Processos comportamentais na perspectiva da LSF: uma investigação inicial

Sara Regina Scotta Cabral, Leila Barbara

Resumo


Os  processos  comportamentais  já  eram  apontados  por  Halliday,  em  sua  obra de  1994,  como  os  menos  distintos  de  todos  os  seis processos,  já  que  não  apresentam características que os definam claramente. Em vista disso, a bibliografia acerca desse tipo de processo é consideravelmente menor que aquela que contempla os outros cinco processos. Tendo em vista a escassez de textos que abordem tal temática, sentiu-se a necessidade de se fazer uma investigação acerca das manifestações físicas e psicológicas de Comportantes em situações de enfermidade. Inicialmente foi selecionado um conjunto de dez entrevistas, disponíveis  on  line,  com  pessoas  portadoras  de  câncer.  Com  o  recurso  da  Linguística de  Corpus  (SARDINHA,  2004),  fez-se  um  mapeamento  dos  processos  comportamentais empregados pelos entrevistados em seus depoimentos. Os resultados apontam para o uso de um maior número de processos próximos dos mentais, seguidos de processos fisiológicos e de processos fisiológicos que manifestam estados de consciência, quase todos de valor negativo.

Palavras-chave


Linguística Sistêmico-Funcional; Processos comportamentais; Câncer; Processos físicos e psicológicos

Texto completo:

PDF

Referências


AL-MAHDAWI, R. M. H.; AL-MARRAR, M. K. K. Transitivity of Discourse Functionality: Letters-to-the-Editor. s. d. Disponível em: .

BLOOR, T.; BLOOR, M. The functional analysis of English. London and New York: Routledge, 2013.

EGGINS, S. Introduction to systemic functional linguistics. 2. ed. London: Arnold, 2005.

ENTREVISTA #7. Oncoguia. Espaço do Paciente – Aprendendo com Você. Disponível em: http://www.oncoguia.com.br/site/print.php?cat=65&id=4677&menu=6. Acessso em fev. 2014.

FERREIRA, A. B. de H. Dicionário do Aurélio. Disponível em < http://dicionariodoaurelio.com>. Acesso em fev. 2014.

FUZER, C.; CABRAL, S. R. S. Introdução à gramática sistêmico-funcional em língua portuguesa. Campinas, SP: Mercado de Letras, 2014.

HALLIDAY, M. A. K. An introduction to functional grammar. London: Arnold, 1994.

HALLIDAY, M. A. K. On the gramar of pain. Studies in English language. Collected Papers, v. 7. 1998.

HALLIDAY, M. A. K.; MATTHIESSEN, C. M. I. M. An introduction to functional grammar. London: Arnold, 2014.

HALLIDAY, M. A. K.; MATTHIESSEN, C. M. I. M. An introduction to functional grammar. London: Hodder Education, 2004.

HALLIDAY, M. A. K.; MATTHIESSEN, C. M. I. M. Construing experience through meaning: a language-based approach to cognition. London and New York: Continuum, 1999.

MARTIN, J.; WHITE, P. The language of evaluation: appraisal in English. New York: Palgrave, 2005.

MATTHIESSEN, C. M. I. M. 1995. Lexicogrammatical cartography: English systems. Tokyo: International Language Sciences Publishers.

NEVES, M. H. de M. Gramática de usos do português. São Paulo, Editora UNESP, 2000.

NICHELE, A. M. I. Do enfrentamento e da vivência com o câncer: a avaliatividade no discurso do sofrimento. Dissertação de Mestrado. Mestrado em Estudos Linguísticos. Programa de Pós-Graduação em Letras. Universidade Federal de Santa Maria. Universidade Federal de Santa Maria, UFSM, 146f. 2014.

O’DONNELL, M.; ZAPPAVIGNA, M.; WHITELAW, C. A survey of process type classification over difficult cases. In: JONES, C.; VENTOLA, E. (eds) New developments in the study of ideational meaning: form language to multimodality. London: Continuum, 2008.

ONCOGUIA. Espaço do Paciente – Aprendendo com Você. Disponível em: www.oncoguia.com.br. Acessso em fev.2014.

PANJAITAN, F. Y. The analysis of verbal and behavioral processes in The Cover Story of Tempo. Tese. University of Sumatera Utara.Faculty of Letters English Department Medan Indonésia. 2008. Disponível em: .

PEREZ, R. dos S. M. Transitivity in Brazilian gospel music from Halliday’s systemic functional linguistics point of view. E-scrita Nilópolis: UNIABEU, v.3, n. 2, 2012.

RAVELLI, L. Getting started with functional analysis of texts. in: Unsworth, L. Researching language in schools and communities functional linguistic perspective. London and Washington: Cassel. 2000.

RODRIGUES JR., A. S. Representação gay em corpus literário Paralelo. Universidade Federal de Ouro Preto. RBLA, Belo Horizonte, v. 10, n. 3, p. 603-624, 2010.

RODRIGUES JR., A. S. A representação de personagens gays na coletânea de contos Stud e em sua tradução As Aventuras de um Garoto de Programa. Belo Horizonte, Faculdade de Letras da UFMG , março de 2006. Tese de doutorado.

SARDINHA, Tony Berber. Linguística de Corpus. Barueri S.P.: Editora Manole, 2004.

SCOTT, M. Programa Word Smith Tools. Versão 5.0. Oxford University Press, 2008.

SILVA, G. de F. Os sentidos subjetivos de adolescentes com câncer. Dissertação de Mestrado. Centro de Ciências da Vida, Programa de Pós-Graduação em Psicologia. Pontifícia Universidade Católica de Campinas. PUCCAMP, 164f, 2008.

THOMPSON, G. Introducing functional grammar. 3. ed. London and New York: Routledge, 2014.

ZANELLA, A. Mapeamento macro e micro-estrutural da retextualização de resumos on-line: estudo da transitividade de abstracts biomédicos. Dissertação. Programa de Pós-Graduação em Estudos da Tradução.Mestrado ... Universidade Federal de Santa Catarina. 2006. Disponível em:.




DOI: https://doi.org/10.5902/2176148520210

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2015 Letras

URL da licença: http://creativecommons.org/licenses/by-nc-sa/4.0/

 

                      

 

                

 

                

 

    

  

   

 

  

 

 

                                     QUALIS/CAPES: Letras B2

                              ISSN Versão Impressa: 1519-3985

                              ISSN Versão Digital: 2176-1485



Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 4.0 Internacional.