar-se-á o percentual de 68% e 54% respectivamente sobre a receita, comprovando-se que a cultura da soja transgênica, além de apresentar menor custo, tem seu percentual de lucratividade aumentado em decorrência de sua produtividade.



DOI: https://doi.org/10.5902/198109465887

Apontamentos

  • Não há apontamentos.