Histórico do periódico

A Revista Eletrônica do Curso de Direito (ISSN 1981-3694) da Universidade Federal de Santa Maria (UFSM) publicou seu primeiro volume em 2006 e desde então primou pela sua regularidade semestral e pela excelência do seu corpo editorial, seus revisores e pela qualidade de seus artigos.

Seu histórico, contudo, é anterior. Sua origem data do início da década de 2000, com a edição impressa da primeira revista jurídica do Curso de Direito da UFSM.

Aquela versão preliminarmente impressa visava veicular as produções científicas do corpo docente e discente do Curso de Mestrado em Integração Latino-Americana (MILA/UFSM), há época em funcionamento.

Seu projeto inicialmente tímido possuía uma abrangência basicamente local. Paulatinamente, no entanto, seu impacto ultrapassou as expectativas e ultrapassou a vida (e a produção) acadêmica de Santa Maria.

O redimensionamento da versão impressa e sua apresentação como Revista Eletrônica do Curso de Direito pretendia ampliar a disseminação, divulgação e preservação do seu conteúdo.

A partir de 2013, a Revista adotou o processo editorial do sistema eletrônico de editoração de revistas (SEER), para construção, gestão e leitura das suas publicações visando com isso a melhoria na avaliação da qualidade do periódico e uma maior rapidez no fluxo das informações.

Os autores interessados em submeter seus artigos para publicação devem acessar o SEER e fazer seu cadastro através do link da revista www.ufsm.br/revistadireito.

Desde sua origem, 2006, até agora já foram publicados diversos volumes, com periodicidade semestral/quadrimestral, totalizando uma média de 18 artigos por ano. As publicações são sempre pontuais, sem histórico de interrupção.

A Revista Eletrônica do Curso de Direito da UFSM ao longo da sua trajetória foi construindo e conquistando seu espaço, primando pelos seguintes critérios:

(a) caráter científico marcado por artigos exclusivamente originais;

(b) avaliação e revisão dos artigos realizado por meio da por pares e do sistema do duplo-cego;

(c) conselho editorial integrado por especialistas reconhecidos de origem nacional e internacional, ligados a diversas instituição brasileiras e estrangeiras;

(d) periodicidade pontual e, no mínimo, semestral;

(e) publicação anual de, no mínimo 50 artigos.

 

A partir de 2019 a Revista Eletrônica do Curso de Direito da UFSM passou a adotar o sistema de publicação contínua de artigos. Recomendado pela Scielo como sendo uma possibilidade inovadora de publicação, esse sistema não exige a espera na composição completa dos fascículos. Essa modalidade promove rapidez no processo de comunicação e disponibilização das pesquisas.

As diretrizes para autores com as normas para a apresentação e estruturação dos textos, referências bibliográficas está disponível no link da revista.