As Jornadas de junho de 2013 no Brasil: anarquismo e tática Black Blocs

Isaias Albertin Moraes, Fernando Antonio da Costa Vieira

Resumo


O presente trabalho é fruto de pesquisa de campo realizada nas Jornadas de junho de 2013 com objetivo de avaliar a participação dos anarquistas, o uso da tática Black Blocs e a cobertura da mídia. Para atingir seu escopo, na primeira parte, a pesquisa apresentou notas sobre o anarquismo e uma breve historiogra a do movimento no Brasil. Na segunda parte, focou-se em relatar as experiências vivenciadas em trabalho de campo realizado nas cidades de São Paulo e de Rio de Janeiro durante as Jornadas de junho de 2013. Empenhou-se em contextualizar e em avaliar criticamente o cenário multifacetado e complexo em que as manifestações estavam inseridas. Os resultados obtidos com a pesquisa empírica e as entrevistas foram confrontados com as contribuições teóricas existentes sobre a temática e o material midiático produzido, criando a possibilidade de um diálogo entre as diversas fontes levantadas. 


Palavras-chave


Anarquismo; Contentious Politics; Movimentos sociais; Jornadas de junho de 2013 no Brasil; Black Blocs

Texto completo:

PDF

Referências


ALANIZ, A. G. G. A sementeira de idéias: Edgar Rodrigues, uma vida dedicada à memória anarquista. Rio de Janeiro: Achiamé, 2009.

AMARAL, R. A. D. Considerações sobre a violência pela ótica de Johan Galtung: alguns aspectos do terrorismo e o advento da intolerância. Cadernos de Campo: Revista de Ciências Sociais, n. 19, p. 101-116, 2015. Disponível em: http://seer.fclar.unesp.br/cadernos/ article/view/7661.

BEIRÃO, N. Procura-se Bakunin. Revista Carta Capital. Disponível em: http://www.cartacapital.com.br/revista/812/procura-se-bakunin-9772.html. Acesso em: 10 mai. 2016.

CHOMSKY, N. Notas sobre o Anarquismo. São Paulo: Hedra, 2015.

DÉRI-DUPUIS, F. Black Blocs. São Paulo: Veneta, 2014.

DRAGO, F. Autogestão na produção habitacional: Programa crédito solidário entre a institucionalização e o confronto político. 2011. Dissertação (Mestrado em Planejamento Urbano e Regional). Universidade Federal do Rio Grande do Sul – UFRGS. Disponível em: http://www.ufrgs.br/propur/teses_dissertacoes/Felipe_Drago. pdf. Acesso em: 15 abri. 2017.

DUARTE, R. H. A imagem rebelde: a trajetória libertária de Avelino Fóscolo. Campinas: Unicamp, 1991.

DULLES, J. W. F. Anarquistas e Comunistas no Brasil. Rio de Janeiro: Nova Fronteira, 1973.

DO CARMO, P. S. A ideologia do trabalho. Rio de Janeiro: Moderna, 1992.

FAUSTO, B. Trabalho urbano e conflito social (1890–1920). Rio de Janeiro: DIFEL, 1976.

FELICI, I. A verdadeira história da Colônia Cecília de Giovanni Rossi. Campinas: Cad. AEL, n. 8/9, p. 10–61, 1998. Disponível em: http://www.ifch.unicamp.br/ojs/index.php/ael/article/viewFile/2469/1879. Acesso em: 15 abri. 2017.

FREIXO, A. de. Tudo à frente, nada à frente: protestos de rua e crise política no Brasil (2013 – 2016). In: FREIXO, A. de (Org.). Manifestações no Brasil as ruas em disputa. Rio de Janeiro: Oficina Raquel, 2016.

GOHN, M. da G. Movimentos Sociais na Atualidade. In: GOHN, M. da G. (Org.) Movimentos Sociais no início do Século XXI. Antigos e novos atores sociais. Petrópolis: Vozes, 2003.

GOHN, M. da G. Manifestações de junho de 2013 no Brasil e praça dos indignados no Mundo. Petrópolis: Vozes, 2014.

GOHN, M. da G. Manifestações e Protestos no Brasil: correntes e contracorrentes na atualidade. São Paulo: Cortez, 2017.

GUÉRIN, D. O Anarquismo. Da doutrina à ação. Rio de Janeiro: Germinal, 1968.

KELLING, G. & COLES, C. Fixing Broken Windows: Restoring Order and Reducing Crime in Our Communities. New York: Free Press, 1996.

KROPOTKIN, P. Ajuda Mútua: um Fator de Evolução. São Sebastião: Ed. A Senhora, 2009.

KOVAL, B. História do Proletariado Brasileiro. São Paulo: Alfa Omega, 1982.

LOPREATO, C. S. R. A semana trágica: a greve geral anarquista de 1917. São Paulo: Museu da Imigração, 1997.

MARX, K. Contribuição à crítica da Economia Política. São Paulo: Expressão Popular, 2008.

McADAM, D.; TARROW, S. & TILLY, C. To Map Contentious Politics. Mobilization: An International Quarterly. March, v. 1, n. 1, p. 17-34, 1996. Disponível em: http://mobilizationjournal.org/doi/ abs/10.17813/maiq.1.1.y3p544u2j1l536u9?code=hjdm-site. Acesso em: 10 abri. 2017.

NETTLAU, M. História da Anarquia: das origens ao anarco-comunismo. São Paulo: Hedra, 2004.

NOGUEIRA, M. A. As ruas e a democracia: ensaios sobre o Brasil contemporâneo. Rio de Janeiro: Contraponto, 2013.

OLIVEIRA, J. H. de C. Vozes libertárias em tempos sombrios – Imprensa anarquista no período de ditadura civil-militar no Brasil (1964- 1985). Trabalho apresentado no 3º Encontro Regional Sudeste de História da Mídia – Mídia e Memórias do Autoritarismo, realizado nos dias 14 e 15 de abril de 2014, na Escola de Comunicação da UFRJ. Disponível em: http://www.ufrgs.br/alcar/encontros-nacionais-1/encontros-regionais/sudeste/3o-encontro-2014/gt-7-2013-historia-da-midia-alternativa/vozes-libertarias-em-tempos-sombrios-2013-imprensa-anarquista-no-periodo-de-ditadura-civil-militar-no-brasil-1964-1985/view. Acesso em: 18 abri. 2017.

PINHEIRO, P. S. & HALL, M. A classe operária no Brasil: 1889 – 1930: documentos. São Paulo: Alfa-Omega, 1979. v. 1: O movimento operário.

PROUDHON, P.-J. O que é propriedade? Lisboa: Estampa, 1975.

ROCKER, R. A ideologia do Anarquismo. São Paulo: Faísca, 2005.

RODRIGUES, E. História do Movimento Anarquista no Brasil. Piracicaba: Ateneu Diego Giménez, 2010.

RODRIGUES, E. Pequena história da imprensa social no Brasil. Rio de Janeiro: Insular, 1997.

RODRIGUES, E. Trabalho e conflito (1906 – 1937). Rio de Janeiro: Mundo Livre, 1977.

ROSCOCHE, L. F. O Anarquismo da Colônia Cecília: Uma jornada do sonho a desilusão. Revista de Geografia (UFPE) v. 28, n. 1, p. 25-39, 2011. Disponível em: http://www.revista.ufpe.br/revistageografia/ index.php/revista/article/viewArticle/264. Acesso em: 20 abri. 2017.

ROMANI, C. M. Clevelândia. Oiapoque – aqui começa o Brasil!: trânsito e confinamentos na fronteira com Guiana Francesa (1900- 1927). Tese (Doutorado em História Cultural), Universidade Estadual de Campinas, Campinas, 2003. Disponível em: http:// www.bibliotecadigital.unicamp.br/document/?code=000294343. Acesso em: 20 abri. 2017.

SOLANO, E.; MANSO, B. P. & NOVAES, W. Mascarados: a verdadeira história dos adeptos da tática Black Blocs. São Paulo: Geração, 2014.

SPARROW, R. Política Anarquista e ação direta. São Paulo: Faísca, 2009.

SOUZA, J. de. A Radiografia do Golpe: Entenda como e por que você foi enganado. São Paulo: Leya, 2016.

WALTER, N. O que é anarquismo? São Paulo: Faísca, 2009.

WOODCOCK, G. História das Idéias e Movimentos Anarquistas. v. 1 e 2. Porto Alegre: LP&M, 2002.

VIANNA, N. A Aurora do Anarquismo. In: DEMINICIS, R. B. & FILHO, D. A. R. (Orgs). História do Anarquismo no Brasil. v. 1. Rio de Janeiro: Mauad, 2006.




DOI: http://dx.doi.org/10.5902/2236672531913



 

 

Creative Commons License
This work is licensed under a Creative Commons Attribution-NonCommercial-ShareAlike 4.0 International License.